Cantor Buchecha é a atração do Bailinho Milk desse final de semana

91

academia do açai sucos lanches natural tele entrega disk

No próximo sábado, dia 18 de fevereiro, acontece mais uma edição do já tradicional Bailinho Milk. O show principal da noite estará nas mãos do cantor de funk-pop Buchecha, que já se apresentou no clube em 2016, que teve lotação total para assisti-lo. A casa terá abertura às 23h e os ingressos para a festa estão sendo vendidos através do sistema Ingresso Rápido. Completam o line up desse dia os DJ’s André Maran e Du Oliveira

BUCHECHA

Claucirlei Jovêncio de Souza, mais conhecido como Buchecha, estreou no cenário musical aos 17 anos de idade ao lado do amigo Claudinho. Juntos, fizeram do funk mania nacional e conquistaram uma legião de admiradores. Com o hit “Conquista” do 1º cd “Claudinho e Buchecha” (1996), conseguiram espaço na mídia e chegaram as paradas de sucesso de todo o país. Um estouro de vendas que  ultrapassou a marca de 1,2 milhões de cópias. A dupla encantou a todos com suas coreografias e refrões. Não há quem não conheça o famoso..”Sabe, tchu ru ru ru…”

 

O sucesso de vendas se repetiu no 2º cd “A forma” (1997), chegaram a 1 milhão de discos vendidos. Ao todo, eles gravaram 6 cd’s, incluindo um ao vivo, e emplacaram grandes e inesquecíveis sucessos, como: “Quero te encontrar”, “Só love”, “Xereta”, “Coisa de cinema”, “Fico assim sem você”, entre outros. Em 2002 um acidente de carro tirou a vida de Claudinho. Seis meses após a perda,

incentivado por amigos, ainda com a vida pessoal e profissional abaladas, Buchecha deu continuidade ao sonho, retomando a carreira e levando Claudinho no coração. Buchecha lançou o primeiro CD solo em 2003 pela Universal Music. Ainda muito triste com a perda do amigo, não estava preparado para enfrentar os palcos sozinho. Mesmo assim, apresentou aos fãs um disco produzido por DJ Memê, com participações especiais de George Israel, Carlos Coelho e Max de Castro. Três anos mais tarde, pronto para enfrentar a carreira solo, arrancou elogios com o CD acústico, distribuído pela Sony-BMG, que deu nova roupagem a antigos sucessos e contou com a participação especial do ídolo Lulu Santos.

 

Em 2010 foi a vez do lançamento (independente) do CD de inéditas “Romântico com Elas” que teve como carro chefe a canção Romântico, de R. Araujo e Jefferson Junior. A música repete a fórmula de ritmo contagiante e letra falando de amor que consagrou hits do passado. Dirigido por Allan Chilleno, e com participação especial dos amigos D Black, JessyK e Grazy, da dupla Dolls, o single foi escolhido para ser pano de fundo do primeiro videoclipe da carreira solo.

 

Para presentear o seu grande público, em 2012 foi lançado o primeiro DVD, em comemoração aos 15 anos de sucessos. A gravação ocorreu no Pepsi On Stage em Porto Alegre, no final de 2011 e contou com as participações dos cantores Belo e Jorge Vercilo. O release do DVD foi escrito pela Rainha dos Baixinhos, Xuxa, grande incentivadora da carreira do Buchecha. O show foi marcado pela emoção,  embalado com os sucessos da carreira e músicas como “Beyouncezinha”, “Hot Dog” que fez parte da trilha sonora da novela Avenida Brasil da TV Globo. Em 2013 Buchecha participou do DVD Xuxa para Baixinhos.

 

Em 2014, Buchecha lançou pela Warner Music o CD Adesivo. O primeiro single, ”Frutilly,” faixa que antecipou o novo CD, já demonstrava as características essencias do Buchecha que o Brasil aprendeu a amar – o uso de palavras inusitadas com o frescor pop dançante de  sempre. Em Adesivo, a produção de quase todas as faixas (à exceção foi “Gamou Remix”) ficou a cargo de Umberto Tavares e Mãozinha, dupla responsável por alguns dos trabalhos de maior sucesso do funk atual.

 

No repertório repleto de inéditas, brilha uma regravação bem sacada de “Lua”, sucesso de Fábio Jr. (em parceria com Lula Barbosa) de 1991 e que faz a cabeça do sempre romântico Buchecha. E há também uma importante participação internacional, “Baile Em Miami”, que conta com o rapper americano Flo Rida. O astro mundialmente conhecido pelo hit “Low” faz escada para o orgulho de São Gonçalo e de todo o Brasil, na faixa com clima “total de night”, como define o artista brasileiro.

 

No final de 2015, também pela Warner Music, foi lançado o mais recente trabalho do Buchecha, “Funk Pop”, um álbum de muita suavidade que é, ao mesmo tempo, um resumo da história e a continuação de um sonho. Quem assina a produção do disco é Kassin, um dos produtores mais ativos e atualizados da nova MPB. Assim, eles embarcaram numa espécie de revisão do funk carioca pela ótica do pop mundial mais moderno. Alguns amigosídolos, como bem define o Buchecha, participam do CD, entre eles, Lenine, na nova embalagem de “Conquista”. Já “Só Love” ressurge tocada por Bi Ribeiro, João Barone e Herbert Vianna. E a nova versão de “Quero te encontrar” conta com a presença de Rogério Flausino do Jota Quest. Adriana Calcanhoto abrilhanta a recriação de “Destino” e a Mc Ludmilla, surge em novo dueto de “Implacável”.

 

Mas nem só de repertório próprio é feita a seleção de resgates. Paula Toller, se junta ao time para lembrar “A distância”, eterna canção de Marcio & Goró. Outro hit de Marcio & Goró que faz parte do CD é “Sabiá”, que Buchecha partilha com ninguém menos que Arnaldo Antunes. A poesia também fala alto em “Rap do Silva”, um dos grandes clássicos do funk carioca consciente dos anos 1990, do MC Bob Rum. Para reforçar o peso da letra sobre o pai de família que tombou por causa da violência dos bailes, chega um paulistano, o maior nome do atual rap nacional: Emicida.

 

E há que se celebrar ainda as raízes americanas do batidão, o que Buchecha faz ao trazer de volta “In my eyes”, um clássico absoluto do funk melody dos bailes no início dos anos 1990, de Stevie B. Um outro aceno ao passado glorioso do funk é uma das quatro faixas inéditas de “Funk pop” – a que dá nome ao disco. A felicidade que o som do Miami bass e a de pioneiros locais, como o MC Batata, provocavam no garoto estão impressos na canção, que é lazer, é sensação, é o som da massa, e que tem os mais  convidativos versos de todo o CD: ”Eu vou zoar o baile com o meu cordão de ouro, eu vou zoar o baile todo!” Ainda no time das inéditas está a música de trabalho de “Funk pop”, “Vem cá fazer um love”,  eletrônica, fina, de sensualidade mais adulta, que foi pinçada para integrar a trilha de “Vai que cola – o filme”. Mais adiante, em “Logotipo”, Buchecha subverte com finesse as letras do novo funk: “Você é o meu logotipo, a boa nova / filial de um paraíso em verso e prosa / sei que é gostosa essa forma de amar.” E em “Eu vou lá” lembra histórias de amor com a primeira namorada – mais um passo atrás, saudoso e cheio daquela delicada poesia buchechiana, para poder dar um passo à frente nessa grande caminhada do funk sobre a Terra.

 

Por todos esses anos Buchecha mantém uma intensa agenda de shows, realizados por todo país. Apresenta-se nos mais diversos tipos de eventos desde casas noturnas, micaretas, feiras agropecuárias, eventos empresariais e sociais, sendo inclusive um dos artistas mais requisitados para casamentos, aniversários e formaturas

 

MILK

Inaugurada em dezembro de 2014, a Milk é a casa noturna sensação de Jurerê Internacional, que reuniu o maior nº de vips, modelos e celebridades na temporadas de verão 2015 / 2016. Com capacidade para até 1000 pessoas, a boate está focada no mercado de luxo. Trouxe a Florianópolis DJs consagrados internacionalmente, além de artistas já conhecidos nacionalmente, que também são frequentadores das baladas dos sócios do empreendimento.

 

Serviço: BAILINHO MILK – BUCHECHA

Data: 18.02.2016 – SÁBADO

Horário: abertura da casa às 23h

Local: Milk Club (Servidão José Cardoso de Oliveira, s/n° – Jurerê Internacional)

Ingressos antecipados de pista: Feminino R$ 50,00 e Masculino R$ 100,00 (valores sujeitos à alterações)

Pontos de Venda de Ingressos Antecipados: ingressorapido.com.br, na loja Ingresso Rápido (Praça de alimentação Beiramar Shopping) e no P12
Mais Informações: 48 99132.7529 – milk@milkjurere.com.br