Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia BR

1 em cada 4 pessoas negras já evitou usar transporte por medo de racismo

São Paulo, 11 de novembro de 2021 – Uma pesquisa realizada com usuários da 99 e outros transportes por app revelou que o medo de ser vítima de casos de racismo já fez com que 24% dos negros (pessoas que se autodeclaram pretas e pardas) evitassem usar algum tipo de transporte. Os meios mais evitados são ônibus (40%), vans (13%) e metrô (10%). O levantamento faz parte do Guia da Comunidade 99, um documento que visa promover o respeito entre os usuários da plataforma combater a discriminação, e foi realizado para entender como o preconceito racial impacta a mobilidade urbana.

O estudo revelou ainda que, dentre o total de entrevistados, 54% acreditam que a sociedade é racista e 46% que somente algumas pessoas o são. No entanto, apenas 1,5% admitem que são eles mesmos preconceituosos.

Para a amostragem, foram aplicados questionários online, no final do mês de outubro, e os dados reúnem 1308 respostas de usuários de carros por aplicativo de todo o país (da 99 e de outras plataformas). Do total, 42% dos passageiros e 58% dos motoristas se declaram pretos ou pardos.

Quase metade (46%) de todos os respondentes já presenciou um ato de racismo em ônibus, trem, vans e metrô, e 1 em cada 5 negros afirma que já foi vítima de discriminação nesses locais. O levantamento também revelou o preconceito em estabelecimentos comerciais: 49% já presenciou em lojas e shoppings e 48% em mercados. Para as pessoas negras, esses são os lugares onde mais acontece racismo: 33% e 26% já foi discriminada neles, respectivamente. “Eu (preto) e meu primo (branco) estávamos discutindo no shopping e o segurança abordou ele perguntando se eu estava incomodando”, relata um dos respondentes.

Em contrapartida, carro próprio e carros por app foram os meios citados como os mais seguros em relação ao racismo, com 72% e 32% das respostas.

“A pesquisa fortalece a necessidade de investirmos no combate ao preconceito, seja promovendo o respeito através de materiais como o Guia da Comunidade 99, seja aplicando uma política de tolerância zero em casos de discriminação”, diz Erica Tavares, Gerente Sênior de Experiência do Usuário da 99 e integrante do 99Afro, grupo que promove a diversidade e equidade racial na empresa. “É missão de todos incentivar a diversidade para uma sociedade mais inclusiva.”

Maioria acredita que educação é melhor forma de combater racismo

Acerca da melhor maneira de combater o racismo, 66% dos passageiros e 56% dos motoristas pretos e pardos responderam que o caminho é a educação sobre diversidade nas escolas. Na sequência, 52% dos passageiros e 45% dos motoristas acreditam que investir em campanhas de conscientização é a melhor saída.

Para incentivar a diversidade e combater o preconceito, a 99 investe continuamente na promoção de respeito, gentileza e empatia nas corridas. Em parceria com o Instituto Ethos, a companhia criou o Guia da Comunidade 99 , que tem como objetivo conscientizar mais de 20 milhões de passageiras, passageiros e motoristas. O documento, promovido através de campanhas no app e outras mídias, fomenta os comportamentos esperados na plataforma e dá dicas práticas de combate ao racismo e outras formas de discriminação.

“O objetivo da 99 é criar um círculo virtuoso de gentileza para que a gente tenha uma plataforma e também uma sociedade melhores”, afirma Erica Tavares. “Todas as pessoas, sejam motoristas ou passageiros, devem se tratar com respeito e respeitar as diferenças, pois na nossa comunidade há espaço para todo mundo.”

SOBRE A 99

A 99 é uma empresa de tecnologia que oferece conveniência e soluções para as necessidades dos brasileiros. O aplicativo faz parte da companhia global Didi Chuxing (“DiDi”) e no Brasil conecta milhões de pessoas a serviços de mobilidade, pagamentos e entregas.

 

Posts Relacionados

Leilão 5G garante internet de alta velocidade para toda a região Sul

Dezembro Laranja combina cuidados com a COVID-19 e prevenção contra o câncer de pele

Cristo Redentor é iluminado de azul e amarelo para celebrar a declaração de Barbados como uma república

Krav Magá é uma excelente opção para quem deseja exercício dinâmico

Diário da Cidade

Economista aponta impactos para o Brasil trazidos pela crise hídrica

Primeira parcela do décimo terceiro deve ser paga até hoje; veja quem tem direito

Olimpíadas Especiais Brasil participarão de Corrida Virtual para celebrar o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência

Basquete abre portas para jovens brasileiros em universidades dos Estados Unidos

Diário da Cidade

Brasil se mobiliza com ações em homenagem às vítimas de trânsito

Uber inicia nova campanha educativa de combate ao assédio na Região Sul

Foz do Iguaçu recebe o Festival Tambaqui da Amazônia

Consciência Negra: Mars acelera trabalho de equidade racial com nova área de inclusão e diversidade

Casos de zumbido aumentam entre jovens e adolescentes

Diário da Cidade

59% dos brasileiros consideram cancelar os serviços de streaming caso os preços aumentem, aponta relatório

Pix completa um ano com novas medidas de segurança

Donos de terras invadidas devem denunciar crimes ambientais

Startup chilena lança “Aprendo Livre”, plataforma gratuita que ajuda estudantes brasileiros na reta final do Enem

Checklist do gênio chega ao Brasil pela SENAI-SP Editora em parceria com MIT – Massachusetts Institute of Technology

Diário da Cidade

Depressão é um tabu para muitos homens brasileiros

Andreas Kisser faz série de apresentações no Sesc Vila Mariana com o projeto de releituras Brasil Rock Stars