Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
ENTRETENIMENTO

Agosto Dourado: Nutricionista dá dicas para as mães sobre os “alimentos de ouro” para a saúde dos bebês

Saiba qual a melhor alimentação para seguir durante o período de amamentação e quais alimentos devem ser evitados para o bem da sua saúde e da criança

De acordo com o Estudo Nacional de Alimentação e Nutrição Infantil – Enani, apesar do crescimento dos indicadores de aleitamento materno no Brasil, dados apontam que menos da metade, 45,7%, das crianças com menos de seis meses de vida recebem o aleitamento como alimento exclusivo. Já os índices de aleitamento materno continuado aos 12 meses (crianças de 12 a 15 meses) foi de 53,1%. O estudo da Universidade Federal do Rio de Janeiro avaliou 14.505 crianças brasileiras menores de cinco anos entre fevereiro de 2019 e março de 2020.

Para ajudar os familiares e as mães em amamentação e desmistificar crenças populares, a nutricionista do Fort Atacadista, Cibele Câmara, respondeu dúvidas corriqueiras no período da amamentação:

1) O que comer quando se está amamentando?

Primeiro devemos ressaltar que a mulher em lactação deve manter uma dieta saudável e equilibrada, o mais in natura possível.

Realizar uma dieta rica em frutas, legumes e verduras, carboidratos integrais, proteínas de origem animal bem cozidas, evitando a contaminação da mãe por micro-organismos presentes em carnes mal cozidas. E consumir bastante água.

2) O que não comer (ou evitar) na amamentação?

As mamães devem evitar a ingestão de alimentos industrializados e com alto teor de gordura e sódio. Devem evitar também o consumo de frituras, de alimentos embutidos, refrigerantes, doces em geral e bebidas alcoólicas.

3) Como evitar as cólicas do bebê durante a amamentação?

O único alimento em que há estudos relacionados entre a dieta da mãe e a cólica nos bebês é o café, pois possui cafeína, então a ingestão de café deve ser controlada.

Sabemos que alimentos mais formadores de gases podem vir a contribuir com as cólicas dos bebês. Alimentos como: trigo, leite e derivados, algumas frutas, alguns legumes como repolho, couve, milho.

Mas cada dupla mãe-bebê tem suas particularidades, então a melhor forma é cada mulher com o tempo ir percebendo os alimentos que causam mais gases e as tão temidas cólicas.

4) Preciso de mais calorias durante a amamentação?

Sim, pois a lactante precisa produzir leite, e isso eleva o gasto calórico.

5) Preciso tomar mais água quando estou amamentando?

Sim, pois a o leite materno é composto em mais de 80% de água.

6) Eu adoro café: preciso evitar a cafeína?

Quando ingerida em excesso, a cafeína pode passar para o leite materno e afetar o sono do bebê, deixando-o mais alerta. Por isso, orientamos que a lactante não consuma mais de 3 xícaras de café por dia. Além da questão das cólicas já mencionada.

7) Posso consumir álcool durante a amamentação?

O álcool inibe o hormônio prolactina, que é responsável pela produção do leite, e ele também pode alterar o cheiro e o sabor do leite sendo assim recusado pela criança. Mais perigoso são as consequências diretas sobre o organismo da mãe. Uma pessoa alcoolizada perde os reflexos e a atenção, o que é muito arriscado se ela estiver cuidando de uma criança. E existem estudos que demonstram que ao expor crianças ao álcool através do leite materno pode causar reduções em suas habilidades cognitivas, observadas principalmente aos 6 a 7 anos de idade.

Uma última dica relevante para contribuir com os esclarecimentos do Agosto Dourado é sobre economia doméstica. Economizar fazendo as compras nos atacarejos, lugares nos quais você encontrará uma diversidade grande de alimentos ideais para o seu período de amamentação e também para a vida da sua família. Segundo dados da Nielsen, hoje, mais de 60% dos lares brasileiros realizam pelo menos uma compra por ano em lojas no formato atacarejo (onde há vendas de produtos tanto no atacado quanto no varejo).  Em Santa Catarina, o Grupo Pereira possui 33 lojas dessa modalidade, com a bandeira Fort Atacadista.

Posts Relacionados

Enem: 6 dicas para aumentar o foco

Diário da Cidade

Restaurantes adotam cardápio digital para otimizar o atendimento

Confira as delícias para celebrar o Dia Nacional da Banana, em 22 de setembro

Rafa Kalimann desabafa: “A mulher é colocada à prova muito mais. É testada muito mais”

Cãominhada será dia 12 de outubro

Livro que ensina a criar seu próprio negócio no mercado digital entra na lista dos mais vendidos

Diário da Cidade

Gêmeas Melissa e Nicole lançam quinto livro da carreira

Raça Negra & Convidados confirmam live no Teatro Bradesco

Garten recebe musical gratuito “A Bela e a Fera” nesta quarta

Diário da Cidade

Capa da Sexy de setembro faz subir a temperatura em Campos do Jordão

“Praça da Pérola” leva os encantos do fundo do mar ao público infantil do Itajaí Shopping

Setembro chega com lançamento de novo trabalho da banda catarinense Stella Folks

Rafa Kalimann – “Preciso ter cuidado e responsabilidade ao me posicionar. Estou influenciando mais de 20 milhões de pessoas”

Artista Plástica Asta dos Reis expõe “Cromoformas” no Garten Shopping

Diário da Cidade

Dia do Cliente: o Rei do Mate anuncia promoção especial para celebrar a data (15/09)

Diário da Cidade

Roteiro de Observação de Aves será lançado na Costa Verde & Mar

Diário da Cidade

Beiramar Shopping promove exposição de motos de colecionadores

Diário da Cidade

Vai Ter Samba neste sábado com Belo, Ferrugem, Akatu e Revelação no Mega Space

Diário da Cidade

Brahma Pela Volta: Marca cria movimento de incentivo à segunda dose da vacina contra a covid-19

Grupo Velocity expande franquia e inaugura sua primeira unidade em Balneário Camboriú