Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Balneário Camboriú e Camboriú

Águas de Camboriú mantém compromisso de resolver problema do abastecimento em reunião na prefeitura

O presidente da Águas de Camboriú, Carlos Roma Júnior, afirmou nesta quarta-feira, 16 de outubro, em reunião pública realizada no auditório da prefeitura, que o propósito da concessionária é resolver os problemas de abastecimento e tratamento de esgoto do município. “Sempre demonstramos que nossa empresa é parceira de Camboriú e a construção da Estação de Tratamento de Água (ETA) é uma obrigação que estamos aptos a realizar”, declarou. No contrato de concessão está prevista a construção da ETA e tornar Camboriú independente na produção e tratamento e distribuição de água potável, mas que pode ser revista através de um aditivo, mantendo-se o equilíbrio econômico financeiro.

A reunião foi convocada pelo prefeito Élcio Kuhnen para discutir soluções de abastecimento para o município. Conforme Roma, se a obra não for considerada a mais importante pela sociedade e pelo poder concedente, é necessário fazer um termo aditivo no contrato para que a concessionária deixe de ter esta responsabilidade. Nesse caso, os investimentos previstos serão aplicados em outros setores que podem ser determinados pelo poder concedente. Hoje, a sociedade cobra da concessionária o motivo de Camboriú ainda não dispor de um sistema próprio de tratamento de água. “Nossa posição é de apoiar o que for melhor para cidade”, acrescentou Roma.

Ele lembrou ainda que o Aegea Saneamento, holding a qual pertence a Águas de Camboriú, tem uma expertise técnica para oferecer uma condição diferenciada de tratamento de água e esgoto para o município. Pelo contrato de concessão, todos os investimentos que a concessionária realizar em Camboriú ficam para a cidade no final do contrato.

De acordo com estudo apresentado pela Fundação de Meio Ambiente de Camboriú (Fucam) durante a reunião, nos últimos 12 anos, Camboriú registrou sete ocorrências de crise hídrica e três de enchente, considerando 2005/2006 como o período básico para pesquisa. Uma nova reunião será realizada no dia 25 de outubro, às 14h, na Câmara de Vereadores. Entre os temas que serão discutidos estão esgotamento sanitário de Camboriú, fazer ou não fazer a ETA e alternativas para garantir o fornecimento de água. Estes mesmos temas também serão debatidos na audiência pública convocada pelo Executivo para o dia 30 de outubro às 19h, na prefeitura

Posts Relacionados

Camboriú distribui muda de verduras e legumes para a comunidade

Projeto que prorroga entrega da Declaração de Regularidade Sanitária segue para sanção do prefeito

Abordagem Social acolhe 20 moradores em situação de rua no final de semana

Câmara transmite audiências sobre dados do Município do 1º quadrimestre de 2020

diariodacidade

Prefeitura lança programa Oportunidades para apoiar trabalhadores

Treze bairros de Balneário Camboriú registram casos da covid-19

Trânsito na 3ª Avenida será interrompido na manhã de sábado

Credifoz inaugura nova unidade na 5ª Avenida, em Balneário Camboriú

Oficialização da entrega da revitalização do CEI do Rio do Meio acontece nesta quarta-feira, dia 27

Guarda Municipal retorna com Patrulhamento Comunitário

Feira Online já conta com 21 feirantes

Balneário Camboriú registrou 9 casos nesta terça-feira, UTI do centro Covid está 60% ocupada

Bob Santos apresenta ações do Governo Federal para auxiliar setor turístico em bate-papo online promovido pelo BC Convention

Vereadores analisam prorrogação do prazo para entrega da Declaração de Regularidade Sanitária

Quase mil livros foram emprestados no primeiro mês de reabertura da Biblioteca

EMASA não terá expediente neste sábado e segunda para desinfecção do ambiente

Uso de canais digitais da Águas de Camboriú, Águas de Penha e Águas de Bombinhas cresce no isolamento social

Camboriú vai notificar estabelecimentos que descumprem medidas de prevenção a Covid-19

Vereadores mirins de BC propõem instalação de lavatórios em locais públicos para prevenir Covid-19

Camboriú tem 26 pacientes em tratamento e 66 recuperados

Oi, este aviso é só pra te lembrar de CURTIR nossa FanPage no Facebook

Assim, você poderá estar cada vez mais atualizado das novidades de sua região!

CLOSE
%d blogueiros gostam disto: