Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Itajai Navegantes

Águas de Penha apresenta programa de incentivo à igualdade racial à comunidade

Apesar da população negra representar mais do que a maioria no Brasil, ainda há racismo enraizado na sociedade. Com o objetivo de promover a igualdade e combater o preconceito, o grupo Aegea, através da concessionária Águas de Penha, apresentou para a comunidade local o programa Respeito dá o Tom, no plenário da Câmara de Vereadores, segunda-feira, dia 25.

Principal programa de incentivo à igualdade racial no ambiente empresarial do país, o Respeito dá o Tom tem como objetivo promover a equidade de oportunidades de acesso à empresa e de crescimento profissional dos colaboradores que se autodeclaram pretos, pardos e indígenas. Da mesma forma, pretende que os ambientes de trabalho na empresa estejam livres de racismo, preconceitos ou atitudes que comprometem o respeito. Lançado em 2017, o programa desenvolve todas as áreas e funcionários da empresa, dos mais antigos aos mais novos, independentemente da posição que ocupam.

De acordo com a coordenadora corporativa do programa Respeito dá o Tom, Keilla Martins, em quatro anos o programa evoluiu rapidamente, ampliando a conscientização sobre a igualdade racial no mercado de trabalho. Através de comitês, o programa promove rodadas de conversas, palestras, fóruns e desenvolve outras ações voltadas para o combate ao racismo de forma geral. “O Respeito dá o Tom não é mais somente da Aegea, mas de todos nós, de toda a sociedade, de toda a comunidade local. Lutar e refletir sobre a pauta racial precisa ser uma soma de todos”, disse.

Em Santa Catarina o programa tem a coordenação de Maria Luiza Ferreira. Keila lembra que racismo não é vitimismo ou “mi-mi-mi”, mas uma forma de agressão. Ela conta que já foi vítima de racismo, agredida verbalmente e publicamente, chamada de preta, macaca e fedida. “Não quero que tenham pena de mim, quero respeito da mesma forma que tenho por todos”, disse durante a palestra na Câmara de Vereadores.

Ela ressalta que os negros lutaram muito para obter as conquistas atuais, mas reforça que ainda há muitas batalhas a serem vencidas. Keilla destacou o papel da Câmara de Vereadores ao permitir a realização da apresentação do programa para a comunidade no combate ao racismo.

Presente na apresentação, o vereador Luiz Fernando Vailatti destacou a importância da apresentação e sugeriu a realização de um novo encontro com a participação dos representantes dos movimentos sociais de Penha. De acordo com a presidente da Água de Penha, Reginalva Mureb, o objetivo de apresentar o programa para a comunidade é para que o combate ao preconceito e a luta pela igualdade social não fique apenas dentro do ambiente corporativo, já que o racismo, infelizmente, ainda está presente em todos os lugares.

Posts Relacionados

Águas de Penha vai instalar reservatório móvel inédito para atender bairros São Cristóvão e São Nicolau no verão

Concurso cultural “Nossa Água, Nossa Vida” premia escolas de Penha

SENAR/SC promove 20 cursos gratuitos no vale do Itajaí em dezembro

Diário da Cidade

FAE Business School em Itajaí (SC) vai realizar curso na área de negócios em novembro e dezembro

Audiência pública vai discutir proposta de adequação do Código Urbanístico

Técnico de handebol Drean Farencena Dutra é homenageado na Câmara de Itajaí

Agência do Sebrae Itajaí passa a atender em novo endereço

Especialista em macrófita do ISI Biomassa-MS visita captações de água na cidade de Penha

Procuradoria da Mulher de Navegantes participa do 1º Encontro Estadual na Alesc

Caixinhas de som podem ser proibidas nas praias de Itajaí

Em audiência pública no Senado Federal, representantes locais defendem a manutenção da autoridade portuária no Porto de Itajaí

Alínea Reserva Itajaí é o novo condomínio na cidade que mais cresce em Santa Catarina

Porto de Itajaí é contemplado com o Prêmio Via Viva 2021

Edital de Convocação de Assembleia Geral Ordinária para Eleições

Sessão extraordinária desta sexta (22) terá em pauta doação de terreno para construção da sede da AMA

Mastologista do Hospital Marieta reforça estudo recente que aponta queda no número de mortes por câncer de mama com a realização anual da mamografia

Voluntários da Câmara participaram do Pedágio da Rede Feminina de Combate ao Câncer

“Políticas Públicas para as Mulheres” será tema de Audiência Pública na quinta-feira (28)

Hospital Marieta testa tecnologia cirúrgica com vídeo em 3D

Legislativo e RFCC chamam atenção para o Outubro Rosa e Pedágio Solidário