Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia BR

Ana Paula Valadão avisa aos críticos: “estou orando por vocês”

Ana Paula Valadão, que ficou conhecida internacionalmente como vocalista do grupo de louvor Diante do Trono, está no centro de uma polêmica na internet brasileira. Assim como já é comum em países como os Estados Unidos, quando um artista cristão se posiciona contra a agenda LGBT, acaba sendo vítima de perseguição nas redes sociais.

Ao assistir a propaganda da nova campanha da rede de lojas C&A, ela percebeu que estava sendo feita uma defesa da “ideologia de gênero”. Em resumo, a empresa propõe que o próximo dia dos namorados seja o “dia dos misturados”. Na peça publicitária, casais fazem uma troca de “estilos”. Assim, homens se vestem de mulheres e vice-versa. Há uma insinuação nada sutil sobre a troca de sexo como algo “normal” e até desejável.

A cantora, que também é pastora, afirmou nas redes sociais que foi tomada de uma “santa indignação” e por isso propôs um boicote à loja de roupas. Sua postagem de Facebook que teve mais de meio milhão de “reações” e mais de 160 mil compartilhamentos.

Dentro de 24 horas, o assunto acabou sendo abordado por todos os grandes órgãos de imprensa do país. Como uma resposta, ativistas gays e simpatizantes da causa, organizaram um “vomitaço” no perfil dela.

Nos últimos dias a cantora faz várias postagens abordando o tema. Repetiu a mesma imagem da “santa indignação” sobreposta com a passagem bíblica de 2 Timóteo 4:3-5.

Postou também pensamentos de Martinho Lutero e Martin Luther King Jr, ambos pastores que enfrentaram grandes perseguições. Nesta segunda (23), postou o versículo de Mateus 5:44: “Amem os seus inimigos e orem por aqueles que os perseguem” acompanhado de um vídeo curto.

Classificou os últimos dias de “interessantes”, afirmou que sabe que está sendo perseguida por ter se posicionado a favor da família tradicional. Afirmou que, diante de tantas palavras agressivas que tem recebido, sua decisão foi “orar e amar”.

“Tenho orado por você, tenho abençoado você”, avisou Ana aos seus críticos. Ao mesmo tempo, agradeceu aos cristãos que tem orado por ela e a defendido nas redes sociais. Finalizou lembrando que os “princípios e valores da Palavra são eternos” e por isso, como cristãos, devemos “continuar falando a verdade, em amor”.

Posts Relacionados

O que é a Síndrome da Cabana?

Dor de cabeça pode ter relação com a coluna, entenda

Fort Atacadista inaugura 58ª loja com investimento de R$ 120 milhões

Do topo ao fundo: 11 times que já estiveram em alta, mas estão sem divisão nacional em 2024

Embora e-commerce tenha perdido tráfego em dezembro, segmento turístico continua aquecido

Primeiro dia da 6ª Conferência Distrital de Cultura reúne agentes culturais para apresentação de demandas da classe

Revisão da vida toda: STF reinicia deliberações em uma nova etapa de análises

Capacitismo: atletas colegas de Vinicius Rodrigues explicam como evitar o preconceito que atinge pessoas com deficiência

Tecnologia na gestão escolar: quais as vantagens para a administração de instituições de ensino

O que é necessário para empreender em 2024?