Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
DESTAQUES ENTRETENIMENTO

Antologia sobre História da Arte em SC será lançado na Fundação Cultural Badesc, em Florianópolis

Livro com 32 capítulos organizado pelas professoras doutoras Sandra Makowiecky e Rosângela Cherem estará à venda na quinta-feira, dia 22, a partir das 19h. Entrada é gratuita

A Fundação Cultural Badesc, em Florianópolis, promove na quinta-feira, dia 22 de agosto, a partir das 19h, o lançamento do livro Passado-presente em quadros: uma antologia da História da Arte em Santa Catarina. Organizado pelas professoras doutoras Sandra Makowiecky e Rosângela Cherem a publicação com apenas 300 exemplares estará à venda no dia do lançamento no valor de R$ 50. O valor arrecadado será destinado para projetos culturais e assim como alguns exemplares vão ser doados para bibliotecas, cursos de arte, escolas públicas e instituições culturais. A entrada para acompanhar o evento é gratuita.

A publicação de 231 páginas é composta por 32 capítulos que foram escritos por cinco historiadoras da arte Ana Lúcia Beck, Luana Maribele Wedekin, Luciane Ruschel Garcez, Rosângela Cherem e Sandra Makowiecky, todas atuam em Florianópolis. Na obra são apresentados 30 artistas.

               Segundo as organizadoras, a ideia central da pesquisa foi de selecionar obras de importância da história da arte em Santa Catarina, unindo passado com presente, evitando um mero estudo biográfico, mas privilegiando as conexões que ligam artistas, espectadores, colecionadores e instituições no meio artístico.

               “Destacamos o contexto em que as obras foram produzidas, expostas, criticadas, comparadas e colecionadas e assim, estimular a compreensão da arte como fenômeno social, cultural e artístico, e não apenas como produto de uma personalidade ou temperamento”, explica Sandra.

               A organizadora explica ainda que o critério que motivou a seleção dos 30 trabalhos em suportes biplanares – ou seja, em suportes essencialmente planos, como pintura, gravura e outros métodos de impressão – a maioria presentes em acervos públicos, foi o equilíbrio entre a qualidade artística das obras e sua representatividade histórica.

“Não se trata, portanto, de um manual, ou história da arte no sentido convencional, pois, ao lado de pinturas de referência, certamente aparecerão outras raramente lembradas”, destaca.

Breve currículo das historiadoras:

Ana Lúcia Beck: Professora colaboradora do Curso de Artes Visuais da Universidade do Estado de Santa Catarina (CEART/UDESC) na área de História, Teoria e Crítica de Arte e Desenho. Doutora em Literatura Comparada pelo Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (PPGLET/UFRGS), com estágio doutoral no Kings College London no Spanish, Portuguese and Latin American Studies Department (University of London). Mestra em História, Teoria e Crítica da Arte pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Bacharel em Artes Plásticas com Habilitação em Desenho pelo Instituto de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Seus interesses de pesquisa concentram-se nas relações entre as Artes Visuais e a Literatura, considerando especificamente a presença de elementos verbais em produções de Artes Visuais, bem como a presença da imagem na Poesia e na Literatura. Nesse sentido, desenvolveu a dissertação de mestrado Palavras Fora de Lugar, considerando o estatuto poético da palavra na poesia e a inter-relação entre este e a presença do elemento verbal na obra do artista brasileiro José Leonilson. Em sua tese de doutorado (Entre Eu e o Outro), fez uso da metodologia comparatista para investigar o processo de criação de José Leonilson e da artista franco-americana Louise Bourgeois, detendo-se tanto na relação entre aspectos visuais e verbais na obra de ambos os artistas, como na articulação destas com aspectos da subjetividade.

Luana Maribele Wedekin: Professora na graduação em Design, no Departamento de Design do Centro de Artes da UDESC. Pós-doutorado na linha de Teoria e História da Arte no PPGAV/UDESC (2016); doutora em Psicologia (UFSC, 2015); M.A. em História da Arte pelo The Courtauld Institute of Art (University of London, UK, 2013/2014); mestre em Antropologia Social (UFSC, 2000); Especialização em Estudos Culturais (UFSC, 1997); graduada em Educação Artística Habilitação em Artes Plásticas (UDESC, 1993). Membro da Anpap (Associação Nacional de Pesquisadores de Artes Plásticas) e da ABCA (Associação Brasileira de Críticos de Arte). Co-líder do Grupo de Pesquisa de Pesquisa cadastrado no CNPQ LabIMAGEM, Laboratório de Estudos da Imagem (DARG/FAAC) e membro do grupo História da Arte: imagem- Acontecimento (PPGAV/UDESC). Pesquisas atuais confluem para os estudos sobre a arte russa (especialmente a vanguarda) em suas diversas linguagens e os aspectos metodológicos da história da arte.

Luciane Ruschel Garcez: Professora e crítica de arte. Professora na graduação e pós-graduação nas áreas de Cerâmica; Teoria e História da Arte; História da Arte de Santa Catarina; Metodologia do Ensino da História da Arte. Bacharel em Artes Plásticas pela Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC (2006). Mestre em Teoria e História da Arte, pela mesma instituição (PPGAV-CEART, UDESC – 2009), bolsista Capes. Doutora pela Université Aix-Marseille, França, na área de Estudos e Ciências da Arte. Pós-doutoranda na linha de Teoria e História da Arte, pelo PPGAV-CEART, UDESC; bolsista CAPES/ PNPD, sob orientação de Sandra Makowiecky. É membro da Associação Brasileira de Críticos de Arte Seção Brasil Aica Unesco (ABCA); membro da Associação Internacional de Críticos de Arte (AICA/UNESCO); membro da Associação Nacional de Pesquisadores de Artes Plásticas (ANPAP). Atuando principalmente nos seguintes temas: artes visuais, história da arte, arte contemporânea, Hubert Duprat, ouro, anacronismo na arte; cerâmica. Produção plástica artística em cerâmica.

Rosângela Cherem: Doutora em História pela USP (1998) e Doutora em Literatura pela UFSC (2006); Profa. Associada de História e Teoria da Arte no Curso Artes Visuais e Programa de Pós-graduação em Artes Visuais no CEART- UDESC; coordenadora do Grupo Imagem-acontecimento; orienta, possui pesquisas e publicações sobre História das Sensibilidades e Percepções Modernas e Contemporâneas; atualmente desenvolve pesquisa intitulada Acervos e Arquivos Artísticos em Santa Catarina, Implicações e Conexões.

Sandra Makowiecky: Possui Doutorado Interdisciplinar em Ciências Humanas pela Universidade Federal de Santa Catarina, Conceito Capes 6. Atualmente é professora Titular da Universidade do Estado de Santa Catarina – graduação, mestrado e doutorado em Artes Visuais do Centro de Artes, conceito capes 4. Membro da Associação Brasileira de Críticos de Arte Seção Brasil Aica Unesco – ABCA. Membro da Associação Internacional de Críticos de Arte- AICA. Membro do Comitê Brasileiro de História da Arte – CBHA. Membro da Associação Nacional de Pesquisadores de Artes Plásticas – ANPAP. Membro do Instituto Histórico e Geográfico de SC – IHGSC. Vice-Presidente ANPAP – Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas no biênio 2007-2008. Coordenadora do MESC-UDESC – Museu da Escola Catarinense. Coordena o grupo de pesquisa – História da arte: Imagem- Acontecimento, cadastrado no CNPq e possui diversas publicações na área de teoria e História da arte. Foi Indicada ao Prêmio Sergio Milliet por pesquisa publicada no ano de 2012, pela Associação Brasileira de Críticos de arte – ABCA – e recebeu o Prêmio Gonzaga Duque, atribuído pela ABCA – pela Associação Brasileira de Críticos de arte, em 2015, por sua atuação na crítica de arte. Indicação ao Prêmio Rodrigo Mello Franco de Andrade, em 2017, em ação pré-selecionada pelo Estado de Santa Catarina, com o processo de recuperação dos painéis de formatura da Academia de Comércio de SC. Prêmio Rodrigo Mello Franco de Andrade – pela Curadoria Polo SC na Bienal Internacional de Curitiba, no ano de 2017, atribuído pela ABCA – Associação Brasileira de Críticos de arte, quando a Instituição contemplada foi a Bienal Internacional de Curitiba.

Serviço: Lançamento do livro: Passado-presente em quadros: uma antologia da História da Arte em Santa Catarina – organizado pelas professoras doutoras Sandra Makowiecky e Rosângela Cherem

Data: 22 de agosto – quinta-feira

Horário: 19h

Local: Fundação Cultural Badesc – Rua Visconde de Ouro Preto, 216, Centro – Florianópolis/SC

Telefone: (48) 3224-8846

Entrada gratuita

Related posts

Vereadores apresentam projeto de lei que visa regulamentar a proteção do patrimônio cultural de Balneário Camboriú

Emasa: Saiba como solicitar uma nova ligação de esgoto

Estudo para implantação do Mercado Público é apresentado

Oi, este aviso é só pra te lembrar de CURTIR nossa FanPage no Facebook

Assim, você poderá estar cada vez mais atualizado das novidades de sua região!

CLOSE
%d blogueiros gostam disto: