Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia SC

Apenas três novos focos de dengue são registrados na última semana em Itajai

A massa de ar frio que atingiu a Região Sul do Brasil na última semana, o que reduziu a temperatura, foi fator decisivo para Itajaí identificar apenas três novos focos do Aedes aegypti. Com isso, o município totaliza agora 253 locais com registro positivo para larva do vetor que transmite a dengue, a febre chikungunya e o zika vírus.

De acordo com levantamento divulgado nesta terça-feira (10), pelo Programa de Combate à Dengue da Secretaria de Saúde, dos três novos focos verificados em relação ao boletim anterior, divulgado no dia 04, dois são no bairro São Vicente e um na Barra do Rio.
No entanto, ao invés de comemoração, o número serve de alerta para a equipe técnica que atua diariamente no controle do mosquito. “Isto causa uma impressão de o mosquito Aedes aegypti acabou, mas o que acontece em dias frios é um desenvolvimento mais lento do inseto. Os ovos continuam ainda nos depósitos sem água, só esperando as condições climáticas ideiais para se desenvolverem em larvas e posteriormente em mosquitos adultos”, explica o coordenador do Programa de Combate à Dengue, Lúcio Vieira.

Ele ressalta que a comunidade não pode deixar de fazer a sua parte, pois a eliminação dos criadouros é a única forma de combater a proliferação do Aedes.

 

Carro UBV

Nesta terça-feira (10), a partir das 17 horas, o carro de UBV Pesado da Secretaria de Estado da Saúde está fazendo a aplicação de inseticida (pulverização) nas ruas Criciúma e Alberto Werner, no Centro de Itajaí.

A vinda do veículo foi uma solicitação do Programa de Combate à Dengue, devido à concentração de casos positivos em uma área do Centro de Itajaí.

Lúcio Vieira explica que esta atividade é complementar e usada quando fica caracterizado um considerável aglomerado de casos positivos de dengue. “É uma forma que matar o mosquito adulto e bloquear a transmissão da doença, mas a população tem que fazer sua parte eliminando os criadouros”, finaliza o coordenador.

Posts Relacionados

Turismo Rural no Oeste destaca belezas naturais durante o 25º Itaipu Rural Show

Credifoz conquista marco histórico de 100 mil cooperados

Sinais de alerta com a saúde mental das crianças

CDL se une a Gazz Company, maior rede de gestão da área, e lança programa voltado para donos de bares e restaurantes de Joinville

Programa Terra Boa 2024 será lançado na próxima quarta-feira, no 25º Itaipu Rural Show

IFC Blumenau tem vagas para curso gratuito de EJA em Eletricista Industrial

A importância do Legal Design e Visual Law no ambiente jurídico

O que esperar do mercado imobiliário do litoral norte de Santa Catarina em 2024

Cooperativas de crédito operam em 55,3% dos municípios brasileiros

Cooperativas Catarinenses recebem atualização sobre as modificações da Declaração do Imposto sobre a Renda Retido na Fonte