Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia SC

Audiência pública apresenta Plano de Mobilidade Urbana de Navegantes.

Aconteceu na noite da última terça-feira (31) a Audiência Pública para apresentação e discussão do Plano Municipal de Mobilidade Urbana (PlanMob) de Navegantes. O evento aberto ao público foi realizado no auditório da Prefeitura de Navegantes e teve como objetivo expor as propostas para melhorar a acessibilidade e mobilidade. O plano possui a coordenação da Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí – AMFRI e elaboração da empresa Le Padron.

Durante a audiência os técnicos da Le Pradron apresentaram o documento que é uma obrigação legal (Lei 12.587/2012), composto pela leitura sócio espacial, o diagnóstico, o prognóstico, além dos princípios e propostas. A elaboração teve mais de um ano de trabalho que contou com a pesquisa domiciliar de origem e destino por amostragem aplicada em 805 residências, três reuniões com a população e gestores municipais para elencar 61 propostas, além de estudos em documentos.

Entre os dados da leitura sócio espacial se destacam a população fixa do município que em 2000 tinha 39.300, em 2014 alcançou 73 mil e seguindo a projeção tem como estimativa chegar a cerca de 108 mil moradores em Navegantes no ano de 2025. No levantamento feito pela empresa também mostrou que a frota de veículos na cidade triplicou, passando de mais de 12 mil em 2005 para mais de 36 mil veículos em 2014.

“Quanto à divisão modal, o carro é o veiculo utilizado em 36% dos deslocamentos, seguido por andar a pé com 32,8%, já a bicicleta representa 13%, a motocicleta 9,7%, enquanto apenas 4% da população utiliza o ônibus, e 4,6 % usam outros formatos como meio de transporte”, explicou o arquiteto e urbanista da empresa responsável pelo estudo, Gabriel Guilherme Gollnick.

No prognóstico ficou evidenciado que se continuar a tendência atual de crescimento de modais individuais, em 2025 o carro alcançaria 48%, a motocicleta também seria mais utilizada, enquanto aos demais meios de deslocamentos diminuíram. O documento estabelece o planejamento de uma cidade mais viável, humana, segura e saudável. Para alcançar essas metas às estratégias ideias sugeridas resultariam em diminuir os transportes individuais de carro (31%) e motocicleta, e incentivar os deslocamentos a pé (32%), bicicleta e transportes coletivos.

Além das indicações para o município, ainda foram apresentadas propostas para ajudar no desenvolvimento da mobilidade regional. A próxima etapa do Plano de Mobilidade Urbana de Navegantes será a elaboração da minuta de lei que deverá ser entregue ao Executivo Municipal.

Posts Relacionados

Costao do Santinho Resort conquista selo de aprovação do Prêmio Melhores Destinos 2023/2024

Multimodal no Brasil: desafios e oportunidades estarão em debate no Logistique Summit 2024

Região Sul e cidades abaixo de 10ºC: Você sabe como preparar a sua casa?

Inscrições para o maior concurso da história da Educação de Santa Catarina iniciam nesta terça

Julho Amarelo: mês é destinado ao reforço de ações de vigilância e prevenção das hepatites virais

Chapecó recebe a 8ª edição da maior feira gratuita de móveis de SC

Tratamento de Águas, Qualidade do Ar e suas tendências relacionadas ao ESG para o setor AVACR será o tema abordado de evento em Santa Catarina

Cidades do Vale do Itajaí oferecem benefícios fiscais relacionados à construção civil

Anúncio da bandeira tarifária amarela reforça a importância da energia solar no Brasil

ExpoMAR terá programação especial voltada às mulheres dos setores da economia azul