Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia BR Notícias

Austrália inicia implantação de chip em toda população

A Austrália pode se tornar o primeiro país no mundo a oferecer implantes de microchip em larga escala para sua população. Desde 2010, o governo do país analisa um plano potencial de usar chips RFID para modernizar seu sistema de saúde.

Este ano, a ideia parece ter começando a se popularizar, contudo a motivação não é resultado de uma campanha do governo. Através de propagandas que tentam mostrar como os microchips implantados na pele trazem vantagens, a procura espontânea aumentou.

O site NEWS.com.au publicou recentemente um artigo intitulado “Australianos abraçam a tecnologia de microchip para serem super-humanos”.Segundo o site, um dos mais importantes do país, centenas de australianos estão querendo se beneficiar da oportunidade de abrir portas, ligar luzes e acessar computadores apenas com um aceno de mão.

A “garota propaganda” é Shanti Korporaal, de Sydney, que implantou dois chips diferentes, do tamanho de um grão de arroz, um em cada mão. Em uma delas tem o controle de portas e portões, não precisando mais de chaves e senhas para acessar o computador ou o celular. Até sua Vespa ela adaptou para funcionar com o programa. Na outra mão, o implante funciona como um cartão de visita, além de se comunicar com o smartphone, permite a geolocalização e armazena dados médicos complexos.

Junto com o marido, ela criou o “Chip My Life”, um serviço de distribuição de implantes que pretende expandir a ideia para todas as regiões da Austrália.

Embora ainda esteja focado no nicho de mercado dos que se interessa por tecnologia de ponta, eles apostam alto. Korporaal espera que dentro de alguns anos seus microchips possam ser configurados para pagar as contas e, quem sabe, acabar com a necessidade de dinheiro e cartões de crédito.
“A ideia de super-humanos apresentada por muitas histórias de ficção já é real”, comemora. Em sua entrevista para o site australiano, Shanti, 27 anos, afirma que sua família e amigos já estão com inveja de seu novo estilo de vida com microchip.

“Eu tive mais oposição a minhas tatuagens que em relação ao chip. Meus amigos estão com inveja”, garante. 1200 usuários até o momento.

O médico Amal Graafstra, que injetou os chips em Shanti Korporaal, garante que já fez o mesmo em cerca de 1.200 australianos. Segundo ele, após anestesia local, a inclusão é feita em dois segundos.
Com preços variando entre US$ 80 a US$ 140, qualquer um pode aderir.

Essas crescentes comunidades de “biohackers”, que acreditam eu podem usar tecnologia para melhorar a performance humana, não se limita à Austrália. Recentemente, uma empresa da Suécia ofereceu aos funcionários a opção de trocar seus crachás por chips que abririam portas e marcariam o “ponto”. Mais de 400 aceitaram a proposta.

Posts Relacionados

Empresas de ônibus no Brasil e no exterior adotam inovações da Marcopolo para evitarem contaminações por coronavírus

diariodacidade

Pandemia provoca onda de solidariedade e doações atingem cifras recordes

diariodacidade

Infracommerce participa da oitava edição do Webinar Food Connections

diariodacidade

O impacto da Covid-19 no mercado de energia solar

diariodacidade

Confira 21 dúvidas sobre o direito do trabalhador em meio à pandemia

diariodacidade

Cartórios do Brasil atuarão na proteção patrimonial e pessoal de idosos

diariodacidade

Equipamento disponibiliza álcool em gel gratuitamente em locais públicos

diariodacidade

Align Technology Doa 32 mil Protetores Faciais para Hospitais do Brasil

diariodacidade

Raios ultravioleta como potencializadores na esterilização de ambientes contra o Coronavírus

diariodacidade

Cultura Inglesa aposta em ensino por meio de games e atividades culturais durante as férias

diariodacidade

Americanas se torna parceira estratégica do UNICEF e doa 180 mil kits de higiene e limpeza para famílias vulneráveis com idosos

diariodacidade

Na corrida contra lixões, Abetre e MMA lançam plataforma de controle de resíduos

diariodacidade

Mês do Orgulho LGBTQIA+ é marcado por debate nas empresas sobre diversidade e inclusão

diariodacidade

ANS determina cobertura obrigatória de testes rápidos para COVID-9 a planos de saúde

diariodacidade

Capacidade de leitos de UTI em hospital de São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, dobra após doação da Taurus

diariodacidade

Telemedicina ajuda a cuidar da saúde mental em meio à pandemia

diariodacidade

AstraZeneca e governo Brasileiro assinam acordo para a distribuição e produção da vacina da Universidade de Oxford no País

diariodacidade

De professora de educação física a competidora Força Bruta

diariodacidade

Fortlev expande conectividade e segurança da rede Wi-Fi com soluções Aruba

diariodacidade

Biogen lança plataforma online sobre atrofia muscular espinhal

diariodacidade

Oi, este aviso é só pra te lembrar de CURTIR nossa FanPage no Facebook

Assim, você poderá estar cada vez mais atualizado das novidades de sua região!

CLOSE
%d blogueiros gostam disto: