Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
ENTRETENIMENTO

Autismo, respeito e compreensão

Dr. Clay Brites*

No dia 02 de abril é comemorado o Dia Mundial da Conscientização do Autismo. Durante todo o abril azul, é dado destaque para que o preconceito e discriminação pela falta de conhecimento, diminuam.

Criada pela Organização das Nações Unidas (ONU), a data também nos faz refletir sobre o que os autistas e seus familiares mais precisam: compreensão e respeito. É fundamental que mais pessoas entendam que há uma grande complexidade envolvendo o Transtorno do Espectro Autista (TEA) e que nenhum indivíduo é afetado da mesma forma.

O TEA é o transtorno do neurodesenvolvimento cujas características podem ser observadas ainda na primeira infância por meio da consulta a um especialista e de diagnóstico precoce. O autismo é uma condição que atualmente é entendida também como uma síndrome comportamental de nível complexo, além disso, o autismo combina fatores genéticos e ambientais.

Geralmente, os autistas apresentam problemas na interação, na comunicação e no comportamento. Por exemplo, na interação social comprometida, o relacionamento com pessoas do mesmo contexto familiar ou etário é aquém do esperado. Pode haver falta de reciprocidade emocional, pouco uso de meios não verbais para comunicação. Podem apresentar também comunicação deficitária, com ausência de linguagem verbal (falada), fala extremamente rebuscada para idade, ecolalias, pronúncia sem a cadência que as pessoas geralmente utilizam (sem alteração de tom) entre outros.

Além disso, há comportamentos marcados por estereotipias, como interesses não usuais em intensidade ou foco, movimentos motores repetitivos, rotinas invariavelmente rígidas e não funcionais, preocupação com partes de objetos, etc.

No entanto, esses fatores variam de caso a caso, ou seja, nenhum autista é igual ao outro. O autismo é muito variado, podendo apresentar intensidades severas em alguns pontos e leves em outros. Por isso, o TEA deve ser muito bem avaliado, por meio de escalas diagnósticas específicas e uma bateria de avaliações cuidadosas. Isso é necessário, pois somente dessa forma é possível saber a intensidade e as áreas que devem ser melhor trabalhadas.

Por todos esses motivos, é essencial que profissionais das áreas da saúde e da educação possam buscar mais conhecimento e compreender melhor tudo o que envolve o transtorno para tentar, de alguma forma, amenizar as dificuldades provocadas pelo TEA. Assim, conseguiremos tratar essa condição de maneira mais adequada e responsável.

(*) Dr. Clay Brites é pediatra, neurologista infantil, autor de livros sobre autismo e transtornos de aprendizagem, além de ser um dos fundadores do Instituto NeuroSaber

Posts Relacionados

Escola americana oferece curso de inglês gratuito online a brasileiros

‘Circuito de Corridas Ampe Brusque 30 anos’ será realizado em 2021

Cartórios do Brasil passam a fazer divórcios e escrituras de compra e venda de imóveis por videoconferência

Grupo Bonitour promove webinar gratuito e apresenta sua startup de soluções de tecnologia para o turismo

AmpeBr inicia produção de fotos para a Pronegócio Web

L’Oréal Produtos Profissionais anuncia plano de apoio para reabertura dos salões de beleza da região Sul

O oxigênio da vida, por Celina Moraes

Empresários da região participam de debate em live nesta quinta-feira

Drama policial é tema do bate-papo online da Sessão Gênero e Alteridades da Fundação Cultural Badesc

Austrália oferece cursos gratuitos on-line para brasileiros

12º Festival de Cultura e Gastronomia de Gramado acontece em Setembro

Cinco aprendizados do trabalho remoto para a gestão de equipes

Educação financeira: como abordar o tema com crianças e jovens na quarentena

Qual o valor do dinheiro?

Divórcios no Brasil podem aumentar durante pandemia do coronavírus

Harmonização de gastronomia local com cervejas artesanais conquista público do 1º Festival Gastronômico Delivery de Itajaí

Diário da Cidade

Autonomia e independência das crianças durante o isolamento

Diário da Cidade

Asma x Covid-19: Entenda a relação entre a doença respiratória e o novo coronavírus

Diário da Cidade

Fort Atacadista inaugura 40ª unidade, em São Bento do Sul

Sul da Ilha ganha novo espaço compartilhado para networking no MULTI Open Shopping

Oi, este aviso é só pra te lembrar de CURTIR nossa FanPage no Facebook

Assim, você poderá estar cada vez mais atualizado das novidades de sua região!

CLOSE
%d blogueiros gostam disto: