Avantis disponibiliza coletores de medicamentos, óleo de cozinha e pilhas usadas

150

Avantis disponibiliza coletores de medicamentos, óleo de cozinha e pilhas usadas

A Faculdade Avantis acaba de lançar o projeto “Avantis Sustentável”, uma iniciativa dos cursos de Enfermagem, Fisioterapia, Nutrição e Odontologia, que disponibiliza coletores de medicamentos, pilhas usadas e óleo de cozinha, descartando-os ou promovendo sua reutilização de forma correta. Os receptores estão disponíveis no Bloco 3 da instituição (saúde), em Balneário Camboriú.

 Os óleos de cozinha e gorduras vegetais usados podem ser entregues em recipientes de plástico ou vidro. Uma empresa autorizada pela Fundação do Meio Ambiente (Fatma) faz a coleta desse material, que passa por um processo de purificação e é reaproveitado em segmentos como a produção de ração animal.

A doutora em Ciência e Tecnologia Ambiental e professora da Avantis, Angelica Cavalett, explica que o óleo de cozinha residual, proveniente de residências, indústrias e outros estabelecimentos, muitas vezes é despejado de forma incorreta, contaminando rios ou riachos, entupindo canos de pias e vasos sanitários, além de contribuir para danos no sistema de tratamento de esgoto. “Muitas pesquisas sugerem que ainda não existe uma forma de descarte ambientalmente adequada para o óleo de cozinha, dessa forma, alternativas para o reaproveitamento desse óleo são importantes para minimizar o efeito danoso desse resíduo no ambiente”, destaca Angelica.

Já no coletor de medicamentos podem ser descartados pílulas, comprimidos, pomadas, líquidos, sprays, dentre outros. Também são aceitas embalagens e bulas. Eles são encaminhados à destinação final seguindo orientações da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) e suas embalagens recicladas sempre que possível. A instituição ainda conta com um coletor de pilhas usadas.

Ecoponto

Inaugurado em 2017, a Avantis também disponibiliza o primeiro Ecoponto de Descartes de Lixo eletrônico de Balneário Camboriú. Com apoio da Faculdade, a iniciativa foi encabeçada pela Associação Empresarial de Balneário Camboriú e Camboriú (ACIBALC).