Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia SC Notícias

Balneário Camboriú ultrapassa São Paulo com o segundo metro quadrado mais caro do Brasil

Balneário Camboriú ultrapassa São Paulo com o segundo metro quadrado mais caro do Brasil

Segundo o medidor de preços Índice Properati-Hiperdados (IPH), o preço médio do m² dos imóveis à venda no Brasil apresentou queda de 1,37% entre os meses de junho e julho de 2017. Entre os meses de maio e junho, o índice também havia registrado queda nos valores de 1,07%. Os dados indicam tendência de diminuição dos preços no mercado, que nos últimos 12 meses apresentaram queda média de 3,44%.

Em São Paulo, o preço dos imóveis, novamente, caiu. Em maio, a média do metro quadrado era de R$ 8.221. Em junho, o valor foi para R$ 8.190 e, em julho, chegou a R$ 8.066. A desvalorização também pode ser vista na comparação com julho do ano passado, quando o preço era de R$ 8.242. Em um ano, portanto, houve uma queda nominal de 2,14%.

A desvalorização dos imóveis de São Paulo nos últimos meses fez com que a cidade de Balneário Camboriú (SC), cujo preço médio do metro quadrado atual é de R$ 8.642, ultrapassasse a capital paulista e se tornasse a segunda cidade com o metro quadrado mais caro do Brasil. Nos últimos 12 meses, os imóveis da cidade catarinense valorizaram 7,9%.

Além disso, mais uma vez, a cidade do Rio de Janeiro se mostrou na contramão da tendência de queda nacional. O valor médio do m² dos imóveis da capital carioca foram valorizados no último mês. Em maio, o preço médio era de R$ 8.843. Em junho, ele subiu para R$ 9.008. E agora, em julho, está em R$ 9.224. Em comparação a julho do ano passado, quando o preço estava em R$ 8.559, houve valorização de 7,77%.

O Índice Properati-Hiperdados (IPH) é calculado pela plataforma de inteligência de mercado Hiperdados com base nos imóveis à venda em 50 cidades brasileiras e que estão cadastrados no portal imobiliário Properati.

Das 50 cidades avaliadas, o valor do m² de 35 delas apresentaram queda nos últimos doze meses, quando consideramos a inflação do período. A cidade que sofreu maior desvalorização foi Cabo Frio (RJ), com -14,61%. Na outra ponta, a maior valorização foi encontrada em Fortaleza (CE), com 8,02%.

Para saber mais acesse os blogs dos portais responsáveis pelo Índice Properati-Hiperdados (IPH), nos links abaixo:

Home

http://www.properati.com.br/

Website: https://www.hiperdados.com.br/

Related posts

Mais de seis mil crianças já participaram do Projeto Histórias a Bordo

Diário da Cidade

Agentes da segurança de Itajaí vão ganhar uniformes diferenciados

Diário da Cidade

Concluída retirada de areia na beira mar em Cabeçudas

diario da cidade

Oi, este aviso é só pra te lembrar de CURTIR nossa FanPage no Facebook

Assim, você poderá estar cada vez mais atualizado das novidades de sua região!

CLOSE
%d blogueiros gostam disto: