Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia SC

Banco para condomínios fundado em SC recebe novo investimento de 6 milhões de reais

Redpoint, fundo que também apostou em empresas como Creditas e Rappi, dobrou a aposta no primeiro banco para condomínios do mundo

O banco digital CondoConta, primeiro do mundo para condomínios, acaba de receber uma extensão da rodada seed realizada pela Redpoint eventures em março deste ano. Com o novo investimento, de R$6 milhões, os aportes do fundo de venture capital, que também investiu em empresas como Rappi, Creditas e Gympass, chegam a R$12,6 milhões. A nova injeção de capital acontece logo após o banco digital quintuplicar a base de condomínios clientes e ser reconhecido entre as melhores fintechs do Brasil pelo jornal britânico Daily Finance.

Segundo Rodrigo Della Rocca, CEO do CondoConta, a Redpoint eventures tem ajudado diretamente na evolução do modelo, cujo volume atual de clientes e operações de crédito eram esperados apenas para o segundo semestre de 2022. “Temos experimentado um crescimento impressionante em novas contas digitais para condomínios e no número de administradoras parceiras, além de uma demanda crescente de grandes atores no ecossistema condominial, como fornecedores de equipamentos para condomínios e construtoras”, afirma Della Rocca.

Para Romero Rodrigues, sócio-diretor da Redpoint eventures, o modelo de negócios é bastante atrativo e inovador, com grande potencial de expansão. “Essa simplificação que o CondoConta possibilita aos condomínios permite que os condomínios se profissionalizem e foquem seus investimentos em outras áreas. A nova rodada poderá proporcionar o crescimento e a chegada da startup a outros mercados, além da contratação de novos talentos para o time, trazendo ainda mais ganhos à empresa”, avalia.

Por não serem empresas ou pessoas físicas, os condomínios eram pouco atrativos para os bancos tradicionais, até a criação do CondoConta. Liderada por um time que possui três décadas de experiência no mercado condominial, a fintech oferece, além da conta gratuita, com transações e emissão de boletos ilimitados, produtos pensados especialmente para solucionar outras dores dos síndicos e administradoras, como a prestação de contas em tempo real, automação de boletos e balanços, crédito para financiamentos, seguros, antecipação da taxa condominial e uma loja digital de serviços, a CondoShop.

Della Rocca destaca que o CondoConta ainda tem muito espaço para crescer, uma vez que o país tem cerca de 500 mil condomínios e praticamente metade da população brasileira habitando ou trabalhando neles. “As principais dores envolvem o caos financeiro como mola propulsora, e escolhemos começar por elas. Em seguida, temos o relacionamento entre condôminos, pets, carros e manutenção. Nosso roadmap inclui abraçar os condomínios pela gestão financeira para plugar parceiros especialistas em outras frentes”, complementa.

Um dos principais serviços oferecidos pela fintech é o adiantamento da cota condominial. A empresa deixa os condôminos parcelarem o valor da mensalidade em até 12 meses, enquanto garante o dinheiro à vista aos administradores e síndicos, conceito chamado de Buy Now Pay Later. Somente em julho, essa solução, que ajuda condomínios a manterem o fluxo de caixa em dia, teve mais de R$10 milhões em transações antecipadas.

O investimento auxiliará no crescimento da fintech, que deve anunciar novas frentes de produto ainda no segundo semestre de 2021. O objetivo é melhorar a experiência dos condôminos no pagamento da cota condominial, despesa mensal recorrente paga ao longo de toda vida, conceder ainda mais crédito para condomínios que desejam fazer reformas e trazer novos talentos ao time, que está chegando a 100 pessoas.

Atualmente, a fintech está presente em condomínios de 23 estados brasileiros e tem R$ 35 bilhões em gestão de patrimônio condominial. A expectativa é fechar o ano com mais de 100 mil cotas de condomínios geradas e R$ 150 milhões em movimentações.

Sobre o CondoConta:
O CondoConta é o primeiro banco digital no mundo criado para levar transparência, eficiência e segurança à gestão financeira dos condomínios e melhorar a vida dos condôminos. Com conta gratuita, automação de boletos e balanços, seguros, financiamentos e uma loja digital de produtos. O Banco está presente em condomínios de 23 estados brasileiros, tem R$35bi em gestão de patrimônio condominial e projeta 150 milhões de reais em movimentações, com até 100 mil cotas de condomínios sendo geradas até o fim de 2021.

Sobre a Redpoint eventures
Redpoint eventures é uma gestora de venture capital que investe em startups da América Latina. A empresa trabalha com empreendedores visionários que usam tecnologia para criar novos mercados e resolver problemas em mercados já existentes. Com uma equipe experiente no mercado local e em parceria com dois fundos do Vale do Silício, nos EUA (e.ventures e Redpoint), a gestora ajuda seus empreendedores a garantir capital, talento e crescimento para que seu negócio tenha mais sucesso, mais rápido.

Fundada em 2012, a Redpoint eventures investe nas primeiras rodadas de financiamento das startups (estágios seed, early e growth), gere mais de R$ 1,2 bilhão e tem mais de 40 empresas em seu portfólio, incluindo Creditas, Gympass, Olist, Pipefy e Rappi. Como parte de sua missão de apoiar o ecossistema empreendedor local, são também co-fundadores do Cubo (www.cubo.network), o segundo maior hub de inovação do mundo.

Posts Relacionados

Santander amplia sua presença em Santa Catarina e inaugura novas agências

Diário da Cidade

MPF realiza ação inédita voltada à população em situação de rua em Florianópolis

Sebrae/SC se reúne com produtores de cachaça e banana de Luiz Alves para debater Indicação Geográfica

Vereadores garantem recurso para aplicação em escolinhas esportivas

Em oito meses, IMA realiza 30 operações de fiscalização de produtos perigosos

Vokkan lança manifesto para apresentar o posicionamento do VivaPark Porto Belo, primeiro bairro parque do Brasil

Programa do SENAR/SC transforma a vida de mulheres do campo em São Domingos

Deputado Kennedy Nunes apresenta ao Ministério da Saúde proposta de incluir a cirurgia de correção intrauterina na tabela do SUS

STARK realiza curso sobre M&A e Operações de Crédito no Centro de Inovação Blumenau em 6 de outubro

Feira do Empreendedor Digital 2021 do Sebrae está com as inscrições abertas

II Conecta Saúde promove debate sobre segurança do paciente

Diário da Cidade

FFM tem inscrições abertas em cursos voltados a capacitação de executivos e empreendedores

Cooperativas Ailos se unem para preservar o bem-estar e a saúde mental de colaboradores

Santa Catarina zera imposto de medicamentos do kit intubação

Ferramenta gratuita do SENAR ajuda a garantir qualidade na produção de leite

Warren Investimentos anuncia aquisição da corretora Renascença DTVM

Governo do Estado trabalha para desbloquear rodovias catarinenses

Mercado imobiliário altamente aquecido atrai novas empresas para a região da Costa Esmeralda

Mapeamento do ecossistema de CTI de SC ainda tem temas disponíveis para projetos

Rita Maria completa 40 anos de conexões, chegadas e partidas