Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia SC

Caio Fabio chama Agenor Duque de “macumbeiro pentecostal”

O pastor Caio Fábio, que durante muitos anos foi um conhecido líder presbiteriano, nos últimos tempos tem usado seus programas na internet para fazer denúncias contra vários pastores.

Em seu programa “Papo de graça”, transmitido pelo canal virtual Vem&Vê TV, desta segunda, Caio Fábio exibiu um vídeo que ficou bastante popular na internet nas últimas semanas. Nele, o apóstolo Agenor Duque, da Igreja Plenitude do Trono de Deus, amaldiçoa uma pessoa que estava no culto.

Um homem não identificado parece ter questionado algum ensino ou prática do apóstolo. Ele se irrita e, gritando ao microfone, diz: “Nunca mais vai andar. Até você voltar aqui e respeitar profeta. Se eu sou homem de Deus você está amaldiçoado! Desafio”. Em seguida, afirma que aquela pessoa foi colocada ali “pelo diabo” e acaba mandando o homem sair do templo.

Para Caio Fábio, esse tipo de atitude não é característica dos evangélicos, mas sim dos pagãos.

“Bruxos, praticantes de magia negra pentecostal, em nome de Jesus”, afirma. Disparou ainda: “Filhos do diabo, pois quem odeia é do diabo. Esse espírito de violência não procede de Deus”.

Embora o tópico da conversa seja o vídeo de Agenor Duque, o ex-reverendo presbiteriano o coloca junto a todos os outros líderes neopentecostais.

Entre os adjetivos usando para classificar quem tem esse tipo de ensino estão “macumbeiro”, “bruxo” e “feiticeiro pós-moderno”. Ao mesmo tempo, critica as pessoas que frequentam essas igrejas e dizem “amém” para seus ensinos. “Não dá pra dizer que isso tem a ver com Deus, tem a ver com o diabo”, afirma.

Os atritos públicos de Caio Fábio são conhecidos. Já teve embates com Silas Malafaia, Edir Macedo e Marco Feliciano. Recentemente, seu alvo foi o apóstolo Valdomiro Santiago, da Igreja Mundial.

Apesar de ainda ser pastor da igreja Caminho da Graça, Caio não aceita ser chamado de evangélico, pois para ele, “os evangélicos pioram o mundo para os outros”.

Assista:

Posts Relacionados

Restaurante catarinense especializado em sequência de trutas vai abrir franquias no Sul e Sudeste

Edenilson Floriani pronto para estrear no Campeonato Mundial de Atletismo Paralímpico no Japão

Rede Plaza de Hotéis lança campanha beneficente TODOS PELO RS

Sebrae promove a ‘semana do MEI 2024’ com palestras e orientações

Desafios empresariais – por Leonardo Chucrute que é Gestor em Educação e CEO do Zerohum

Grupo Pereira inaugura nova unidade da Farmácia SempreFort, em Biguaçu

CEO do Grupo Koch é um dos palestrantes do Encontro LIDE SC

Semana da Indústria debate competitividade do setor têxtil

Aurora Coop é premiada no 30º Prêmio Expressão de Ecologia

Grupo Koch inaugura primeira loja Komprão em Bombinhas