Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
DESTAQUES

Campanha contra a Poliomielite enfrenta baixa adesão em Balneário Camboriú

Suspensas vacinações de rotina em Porto Belo

No Dia D contra a Poliomielite, sábado (8), 379 crianças foram imunizadas nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Balneário Camboriú: 375 com a gotinha e quatro com a dose injetável. Os números da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite, que termina sexta-feira (14), estão ainda baixos.

Em Balneário Camboriú, há 7.039 crianças na faixa etária da imunização (até quatro anos, 11 meses e 29 dias). Desde que a campanha começou, em 27 de maio, 1.636 crianças receberam a vacina oral poliomielite (VOP), a gotinha, e 112 receberam a vacina inativa poliomielite (VIP), a injetável. A meta é atingir, ao menos, 95% das crianças de um ano a menores de cinco anos em Santa Catarina com a vacina oral. Em Balneário Camboriú, apenas 29,67% dessa faixa etária foi imunizada com a gotinha (o público-alvo é de 5.513 crianças de um a cinco anos).

Para aumentar o percentual, a Secretaria da Saúde ampliou, no início de junho, os horários de atendimentos nas salas de vacina das UBSs. Até sexta-feira (14), a imunização pode ser feita das 8h às 12h e das 13h30 às 19h. Na UBS Central, não há pausa para o almoço. Outra medida para atingir a meta é a vacinação (apenas a gotinha) que começou a ocorrer também nos Núcleos de Educação Infantil, com autorização dos pais, na semana passada.

No sábado, as UBSs abriram especialmente para a vacinar crianças menores de cinco anos, mas disponibilizaram também outros imunizantes à população em geral (confira a quantidade de pessoas vacinadas no fim do texto).

Saiba mais

Doença grave caracterizada por um quadro de paralisia flácida, a poliomielite é causada pelo poliovírus selvagem (PVS) tipo 1, 2 ou 3. A doença acomete os membros inferiores de forma assimétrica e irreversível. A vacinação é considerada fundamental para reduzir o risco de reintrodução do poliovírus no Brasil, pois a doença se encontra eliminada no país desde 1994.

População-alvo

Crianças menores de um ano: deverão ser vacinadas conforme a situação vacinal encontrada para o esquema primário (três doses da vacina inativa poliomielite – VIP)

Crianças de um a quatro anos: deverão ser vacinadas indiscriminadamente com a vacina oral poliomielite (VOP), a gotinha, desde que já tenham recebido o esquema primário com VIP.

Vacinação no sábado, Dia D contra a Poliomielite

Total de doses contra poliomielite oral VOP (gotinha): 375

Total de doses contra poliomielite injetável VIP: 4

Pessoas imunizadas com vacinas de rotina (Calendário Nacional de Vacinação): 359

Total de doses: 738

Vacinação contra a poliomielite em BC desde 27 de maio:

1.636 crianças imunizadas com a vacina oral poliomielite (VOP), a gotinha

112 crianças imunizadas com vacina inativa poliomielite (VIP), a injetável

Posts Relacionados

Assalto na Av. Central: funcionários de farmácia foram agredidos e R$ 612 roubados

Surto de sarna leva à suspensão de aulas em mais duas creches de Balneário Camboriú

Paranaense de 23 anos morre afogado em praia de Balneário Camboriú

Kitnet em Camboriú servia de depósito para mais de 100kg de maconha

SINE de Itajaí divulga as vagas de emprego disponíveis

Inscrições abertas para o Casamento Coletivo de Navegantes

Projeto que declara Lula “Persona Non Grata” em Balneário Camboriú não é votado

Audiência Pública irá discutir criação de quatro bairros em Balneário Camboriú

Vereadores de Balneário Camboriú nomeiam membros da CPI do Saneamento

Morador de rua é detido após ameaçar dona de restaurante na Avenida Atlântica