Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
ENTRETENIMENTO

Cartórios do Brasil passam a fazer divórcios e escrituras de compra e venda de imóveis por videoconferência

Norma nacional publicada nesta quarta-feira (27/05) pelo CNJ permite ainda a realização de procurações, autenticações de documentos e reconhecimento de firmas por meio da plataforma e-Notariado (http://www.e-notariado.org.br)

Realizar divórcios, compra, vendas, doações, partilhar e inventários de bens imóveis urbanos e rurais no Brasil agora são atos que podem ser realizados por meio de videoconferência por todos os Cartórios de Notas do país. A norma, que também permite a realização de autenticações de documentos, reconhecimentos de firmas, procurações públicas, como as de fins previdenciários para recebimento de pensão do INSS, e atas notariais, vale a partir desta quarta-feira (27/05), abrange todos os imóveis e cidadãos localizados no País e não está restrita ao período da pandemia.

Publicado pela Corregedoria Nacional de Justiça do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), órgão fiscalizador dos serviços dos cartórios, o Provimento nº 100/2020 dispõe sobre a realização de atos notariais eletrônicos à distância utilizando a plataforma e-Notariado (www.e-notariado.org.br), desenvolvida e administrada pelo Colégio Notarial do Brasil – Conselho Federal (CNB/CF), criando ainda a Matrícula Notarial Eletrônica – MNE, que padronizará e realização de atos e a emissão de certidões em todo o País.

Para a realização do ato eletrônico, o Cartório deverá proceder à identificação dos contratantes de forma remota, assim como suas capacidades para a realização do mesmo. A videoconferência será conduzida pelo tabelião de notas que indicará a abertura da gravação, a data e hora de seu início, o nome por inteiro dos participantes, realizando ao término do ato, a leitura na íntegra de seu conteúdo e colhendo a manifestação de vontade de seus participantes.

“A norma publicada pelo CNJ é um avanço enorme para a atividade e para a sociedade brasileira, que há muito clamava pelos atos eletrônicos”, explica Giselle Oliveira de Barros, presidente do Colégio Notarial do Brasil. “Como agentes regulados pelo Poder Judiciário estávamos ansiosos por esta publicação, que agora dinamizará ainda mais a economia do País por meio dos atos públicos feitos pelos Cartórios de Notas, que garantem autenticidade, eficácia e plena segurança jurídica a todos os contratantes”, completa a tabeliã.

Uma vez que se tratam de atos importantes para a vida das pessoas – como a compra e venda de imóveis, doações, divórcios, inventários e procurações -, os participantes prestarão declaração expressa e inequívoca de aceitação do procedimento realizado pelo Cartório, declarando verbalmente na videoconferência que o teor do documento foi lido, compreendido, não possui dúvidas e o aceita como verdadeira expressão de sua vontade. A gravação de todo o procedimento, assim como seu arquivamento, se dará na própria plataforma do e-notariado.

Considerados serviços essenciais durante a pandemia de COVI-19 pelo Provimento nº 91 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), os Cartórios de Notas são essenciais para o exercício de direitos fundamentais das pessoas, para a circulação da propriedade e para a obtenção de crédito como garantia real. Seu funcionamento no Brasil durante a pandemia de COVID-19 acontece em regime de plantão presencial, com duração não inferior a duas horas, ou virtual, com duração não inferior a quatro horas.

Sobre o CNB – Colégio Notarial do Brasil

O Colégio Notarial do Brasil – Conselho Federal (CNB/CF) é a entidade de classe que representa institucionalmente os tabeliães de notas brasileiros e reúne as 24 Seccionais dos Estados. O CNB/CF é filiado à União Internacional do Notariado (UINL), entidade não governamental que reúne 88 países e representa o notariado mundial existente em mais de 100 nações, correspondentes a 2/3 da população global e 60% do PIB mundial

Posts Relacionados

COVID-19: “Os indígenas fazem parte do povo que o Estado deixa morrer”, diz especialista

diariodacidade

Carlos Dafé promove live solidária para ajudar artistas e moradores de rua

diariodacidade

Projeto Magic Drive-in estreia nesta sexta-feira, dia 10, com Independence Queen

diariodacidade

Motivação e autoestima em alta para o Enem

diariodacidade

John Mueller apresenta Canções e Influências em live show no dia 19 de julho

diariodacidade

De olho na retomada, Co.W. Coworking atualiza protocolos e modelo de negócio

diariodacidade

Livro de ficção narra romance durante os Jogos Olímpicos de 2020 sem a presença da COVID-19

diariodacidade

Busca por sorriso perfeito aumenta procura por odontologia estética em Camboriú

diariodacidade

Mostra Gastronômica Balneário Camboriú Convida à Mesa terá 24 restaurantes e opção delivery

diariodacidade

Vinhos que combinam com os sabores juninos

diariodacidade

Professor cria ação solidária para ajudar alunos da rede pública no Enem

diariodacidade

Nos 40 anos sem Vinicius de Moraes, obra do “Poetinha” é revisitada em três lives

diariodacidade

Prêmio Catarinense de Cinema 2020: inscrições abrem na segunda-feira

diariodacidade

Como frequentar a praia com segurança após a flexibilização da quarentena

diariodacidade

A era da selfie: preocupação com sorriso aumenta para sair “bem” na foto

diariodacidade

“Uber da lavagem” inicia operação em Balneário Camboriú

diariodacidade

Da vaquinha virtual à NASA Conheça a jovem que precisou de doações para estudar no exterior

diariodacidade

Decanter promove curso com degustação online de vinhos

diariodacidade

Dia de Combate à Homofobia: Especialista destaca conduta, crime e pena

diariodacidade

Karsten lança toalha com tecnologia pioneira Antimicrobiana

diariodacidade

Oi, este aviso é só pra te lembrar de CURTIR nossa FanPage no Facebook

Assim, você poderá estar cada vez mais atualizado das novidades de sua região!

CLOSE
%d blogueiros gostam disto: