Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Balneário Camboriú e Camboriú

CDL BC mobiliza diferentes frentes para minimizar impactos do coronavírus aos comerciantes

O avanço do novo coronavírus (Covid 19) mobiliza não só as autoridades de saúde como todo o sistema econômico. Um dos principais geradores de empregos de Balneário Camboriú, o comércio, tem mostrado preocupação tanto com a saúde pública quanto com a interrupção nas vendas pelo fechamento das lojas em razão de medidas governamentais. Em parceria com a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL-SC), a Câmara de Dirigentes Lojistas de Balneário Camboriú (CDL-BC) vem buscando, junto às autoridades, medidas emergenciais que possam amenizar os impactos da pandemia no setor.

O presidente da CDL, Vilton João dos Santos, explica que a entidade está atuando em diferentes frentes de trabalho neste momento de crise, enquanto associados à entidade desenvolvem o exercício da solidariedade. Um dos destaques do trabalho que a entidade vem realizando foi a “live” sobre o “Papel do Líder na Incerteza?” com o palestrante Alexandre Lima, em parceria com a Leve Transformação Cultural para Empresas. Realizada ao vivo por meio das redes sociais no último domingo, ele abordou como identificar e compreender a ansiedade. “Ela turva nosso raciocínio e prejudica a visão de longo prazo, além do perigo de tomar decisões nesta hora”, explicou. Alexandre Lima falou também sobre o que as pessoas esperam de sua liderança e a importância de fortalecer laços de confiança e lealdade com o time de colaboradores.

Com o apoio da FCDL-SC, o setor busca os ajustes necessários para que não ocorra o fechamento de milhares de postos de trabalho. Em correspondência enviada em parceria com a Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (FACISC) aos secretários da Fazenda, da Administração e da Defesa de Santa Catarina, o setor apresentou uma lista de reivindicações para ser apreciada para a retomada das atividades, como a garantia de liberdade e segurança para as atividades de varejo funcionarem na modalidade de e-commerce ou tele-entrega, evitando a circulação e aglomeração de pessoas, mas mantendo um contingente mínimo de funcionários para a administração dos estoques e pedidos.

Demandas locais

Em âmbito local, a CDL enviou ao prefeito Fabrício de Oliveira ofício com demandas dos empresários para incentivar pequenas e médias empresas do município. Entre as medidas, a entidade pede a negociação de novo parcelamento de IPTU, a redução ou facilitação de pagamento do ISS, ampliação do tempo de validade dos alvarás, aumentando prazos para renovações, criação de uma campanha de incentivo ao consumo em empresas locais e o contato com as esferas estadual e federal para que as medidas econômicas sejam pensadas para o pequeno e médio empresário.

Em artigo publicado nas mídias sociais da entidade, o presidente da CDL de Balneário Camboriú também defende que é preciso encontrar urgentemente o ponto de equilíbrio entre preservar a vida e a economia, concomitantemente. É imprescindível que a roda da economia comece a voltar a girar. “A partir de abril, a vida tem que ir retomando o curso normal, ainda que com restrições e controles. Ainda que com protocolos rigorosos de segurança, mas precisamos voltar a produzir”, observa Vilton.

Para ajudar diretamente o associado, a direção da CDL também prorrogou as datas de vencimentos das mensalidades da entidade. As que venceriam em 28 de abril e 28 de maio foram prorrogadas para 28 de novembro e 28 de dezembro, respectivamente. A entidade ainda abriu seu Instagram para associados divulgarem seus negócios nos Stories da CDL. O material (de preferência formatado na vertical) deve ser enviado pelo whatsapp (47) 98415-5407.

Voluntariado

 

No campo do voluntariado, o projeto “VesteVida” de Balneário Camboriú – uma ação de  iniciativa da empresária de moda e diretora da CDL Mulher, Mirvana Andreis, da modelo e empresária Sandra Bronzina, e da arquiteta Graziele Andreis – está confeccionando máscaras de tecido que serão doadas a equipes de saúde, atendentes de farmácias e agentes de segurança para prevenção do vírus. O grupo conta com mais de 40 costureiras e apoio de empresas de diferentes regiões de Santa Catarina, principalmente do Vale do Itajaí e do sul catarinense.

Também foi criada uma vakinha online para arrecadar doações para o projeto. Empresas e voluntários que desejarem ajudar o “VesteVida” devem entrar em contato pelo (47) 98456-0189 ou pelo Instagram @vestevida_covid19.

Posts Relacionados

Prefeito anuncia estratégia que alia testagem e tecnologia para monitoramento

Centro de Acolhimento e Tratamento do Coronavírus já atendeu mais de 300 pacientes

Sanitização das ruas de Balneário Camboriú chega na Terceira e Quarta Avenida

Nota de esclarecimento de Auri Pavoni

Vacinação imuniza colaboradores das Águas de Camboriú do vírus H1N1

Começa hoje agendamento da vacina da gripe para idosos do Centro

EMASA fornece copos de água para equipes da saúde e segurança

Veja quem tem direito ao auxílio emergencial de R$ 600 por mês

Oi, este aviso é só pra te lembrar de CURTIR nossa FanPage no Facebook

Assim, você poderá estar cada vez mais atualizado das novidades de sua região!

CLOSE
%d blogueiros gostam disto: