Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia SC

Cooperativas de crédito operam em 55,3% dos municípios brasileiros

Especialista compartilha os principais motivos que impulsionam o crescimento desta modalidade de instituição financeira

 

No decorrer de 2023, as cooperativas de crédito conquistaram um novo marco no Brasil, evidenciando seu papel no desenvolvimento socioeconômico do país. De acordo com o “AnuárioCoop – Dados do Cooperativismo Brasileiro”, divulgado pelo Sistema OCB, o setor atingiu 15,5 milhões de cooperados distribuídos em 728 organizações, gerando mais de 99 mil empregos diretos.

Esse conjunto de cooperativas representa aproximadamente nove mil unidades de atendimento espalhadas por mais de três mil cidades, alcançando 55,3% dos municípios brasileiros, conforme indicado no relatório “Íntegra – 2MB 2023”, do Banco Central. Com essa abrangência, as cooperativas de crédito transcendem a função de fornecedoras de serviços financeiros, tornando-se agentes influentes nas decisões nacionais.

O sucesso desse modelo reside, em parte, em seu papel na promoção da inclusão financeira e no fortalecimento das comunidades em que atua. Optar pelo sistema cooperativista implica escolher uma abordagem em que os membros não são apenas clientes, mas co-proprietários, participando ativamente das decisões e dos benefícios da instituição. “As cooperativas de crédito impulsionam o desenvolvimento econômico local, oferecendo serviços financeiros acessíveis. Simultaneamente, ao reinvestir os lucros na comunidade, contribuem para o fortalecimento sustentável das regiões em que operam”, completa Humberto Cesar Netto, gerente de produtos e negócios, da Credifoz.

Com base nas iniciativas da Credifoz, Netto apresenta os principais motivos que impulsionam o crescimento das cooperativas de crédito:

Quanto mais envolvimento, maior o benefício: os cooperados, na condição de proprietários da organização, compartilham dos lucros resultantes de suas contribuições. O Retorno das Sobras, por exemplo, que reflete os resultados positivos gerados pela cooperativa, é feito de maneira proporcional à participação de cada membro nas operações financeiras. Em paralelo, os Juros Sobre o Capital, creditados nas cotas dos cooperados no início de cada ano, representam a remuneração anual das cotas, crescendo proporcionalmente ao saldo das suas Cotas de Capital. Todos os resultados de 2023 da Credifoz foram registrados e a remuneração dos juros creditados para os cooperados.

Participação na tomada de decisões: em uma cooperativa, os cooperados são donos do negócio, por isso, sua participação ativa nas tomadas de decisões é um pilar fundamental do modelo cooperativista. As assembleias, realizadas anualmente, representam o principal momento em que os membros exercem seu direito e dever de contribuir, discutindo e deliberando sobre questões vitais para o funcionamento da cooperativa. Na Credifoz, o período assemblear tem início em fevereiro, e os cooperados já devem estar atentos à agenda que será divulgada em breve. Essa participação é essencial para assegurar transparência, equidade e representatividade na gestão da cooperativa, fortalecendo o senso de pertencimento e promovendo a democracia interna.

 

Retornos à comunidade: alinhadas aos princípios cooperativistas, as cooperativas desempenham um papel ativo na geração de impactos positivos nas comunidades, abrangendo aspectos tanto ambientais quanto sociais. Na Credifoz, implementamos práticas sustentáveis em nossas operações e incentivamos nossos cooperados a adotarem essas medidas em suas residências e negócios, com ações nos bairros e escolas. Destacamos também a oferta de crédito sustentável, facilitando a instalação de painéis de energia solar, por exemplo. No contexto social, estamos dedicados a projetos que fortalecem as comunidades locais, incluindo a promoção de educação financeira com os cursos gratuitos do Progrid, apoio a organizações beneficentes, criação de oportunidades de emprego local, suporte a pequenos negócios e fomento a iniciativas sociais.

Sobre a Credifoz

Com foco na valorização do cooperado, estímulo da qualidade de vida da comunidade e oferta de serviços financeiros diferenciados, a mais de 15 anos a Credifoz mantém uma gestão apoiada nos princípios e nos valores cooperativistas. Entre os principais serviços oferecidos estão abertura de conta, crédito, investimentos financeiros, consórcios, seguros, negócio local, entre outros. Formada pela união de empresários do Litoral-Norte Catarinense, tem atuação nas cidades de Balneário Camboriú, Balneário Piçarras, Camboriú, Imbituba, Itajaí, Itapema, Navegantes, Penha e Tijucas. A cooperativa integra o Sistema Ailos.

Posts Relacionados

Turismo Rural no Oeste destaca belezas naturais durante o 25º Itaipu Rural Show

Credifoz conquista marco histórico de 100 mil cooperados

Sinais de alerta com a saúde mental das crianças

CDL se une a Gazz Company, maior rede de gestão da área, e lança programa voltado para donos de bares e restaurantes de Joinville

Programa Terra Boa 2024 será lançado na próxima quarta-feira, no 25º Itaipu Rural Show

IFC Blumenau tem vagas para curso gratuito de EJA em Eletricista Industrial

A importância do Legal Design e Visual Law no ambiente jurídico

O que esperar do mercado imobiliário do litoral norte de Santa Catarina em 2024

Cooperativas Catarinenses recebem atualização sobre as modificações da Declaração do Imposto sobre a Renda Retido na Fonte

Divisão de seletivas de Santa Catarina e Paraná é novidade no ciclo de classificatórias ao Freio de Ouro