Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
DESTAQUES

Corrida de rua une adeptos em preparação para maratona e meia maratona

‘Sonhe. Acredite. Realize’. As três palavras que estampam as pulseiras azul, verde e laranja no braço da psicopedagoga Andréia Vanessa Machado Mosimann, 49 anos, não a deixam perder o foco a cada quilômetro percorrido. Há 16 anos ela pratica corrida. Teve alguns períodos de pausa para realizar o sonho de ser mãe, mas ajustou a rotina para permitir que a atividade física fizesse parte de sua vida. Em 2011 ela participou da primeira prova e comemorou os 5km percorridos com muita emoção. O tempo passou e, em 2019, ela resolveu treinar de verdade, como gosta de contar, com a ajuda de um profissional. Melhorou seu condicionamento físico, sua distância na corrida e completou a primeira meia maratona (21Km). Mas seu maior sonho, que cresceu à medida que mais e mais quilômetros de percurso ela adicionou em sua rotina, é o de correr uma maratona. E isso está mais perto de acontecer.

Em outubro de 2020 Andréia passou a integrar o Projeto 42K, lançado pelo Centro de Performance e Saúde Grupo do Bay. Ali, conheceu outras nove pessoas com o mesmo objetivo que ela: completar esta que é uma prova emblemática no universo da corrida de rua. “Meu sonho é completar uma maratona aos 50 anos e aqui estou! Inclusive antecipei um pouquinho, porque o objetivo é fazer a prova ainda neste ano”, conta.

A contadora Viviane Klann, 46 anos, compartilha da mesma paixão de Andréia pela corrida. Ela, que já corre há alguns anos, há quatro passou a fazer parte de um grupo de corrida para evoluir na atividade. Em 2020 conseguiu completar seus primeiros 21Km e quando foi lançado o Projeto 42K, ela logo aderiu. “Não pensei muito e me lancei no projeto. Hoje não consigo viver sem minhas planilhas de treinamento. Sinto um prazer enorme em correr, é minha paixão”, revela.

Nessa corrida de superação também está a jornalista Aline Wernke, 34 anos, que integra o Projeto 21K, lançado neste mês de abril. A atividade física voltou à rotina de Aline há seis meses, quando iniciou na corrida de rua, através do Grupo de Corrida do Bay. “Fiquei muito feliz pelo convite para participar desse projeto. Há seis meses eu era uma pessoa totalmente sedentária, com uma rotina de trabalho intensa, um tratamento de depressão em andamento e com transtorno alimentar. E em plena pandemia, esse interesse em aprender a correr me ajudou muito. Vi que é possível para qualquer pessoa começar a correr, desde que ela tenha o acompanhamento necessário, respeite o seu corpo e o seu tempo, e tenha profissionais que acreditem e acompanhem sua evolução. Estou muito empolgada e confiante para os 21 quilômetros”, comenta.

Os projetos

Os projetos 42K e 21K são pioneiros na cidade de Brusque a formar maratonistas e meio maratonistas através de grupos. De acordo com o educador físico do Centro de Performance e Saúde Grupo do Bay, Felipe Ristow, os projetos englobam grupo de corrida; aulas de fortalecimento muscular, que são muito importantes para quem busca essas distâncias; e planilhas de treinos personalizadas de acordo com a disponibilidade de tempo de cada aluno, e seu objetivo durante a prova, todas lançadas no aplicativo Treinus, do qual os integrantes têm acesso. “Embora tanto o Projeto 42K quanto o 21K sejam em grupo, os treinos são personalizados e fazemos o acompanhamento individual de cada aluno. Além disso, uma vez por mês fazemos uma explicação maior do rendimento. Hoje temos 10 pessoas participantes em cada grupo. No Projeto 42K, oito alunos treinam para correr a primeira maratona da vida, os outros dois já fizeram, mas querem repetir o feito. É um projeto de 12 meses, que termina em outubro deste ano. Já o Projeto 21K terá duração de seis meses e vamos acompanhar o pessoal na sua jornada até completar a prova de 21 quilômetros. Cada pessoa desse projeto tem alguns objetivos diferentes, tem gente que já fez a distância e quer melhorar o tempo, tem gente que entra no Projeto 21K já pensando em uma maratona depois, enfim, são propósitos diversos, mas uma distância em comum”, analisa.

Ristow ressalta que a ideia de ambos os projetos nasceu de uma conversa com o próprio educador físico que dá nome ao Centro, Jose Armando Vasquez Soto, o Bay. “O Projeto 42K começou no ano passado quando eu e o Bay estávamos conversando e ele me disse que aos 60 anos queria completar uma maratona. Vimos que muitos alunos também tinham esse objetivo de correr uma maratona e montamos esse projeto: um ano de treinamento para tornar essa pessoa uma maratonista. Somos a primeira equipe em Brusque de treinamento em escala a formar maratonistas e meio maratonistas. Estamos despertando o desejo de várias pessoas a correrem essas distâncias. E ambos os projetos terminam no mês de outubro, momento das provas”, explica.

A maratona já fez parte da vida do treinador Bay em duas oportunidades anteriores, mas agora ele percorre o sonho, ao lado dos alunos, para repetir a prova antes de completar 60 anos. “Nunca esqueço que nos meus primeiros 42Km, antes da largada, em Blumenau, havia um grupo de senhores na faixa dos 60 anos que falavam sobre as maratonas que eles tinham feito pelo mundo, e eu ficava observando eles e pensando: ‘um dia quero chegar nessa idade fazendo essas corridas’. Na hora da largada todo mundo saiu junto, e no meio da corrida, aqueles senhores que conversaram comigo lá no início, me disseram ‘vamos lá garoto, vamos conseguir a tua primeira maratona, vem conosco’. Foi muito legal isso. Completei uma prova muito boa, me senti um maratonista amador, me senti bem em fazer um desafio pessoal para mim e continuei corr

Posts Relacionados

Santa Catarina recebeu mais 152.550 novas doses de vacina contra a Covid-19

Polícia Civil conclui inquérito sobre as mortes em creche de Saudades, no Oeste de SC

Com escritório em Blumenau, Ambev abre mais de 300 vagas para trabalhar com Tecnologia e Inovação

La Niña chega ao fim, mas pode voltar na primavera

Passageira que foi insultada por motorista de aplicativo será indenizada em Balneário Camboriú

Homem é preso com mais de 2.000 comprimidos de anabolizantes em Balneário Camboriú

PA da Barra será reaberto na segunda-feira (17)

Vereador Cláudio do Jornal questiona planos do município para o cemitério de Tijucas

AmpeBr realiza Campanha de Vacinação de 2021 contra a Gripe

Projeto de Lei que cria o “Junho Vermelho” é aprovado por unanimidade

Diário da Cidade

Sete reservatórios de água de Camboriú passam por nova limpeza com a ajuda de mergulhadores

Diário da Cidade

Exposição fotográfica no Balneário Shopping dá visibilidade a mulheres que trabalham na limpeza urbana da cidade

Dinheiro não traz felicidade, mas a falta dele pode acarretar em depressão

Grupo Mulheres ACATE vai mapear o perfil feminino do ecossistema de tecnologia catarinense

BNE promove webinar gratuito para candidatos em busca de oportunidades

Diário da Cidade

Empresa de Palmitos reinventa negócio para se manter no mercado

Diário da Cidade

Inscrições abertas para oficina gratuita de tecnologia para meninas entre 13 e 19 anos

Semana do MEI 2021 auxiliará pequenos negócios catarinenses que desejam ter sucesso na venda de seus produtos e serviços

BC amplia faixa de vacinação de pessoas com comorbidades para 55+

Pastor foge da prisão e vai namorar mulher de companheiro de cela

diariodacidade