Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
ENTRETENIMENTO

Da vaquinha virtual à NASA Conheça a jovem que precisou de doações para estudar no exterior

Da vaquinha virtual à NASA

Conheça a jovem que precisou de doações para estudar no exterior e hoje coleciona prêmios numa das principais universidades do mundo e chama a atenção da agência espacial norte-americana

O sonho de estudar no exterior tem crescido entre a juventude brasileira. Segundo pesquisa feita pela Belta (Brazilian Educational & Language Travel Association), somente em 2018, 50.400 brasileiros foram fazer graduação no exterior, um aumento de quase 40% em relação a 2017. Não foi diferente com a catarinense Katarine Emanuela Klitzke, de 18 anos. Ela conquistou em 2018 a medalha de ouro na Olimpíada Latino-Americana de Astronomia e Astronáutica (OLAA), realizada no Paraguai, e foi além: ingressou na Georgia Tech (Georgia Institute of Technology), nos Estados Unidos, uma das universidades de Engenharia da Computação mais conceituadas do mundo, e, em apenas um ano por lá, já conquistou diversos prêmios, um deles da agência espacial norte-americana, a NASA. Mas nada foi fácil para ela, que precisou fazer uma vaquinha virtual para ter recursos para viajar e realizar seu tão sonhado objetivo.

– Um ano já se passou desde que criei minha campanha da vaquinha para poder viabilizar meu sonho de estudar em Georgia Tech, uma das melhores universidades em Engenharia da Computação do mundo. Durante este meu primeiro ano de faculdade, tive inúmeras oportunidades incríveis de aprender conteúdos de alto nível super importantes para minha formação, me conectar com pessoas incríveis de todo o mundo e colocar boa parte do meu conhecimento em prática através das estruturas de laboratórios, clubes e pesquisas – conta Katarine.

Dentre os prêmios conquistados pela jovem, estão a Society of Women in Engineering, a Dean List 2020, RoboJackets e a RASC-AL 2020, competição organizada e sediada pela NASA visando desafiar novas gerações de estudantes a solucionarem os problemas enfrentados pela agência espacial norte-americana no desenvolvimento de suas missões de exploração espacial. Em virtude dessa trajetória de grande sucesso, acaba de ser aceita para iniciar a própria pesquisa em cosmologia computacional. Foi uma das responsáveis por desenvolver uma missão espacial completa para Marte de curta duração (30 dias na superfície do planeta vermelho), utilizando e sugerindo a implementação de diversas tecnologias inovadoras que revolucionarão o mercado aeroespacial. O projeto venceu o prêmio de melhor na sua categoria e, como consequência, Katarina o apresentará, em novembro, na ASCEND 2020, uma das maiores e mais importantes conferências de exploração espacial e engenharia aeroespacial do mundo. Para completar, ela foi aprovada, no dia 20 de junho, no programa de líderes da Fundação Estudar, um dos processos seletivos mais competitivos do Brasil (cerca de uma vaga para cada 1800 candidatos).

Sobre a OBA, início da trajetória espacial de Katarina

Tudo começou na trajetória espacial de Katarina com a medalha conquistada na OBA, que prorrogou as suas inscrições novamente, em decorrência da pandemia do novo coronavírus, até o dia 31 de julho. Escolas públicas e particulares que ainda não participam podem se cadastrar pelo site www.oba.org.br. Realizada em fase única e voltada para todos os estudantes dos ensinos fundamental e médio, a olimpíada ainda não tem data definida para sua realização, a depender da retomada das atividades escolares.

Em 23 anos de existência, a OBA já superou a marca dos 10 milhões de participantes e distribui anualmente cerca de 50 mil medalhas. A edição de 2019 teve a participação recorde de 884.979 estudantes de 9.965 escolas de todos os estados do Brasil e do Distrito Federal, além de du

Posts Relacionados

Projeto Magic Drive-in estreia nesta sexta-feira, dia 10, com Independence Queen

diariodacidade

Motivação e autoestima em alta para o Enem

diariodacidade

John Mueller apresenta Canções e Influências em live show no dia 19 de julho

diariodacidade

De olho na retomada, Co.W. Coworking atualiza protocolos e modelo de negócio

diariodacidade

Livro de ficção narra romance durante os Jogos Olímpicos de 2020 sem a presença da COVID-19

diariodacidade

Busca por sorriso perfeito aumenta procura por odontologia estética em Camboriú

diariodacidade

Mostra Gastronômica Balneário Camboriú Convida à Mesa terá 24 restaurantes e opção delivery

diariodacidade

Vinhos que combinam com os sabores juninos

diariodacidade

Professor cria ação solidária para ajudar alunos da rede pública no Enem

diariodacidade

Nos 40 anos sem Vinicius de Moraes, obra do “Poetinha” é revisitada em três lives

diariodacidade

Prêmio Catarinense de Cinema 2020: inscrições abrem na segunda-feira

diariodacidade

Como frequentar a praia com segurança após a flexibilização da quarentena

diariodacidade

A era da selfie: preocupação com sorriso aumenta para sair “bem” na foto

diariodacidade

“Uber da lavagem” inicia operação em Balneário Camboriú

diariodacidade

Decanter promove curso com degustação online de vinhos

diariodacidade

Dia de Combate à Homofobia: Especialista destaca conduta, crime e pena

diariodacidade

Karsten lança toalha com tecnologia pioneira Antimicrobiana

diariodacidade

Livro transforma poesia num mosaico de sentimentos

diariodacidade

Cuidados com as crianças na internet em meio ao coronavírus

diariodacidade

Zabot e Serginho Moah (ex-Papas da Língua) lançam versão acústica para hit “Que Dia”

diariodacidade

Oi, este aviso é só pra te lembrar de CURTIR nossa FanPage no Facebook

Assim, você poderá estar cada vez mais atualizado das novidades de sua região!

CLOSE
%d blogueiros gostam disto: