Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
ENTRETENIMENTO

De duas vendas por mês para 70 litros por dia: como microempresária transformou sorvete artesanal vegano em queridinho dos consumidores

Com distribuição para 12 estados do Brasil, Roomys atingiu um crescimento de 130% na comercialização, e aumento de 30 para 110 pontos de venda

Sem nenhum funcionário e tendo como ponto de partida apenas 50 metros de uma cozinha industrial sublocada em Santa Catarina, em fevereiro de 2022 Lidiane Barbosa iniciou um sonho: criar um sorvete artesanal com uma fórmula inovadora, sem gordura hidrogenada, outros componentes químicos, e matérias primas encontrados em sorvete. Os primeiros meses de atuação da Roomys tiveram o total de duas vendas. Hoje, a microempresária se desdobra em três turnos para dar conta da demanda que chega a 70 litros de sorvete por dia, com distribuição para 12 estados do Brasil.

O “boom” da Roomys foi registrado após o seu primeiro ano de atuação, entre maio e novembro de 2023, quando atingiram um crescimento de 130%, e com aumento de 30 para 110 pontos de venda. A marca possui atualmente oito sabores, sendo o mais recente o Roomys Protein cookies, o primeiro de uma nova linha lançada em novembro, e que já é um sucesso de venda. “O sabor, a cremosidade e a inovação chamaram atenção e, no boca-a-boca, foi se espalhando que somos um sorvete diferente”, conta Lidiane.

A microempresária explica que o Roomys é o primeiro sorvete adoçado com açúcar de maçã no mercado brasileiro e, a sua linha protein, se torna no mercado, a primeira opção de sorvete vegano fonte de proteína e fibras, e rico em vitamina B12. “Conseguimos transformar a forma de fazer e consumir sorvetes. Somos aptos para veganos, celíacos, alérgicos a APLV e para quem busca indulgência, saúde e inovação. É sorvete feito de um jeito que ninguém imaginou”.

Segredo do sucesso

A microempresária acredita que o segredo do crescimento se dá pela estratégia adotada pela Roomys. Em maio de 2023, a microempresa passou a contar com sua própria área de fabricação, com 127 metros quadrados, dois funcionários especializados e um time de parceiros e consultores. Também foi elaborada uma estratégia comercial ativa e ampliação logística, diante da necessidade de atender consumidores que estão cerca de 3 mil quilômetros de distância. “Nós estamos localizados em Blumenau (SC) e passamos a ter pedidos do Sudeste, do Norte e do Nordeste e, em um primeiro momento, não sabíamos nem como chegar nesses estados”, revela Lidiane.

Para garantir a entrega do produto com a qualidade de refrigeração necessária e o cuidado artesanal da marca, a Roomys passou a contar com parceiros em Itapecerica da Serra (SP), para armazenamento e distribuição para mais regiões brasileiras. A crescente demanda em busca do sorvete tem feito com que a microempresária busque ampliar a sua produção. Ela prevê atingir a fabricação de 180 litros por hora ainda em 2024 e também possui planos de ampliar o parque fabril e o número de colaboradores, parceiros e consultores.

Para Lidiane, o segredo do sucesso está em não ter medo de inovar. “Eu fiz algo que não existia e que, por muitas vezes, foi questionado, mas eu insisti na ideia, pois sabia que daria certo e que revolucionaria o mercado de sorvetes. Eu queria que as pessoas provassem, e elas não só provaram como gostaram, querem mais e confiam no produto. Essa é a minha maior satisfação e minha maior conquista”, finaliza.

Roomys

A Roomys foi fundada em 2022 e produz sorvetes plant based, atendendo a todos que buscam por uma alimentação saudável, indulgência, saúde, inovação e, inclusive, pessoas com intolerâncias e alergias alimentares, vegetarianos e veganos. Os sorvetes da Roomys podem ser encontrados em cerca de 120 pontos de venda em todo o Brasil e estão em cardápios de escolas e até mesmo hospitais devido à sua composição, aprovada por médicos e nutricionistas. É plant based, clean label, feito com fibras naturais, muito cremoso, sem leite, sem lactose, sem glúten, sem soja, sem gordura hidrogenada, sem corantes e aromatizantes. Atualmente, a marca possui oito sabores: cookies, paçoca, caramelo, pistache, cocada, chocolate, tutti frutti e maracujá. Com menos de dois anos de atuação no mercado, a marca já está conquistando reconhecimento pelo produto que apresenta e foi vencedora do 22º Prêmio Gustav Salinger de Empreendedorismo, na categoria Indústria.

Posts Relacionados

Expoflora inicia venda de ingressos promocionais em número limitado

Bruno Mello anima happy hour no Mercadão de Coqueiros, em Florianópolis

Sete shows musicais agitam o Jurerê OPEN no final de semana

Dia da Obesidade (4/03): exposição fotográfica reúne 12 histórias de superação em Florianópolis

Reabertura do Main Room do Warung, o famoso ‘pistão’, será em 29 de março com Vintage Culture e Paul Kalkbrenner

Cantora Dani Kramar grava DVD ‘Estrelar’ nesta quarta-feira, na SHED Club, em Balneário Camboriú

4 dicas para montar um bar em casa

Sono é importante para promover saúde física e mental

Orquestra Filarmônica Catarinense divulga 41 músicos pré-selecionados para seu corpo fixo

Tetto BC tem carnaval e jazz no final de semana