Digitalização é necessária, mas sem esquecer o paciente

88

Digitalização é necessária, mas sem esquecer o paciente

Inteligência artificial foi um dos temas das palestras desta manhã durante o Simpósio de Qualidade e Segurança do Paciente, organizado pelo Hospital Santa Catarina

A indústria 4.0 tão difundida chegou também ao segmento de saúde. A reinvenção do negócio é necessária para a sobrevivência das instituições. A primeira palestra do dia, com o Dr. Marcelo Felix, do Hospital Albert Einstein, teve por tema “Uso de Inteligência Artificial na Saúde: eficiência e inovação em tecnologia”. O ciclo de conhecimento segue até o fim do dia e faz parte do 1º Simpósio de Qualidade e Segurança do Paciente, que está acontecendo na Vila Germânica, e está sendo realizado pelo Hospital Santa Catarina de Blumenau.

De acordo com Felix, faz tempo que as instituições de saúde começaram a  investir em processos digitais. Porém,  isso não significa que elas estejam totalmente digitais, visto que, inicialmente, os processos foram implantados de forma individual e não conversavam entre si. “Para a instituição ser totalmente digital é necessário investir em uma estratégia digital, ou seja, pensando em todos os processos e integrando-os”, explica.

Prontuário

E o mais importante, segundo Felix, é tornar todos os processos digitais, mas, sem esquecer que o foco de toda modernidade deve ser sempre o paciente. “Infelizmente, tem profissionais da saúde que ficaram tão focados no prontuário eletrônico, que acabaram esquecendo-se de atender o paciente, de prestar a atenção nele como um todo”, conta.

Simpósio

A saúde está passando por significativos desafios no Brasil. O tema central das discussões em qualquer estado brasileiro é a qualidade nos serviços prestados e formas de melhorar o atendimento aos pacientes. Por isso, o Hospital Santa Catarina de Blumenau está investindo em eventos como este para que os profissionais que trabalham com saúde possam reciclar os seus conhecimentos. “Queremos trazer temas da atualidade do segmento. Não são todos os profissionais da região que conseguem participar de eventos desse porte que, normalmente, só ocorrem nos grandes centros. Blumenau é referência na organização de eventos. Vamos nos tornar referência também em eventos na área de saúde”, declara o diretor-superintendente do hospital Santa Catarina de Blumenau, Maciel Costa.

Quase 300 profissionais, entre médicos, enfermeiros e gestores estão participando deste evento, um dos maiores do sul do Brasil no segmento. Entre os participantes há profissionais de hospitais das principais cidades da região, bem como de outros Estados, a exemplo do Rio Grande do Sul,  de São Paulo e Paraná.

 

O Simpósio segue até o fim do dia. Informações no site WWW.simposiohsc.com.br.