Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia BR

Do Nordeste brasileiro para o mundo

Franquia Cuidare inicia expansão internacional

A potiguar Cuidare, uma das maiores redes de franquia de cuidadores de pessoas do Brasil, inicia o seu projeto de expansão internacional. Com 60 unidades espalhadas pelo país e em franco crescimento, a marca terá Portugal como ponto de partida, com inauguração prevista para outubro deste ano. As próximas operações no exterior vão desembarcar no Canadá e na Argentina em 2020. A expectativa de faturamento da rede para 2019 é de R$ 14,2 milhões.

Segundo o diretor da rede, Miranda Jr., a expansão internacional requer muito cuidado e responsabilidade, em virtude das legislações específicas de cada país, assim como a diversidade cultural e de costumes. “Os desafios serão inúmeros, mas estamos preparados. Esse grande momento que vivemos é fruto de muito tempo de planejamento, pesquisa e análise profundas. Acreditamos, portanto, que estamos prontos para obter o mesmo sucesso alcançado no mercado brasileiro”, ressalta.

Imersão na Holanda

Em maio, a Cuidare foi convidada pela renomada organização francesa Dialog Health a conhecer, com uma comitiva de médicos brasileiros, a Hogeweyk, uma vila, na Holanda, projetada especialmente para o cuidado de idosos com demências, principalmente aquelas degenerativas, como o Alzheimer, com base na hiper-realidade.

Foram seis dias de imersão com palestras, visitas a organizações locais e um encontro com representantes do Ministério da Saúde holandês, um dos mantenedores do projeto. “Conhecemos novas técnicas e inovações na área da saúde e longevidade. Esse tipo de intercâmbio, ainda mais envolvendo uma referência mundial, é muito importante e deixa legado para todos os envolvidos. Foi uma oportunidade de ouro para adquirir ainda mais know-how para a rede e para nossa expansão no exterior”, destaca Miranda Jr., que representou a Cuidare no encontro.

As pessoas que moram em Hogeweyk são apoiadas por especialistas em cuidados geriátricos, mas com toda a autonomia, independência e privacidade possíveis. A vila contém restaurantes, cafés, cinemas e também espaços abertos, como ruas, praças e jardins. Também existe um supermercado, onde os idosos podem se dirigir, acompanhados dos seus cuidadores, para adquirir o que necessitam. Mas não pagam: o valor do que “compram” está incluído no valor do pacote, onde quem paga é o governo federal, através do seguro, espécie de previdência na Holanda, que todo holandês tem que pagar.

Como empreender na profissão que mais cresce no Brasil

A profissão de Cuidador de Idosos é a que mais cresce no Brasil. Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), do Ministério do Trabalho, de 2007 para cá, o número de profissionais saltou de 5.263 para 34.051, um avanço de 547%. Números tão expressivos quanto o seu pano de fundo: o envelhecimento dos brasileiros. De acordo com o IBGE, a população com mais de 60 anos mais que dobrará até 2050. Tais dados já fomentam o mercado voltado para esse público e o empreendedorismo. É o caso da enfermeira de formação e empresária Izabelly Miranda, de 29 anos, que percebeu a carência de um serviço de assistência profissional humanizado e de qualidade e decidiu criar a Cuidare, uma das maiores redes de cuidadores de idosos e pessoas com necessidades especiais do país.

Fundada em 2014 em Natal, no Rio Grande do Norte, a marca logo se tornou líder de mercado no estado. O rápido crescimento fez com que Izabelly visse a possibilidade de mobilizar mais empreendedores e profissionais para além das fronteiras locais. Foi então que, três anos depois, em parceria com o marido, Miranda Jr., ela ingressou no sistema de franquias, o pontapé para a expansão em âmbito nacional e, agora, internacional. Atualmente, a Cuidare está presente em 20 estados e o Distrito Federal, conectando, por meio de empreendedores locais, idosos, pessoas com necessidades especiais e familiares com cuidadores altamente qualificados.

A marca possui um investimento inicial estimado em R$ 25 mil a R$ 38 mil, dependendo do tamanho da cidade, e faturamento mensal estimado em R$ 54 mil a R$ 180 mil apenas nos 12 primeiros meses. Izabelly ressalta que há uma rigorosa seleção para os cuidadores, com prova de conhecimentos e entrevista. “Eles devem possuir, no mínimo, o curso Técnico em Enfermagem. Num caso de urgência, por exemplo, toda a equipe é preparada para proceder imediatamente com os primeiros socorros”. Quem desejar trabalhar com a Cuidare como cuidador deve enviar o currículo pelo http://cuidarebr.com.br/trabalhe-conosco-na-cuidare/. Já os interessados em adquirir uma franquia da marca podem entrar em contato pelo http://cuidarebr.com.br/seja-um-franqueado/

Posts Relacionados

Pandemia provoca onda de solidariedade e doações atingem cifras recordes

diariodacidade

Infracommerce participa da oitava edição do Webinar Food Connections

diariodacidade

O impacto da Covid-19 no mercado de energia solar

diariodacidade

Confira 21 dúvidas sobre o direito do trabalhador em meio à pandemia

diariodacidade

Cartórios do Brasil atuarão na proteção patrimonial e pessoal de idosos

diariodacidade

Equipamento disponibiliza álcool em gel gratuitamente em locais públicos

diariodacidade

Align Technology Doa 32 mil Protetores Faciais para Hospitais do Brasil

diariodacidade

Raios ultravioleta como potencializadores na esterilização de ambientes contra o Coronavírus

diariodacidade

Cultura Inglesa aposta em ensino por meio de games e atividades culturais durante as férias

diariodacidade

Americanas se torna parceira estratégica do UNICEF e doa 180 mil kits de higiene e limpeza para famílias vulneráveis com idosos

diariodacidade

Na corrida contra lixões, Abetre e MMA lançam plataforma de controle de resíduos

diariodacidade

Mês do Orgulho LGBTQIA+ é marcado por debate nas empresas sobre diversidade e inclusão

diariodacidade

ANS determina cobertura obrigatória de testes rápidos para COVID-9 a planos de saúde

diariodacidade

Capacidade de leitos de UTI em hospital de São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, dobra após doação da Taurus

diariodacidade

Telemedicina ajuda a cuidar da saúde mental em meio à pandemia

diariodacidade

AstraZeneca e governo Brasileiro assinam acordo para a distribuição e produção da vacina da Universidade de Oxford no País

diariodacidade

De professora de educação física a competidora Força Bruta

diariodacidade

Fortlev expande conectividade e segurança da rede Wi-Fi com soluções Aruba

diariodacidade

Biogen lança plataforma online sobre atrofia muscular espinhal

diariodacidade

Jovens cientistas criam primeira feira de ciências brasileira inteiramente virtual

diariodacidade

Oi, este aviso é só pra te lembrar de CURTIR nossa FanPage no Facebook

Assim, você poderá estar cada vez mais atualizado das novidades de sua região!

CLOSE
%d blogueiros gostam disto: