Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
ENTRETENIMENTO

Documentário sobre as canoas de garapuvu é exibido em escolas da região

Mais do que uma embarcação, a canoa de garapuvu ou canoa de um pau só é símbolo de resistência na prática artesanal da pesca litorânea catarinense – e de muitas colônias pesqueiras no litoral brasileiro. O documentário Canoa bordada de Garapuvu: a embarcação de um pau só (2018), do Comitê Tijucas Biguaçu, conta a história desse patrimônio cultural. Neste ano, o filme será exibido em escolas de sete cidades do litoral centro: Tijucas, Itapema, Bombinhas, Porto Belo, Biguaçu, Governador Celso Ramos e Florianópolis.

Com aproximadamente 30 minutos de duração, o documentário foi gravado nas mesmas cidades em que será exibido ao longo de 2021. O documentário parte de uma narrativa que mescla o saber empírico e o científico, aprendido e apreendido na região. O curta fala sobre o processo de desaparecimento e resistência de uma prática artesanal ancestral: a pesca e o feitio das canoas construídas a partir de um pau só, contribuindo com a sensibilização socioambiental pela conservação de um saber característico das comunidades litorâneas do estado.

A circulação do documentário, que está disponível no YouTube, por escolas da região tem o objetivo de disseminar o tema e proporcionar aos estudantes uma oportunidade de contato com assunto de tamanha importância em diversas esferas do conhecimento. “Acreditamos que é uma maneira interessante de mostrar essa tradição para os jovens, num formato mais atrativo, utilizando o cinema. Esperamos enriquecer o debate e proporcionar um momento de reflexão sobre esse aspecto importante da nossa cultura para os alunos”, afirma o técnico ambiental da Associação Caminho das Águas de Tijucas (ACAT) Tiago Manenti Martins.

A circulação do documentário é uma realização da ACAT e do Instituto Esmeralda, com apoio da Colônia de Pescadores de Z-25 de Tijucas e do Lions Clube de Tijucas, com financiamento do Estado de Santa Catarina, através da Fundação Catarinense de Cultura, via Edital Elisabete Anderle 2020.

Posts Relacionados

No mês do Orgulho LGBTIA+ modelo Indianara Jung revela ser bissexual

Dia mundial do yoga: prática avança no meio corporativo

Arraiá de Delícias traz receitas típicas e a alegria das festas juninas ao Itajaí Shopping

Youtuber ganha 10 mil do namorado e uma viagem para Dubai do marido: “um é pouco, dois é bom”

Inverno aumenta o risco de problemas respiratórios nos pets

Com inauguração prevista para janeiro de 2023, Indaiá Frohsinn já tem mais de 50 casamentos agendados

Cinemateca do MAM Rio e BV Licenciamentos realizam sessão de cinema virtual gratuita com Brad Pitt

“Reclamação faz muito mal”, Léa Michaan aborda formas de lidar e acabar com o hábito

MadeiraMadeira inaugura loja em Balneário Camboriú

Andrey Gonçalves renova o jazz contemporâneo em seu CD de estreia

Adidas anuncia nova loja no Porto Belo Outlet Premium

Balneário Shopping promove Wine Dinner nesta quarta-feira (16) 🍷

Arraiá Cultural gratuito promove um resgate da alegria no inverno em Florianópolis

Bicentenário de Anita Garibaldi: divulgado calendário comemorativo de Santa Catarina

Wemobi chega a Florianópolis, Maringá e Londrina

Powpay, o app feito para a nova geração de crianças e adolescentes super conectada

8 cuidados que você deve ter na hora de vender um automóvel

Projeto Perfor.mãe.ser realiza encontro online SOMA, sobre maternidade e teatro, e apresenta vídeo-arte nesta quarta (16) e sexta (18)

Planeta das Gêmeas ultrapassa 4 bilhões de views no Youtube

Crianças autistas e a interação com os pets: conheça os benefícios