Em Blumenau campanha de vacinação imunizou 7 mil no primeiro dia

190

A Prefeitura de Blumenau, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, antecipou a campanha de vacinação contra a gripe A. No último sábado, 23 de abril, os sete ambulatórios gerais da cidade estiveram abertos das 8h às 17h e as equipes imunizaram 7.011 pessoas. Durante a semana e até o final da campanha, programada para terminar em 20 de maio, as unidades de Estratégia em Saúde da Família (ESF) que possuem sala de vacina também farão a aplicação.

Dos grupos prioritários, foram vacinadas quase 1.700 crianças, 3.390 idosos e mais de 500 profissionais de saúde. As gestantes imunizadas contabilizaram 259 e as puérperas (mulheres que tiveram parto recentemente) foram 42. O grupo com comorbidades, que são pessoas com doenças crônicas principalmente pulmonares e cardíacas, somou 1.131. Para vacinar é importante levar a carteira de vacinação e em caso de doença crônica, relatório médico atestando o problema, para aqueles que farão a vacina pela primeira vez.

A partir dessa segunda-feira, 25 de abril, além dos sete AGs, 39 ESF’s também farão a vacinação da população indicada. Os ambulatórios atendem a partir das 7h, com salas de vacinação abertas até às 21h, de segunda a sexta-feira. O horário ampliado de vacinação vale apenas para a H1N1. Nas unidades básicas, é necessário verificar o horário de funcionamento do seu ESF, pois elas funcionam em horários diferentes. Confira abaixo as 39 unidades com sala de vacina.

Blumenau recebeu até agora 45% das 107 mil doses necessárias no município. A meta do Ministério da saúde é de que 85% do grupo indicado seja vacinado. No próximo dia 30 de abril, sábado, será realizado o Dia D Nacional da Campanha de Vacinação e a cidade estará com todas as unidades de saúde, Ags e EFSs, abertas para realizar a vacina, das 8h às 17h.

Situação atual H1N1

Blumenau é a cidade do Estado com maior número de casos atualmente, contabilizando 32 confirmados com H1N1. Santa Catarina, de acordo com dados da Diretoria de Vigilância Epidemiológica estadual de 19 de abril, possui 104 casos positivos de H1N1. O município tem ainda a maior quantidade de óbitos em decorrência da gripe A, somando cinco vítimas. Aguardam o resultado dos exames outros 38 pacientes, sendo que sete deles estão internados em UTI e um faleceu na última terça-feira, dia 19.

ESF´s 

AFONSO BALSINI

AFONSO RABE

ALFREDO HOESS

ANGELO DE CAETANO

ARÃO REBELO

ARMANDO ODEBRECHT

ARTHUR RIEDEL

AUGUSTO C. VIANA

ÁUREA PFUETZENREITER

EDEMAR WINCKLER

JOVINO CARDOSO

FREI JOÃO MARIA

GERALDO S. SOBRINHO

GERMANO PUFF

GILSON PIVA I

GILSON PIVA II

GLODOALDO LINO DE AMORIM

GUSTAVO HAASE

GUSTAVO TRIBESS

HAROLDO EWALD

HASSO MULLER I

HASSO MULLER II

JACKSON CARL

JOÃO ROSA CAMARGO

LOTHAR FRANZ

MARCO F.BARTH

MARIA S. BAUMGARTNER

MARTIN VOLLES

NORBERTO SPRUNG

ODILON DE CAETANO

ORLANDO MARGARIDA

PAULO PEDRO MAYERLE

PEDRO KRAUSS

ENFª TÂNIA LEITE

TEREZA LESZCOWICZ

WALTER REITER

WILHELM T. SCHURMANN

WILSON GOMES SANTHIAGO

ZEBERT KRAUPP

AG CENTRO

AG BADENFURT

AG FORTALEZA

AG GARCIA

AG FORTALEZA

AG ESCOLA AGRÍCOLA

AG VELHA