Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia BR

Entenda o desabastecimento gerado pela crise do coronavírus

Por Sheynna Hakim Rossignol

A pandemia de COVID-19 vem causando uma série de situações até então jamais vivenciadas em todo mundo. O isolamento social adotado para conter a proliferação da doença impôs a necessidade de uma mudança de comportamento que abrangeu não apenas as relações sociais, familiares e de trabalho, mas, especialmente, a atitude de cada um de nós diante das incertezas.

A preocupação quanto a um eventual desabastecimento é uma das questões que mobiliza a população neste momento. Com receio de que determinados produtos se tornem escassos, as pessoas têm colaborado justamente para que isso aconteça ao realizar estoques. Como consequência imediata, temos a alta de preços e a falta de produtos no mercado.

Foi o que ocorreu com o botijão de gás. O Chama é um aplicativo de delivery de botijões de gás de cozinha que existe desde 2016 e no qual exerço a função de Presidente no Brasil. Atuando em oito capitais em um total de mais de 100 municípios pelo país, possuímos o número de 5 milhões de downloads. Deste total, 500 mil foram realizados em um único dia no final de março, quando a ferramenta passou a ter acessos recorde que ocasionaram o congestionamento de nossos servidores.

Conforme pudemos observar, a partir do dia 15 de março – quando muitas pessoas passaram a adotar o confinamento – houve uma mudança nítida no comportamento dos consumidores. Um exemplo: mais de 95% dos pedidos que chegaram ao Chama desde seu lançamento era de apenas uma unidade de botijão, mas isso mudou e passou para no mínimo dois logo que as pessoas começaram a ficar em casa. Para agravar a situação do desabastecimento, a Petrobras havia desacelerado sua produção, já que a crise do coronavírus causou forte queda do consumo da gasolina. Além disso, em São Paulo, uma manutenção realizada no duto de que liga Santos a Mauá também colaborou com a escassez.

Com tantas questões envolvidas dificultando a compra do produto, os preços passaram a subir. Mas ao contrário do que se imagina, isso não ocorreu porque a demanda motivou as revendas a quererem o máximo de lucro possível em um momento tão crítico, mas por que cada uma delas teve seus gastos aumentados para conseguir manter seus estabelecimentos abastecidos e ativos.

Mesmo assim, para proteger o consumidor que viu o preço do gás disparar, o Procon e o Sindicato das Empresas Representantes de Gás Liquefeito de Petróleo da Capital e dos Municípios da Grande São Paulo (Sergás) fecharam um acordo que limita o preço de venda do botijão de gás de cozinha de 13 kg a R$ 70. Este fato também colaborou para o agravamento da dificuldade na compra do produto, pois com isso as revendas deram férias a seus motoristas e passaram a disponibilizar o botijão apenas no local.

No ápice da crise de oferta, revendedores nos relataram que tiveram caminhões cercados por pessoas revoltadas com a falta dos botijões em um momento em que todos estão utilizando mais gás. Importante notar que uma das resoluções da Agência Nacional de Petróleo proíbe o transporte de gás por veículos não autorizados, no entanto, com o desespero proveniente da falta do produto, as pessoas estão colocando botijões dentro de porta-malas, se colocando em risco.

No momento, a situação para as revendas está um tanto mais próxima da normalidade, pois a Petrobras já reiniciou sua produção, o duto está em pleno funcionamento e os estabelecimentos voltaram a receber o produto. No entanto, como a crise originada pelo coronavírus ainda não tem previsão para acabar, não é possível prever se as pessoas mudarão sua conduta. Mesmo agora, com o início da recuperação da oferta, o Chama ainda tem registrado acessos três vezes acima do normal.

Precisamos nos adaptar a uma nova realidade devido à pandemia e, para isso, é preciso entender que talvez o mundo nunca mais volte a ser como era antes. Por mais assustador que esta constatação possa ser, não significa que seja negativa: as pessoas perceberam que podem se manter próximas mesmo através da tecnologia, os métodos de trabalho foram simplificados com o home office e, sobretudo, estamos caminhando para um consenso de que a solidariedade é vital para todos. Isso inclui, inclusive, a adoção de uma conduta individual de consumo consciente, sem estoque de produtos para evitar desabastecimento de produtos de primeira necessidade.

*Sheynna Hakim Rossignol é Presidente do aplicativo Chama no Brasil, marketplace que conecta revendedores de botijões de gás a clientes lançada em dezembro de 2016.

Posts Relacionados

Chegada da primavera acende alerta para aumento de casos de catapora

Estudo clínico da vacina AZD1222 é reiniciado no Brasil

ESET alerta sobre roubo de dados bancários de jogadores de Fortnite e outros games online

Vencedores do 2º Desafio COLETIVO de inovação no transporte público serão escolhidos nesta sexta-feira

Diário da Cidade

Pesquisa aponta que 85% dos pais brasileiros não acreditam que escolas estão preparadas para ensino remoto

Coca-Cola FEMSA Brasil transforma seu edital ‘Ideais para um mundo melhor’ em instrumento de apoio ao combate da Covid-19

Agosto Branco: a importância da conscientização do câncer de pulmão

Ambev abre inscrições para Programa de Estágio em todo o Brasil

Empresas do segmento de mobilidade discutem impactos da Covid-19

Volta às aulas exigirá cuidado com emocional de alunos e professores

Correios negocia Acordo Coletivo de Trabalho em meio à pandemia

Uber inclui categoria de táxi no aplicativo para ampliar opções da plataforma

Procurações para Prova de Vida ao INSS agora podem ser feitas online nos Cartórios de Notas

Agência A+ realiza campanha de arrecadação em prol da causa do câncer infantojuvenil

Taurus doa 5 mil testes rápidos de COVID-19 para São Leopoldo

Diário da Cidade

Align Technology Doa 32 mil Protetores Faciais para Hospitais do Brasil

Diário da Cidade

Exposição de casos de assédio em escolas não resolve problema

Diário da Cidade

DFL cria Comitê de Ação Social para ações com foco no auxílio e bem-estar da comunidade

BR distribui quase meio milhão de máscaras para frentistas

DJs e produtores Pizzolo e CNTR lançam parceria “All Of You Tonight”

Oi, este aviso é só pra te lembrar de CURTIR nossa FanPage no Facebook

Assim, você poderá estar cada vez mais atualizado das novidades de sua região!

CLOSE
%d blogueiros gostam disto: