Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Balneário Camboriú e Camboriú

Funcionário agredido no Hospital Ruth Cardoso por padrasto de criança internada

A Guarda Municipal foi acionada através da Central 153 para atender a ocorrência no Hospital Ruth Cardoso, por volta das 23h00, devido a uma confusão no setor da clínica pediátrica.

De acordo com a Guarda Municipal, ao chegar ao local, constatou-se que um funcionário do hospital havia sido agredido. Segundo o relato da vítima, um homem de 48 anos, o agressor era o padrasto de uma criança internada e estava interferindo nos procedimentos médicos da equipe, chegando a colocar a criança em risco.

Ao ser informado sobre as normas do hospital, o funcionário foi agredido pelo agressor com uma cabeçada, resultando em ambos caírem ao chão, sendo separados por outros funcionários do hospital. Quando questionado sobre a situação, o agressor, um homem de 30 anos, alegou ter se sentido tratado com grosseria pela vítima e afirmou que apenas se defendeu quando esta tentou segurá-lo pelo pescoço.

Em razão dos acontecimentos, o suspeito e o funcionário do hospital foram encaminhados à Central de Plantão Policial para os devidos procedimentos legais.

Posts Relacionados

Balneário Camboriú é premiada com projeto de promoção de destino em congresso nacional de turismo

Sindisol abre inscrições para curso de manipuladores de alimentos em Balneário Camboriú e região

IFC Camboriú abre oferta pública para venda de aves

Novo Ponto de Atendimento Virtual da Receita Federal é inaugurado em Camboriú

Barra FC vence Hercílio Luz fora de casa

IFC Camboriú abre inscrições para cursos gratuitos de Segurança do Trabalho e Transações Imobiliárias

SIME de Balneário Camboriú conta mais de 300 vagas de emprego

Balneário Shopping realiza feira de adoção de Pet, em parceria com a ONG Defesa Animal

Prefeitura de Camboriú irá inaugurar praça em homenagem aos oleiros do município

Morre em Balneário Camboriú, aos 73 Anos, Wandeko Pipoca, o Primeiro Bozo do Brasil