Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Balneário Camboriú e Camboriú

Furto de hidrômetros gera prejuízos para moradores de Camboriú

A criminalidade tem um novo alvo nos bairros de Camboriú: o furto de hidrômetros (aparelhos que registram o consumo de água dos imóveis). O crime tem trazido prejuízos e transtornos para muitos morados no município, que, além da perda do equipamento, ficam sem água em um momento que ela é ainda mais essencial para a higienização humana. Só em uma noite, foram furtados seis hidrômetros no bairro Tabuleiro, em Camboriú.

Arthur May, gestor operacional da Águas de Camboriú, explica que o número de ocorrências de furto de hidrômetros aumentou neste mês de maio. Para dificultar a ação, a Águas de Camboriú recomenda a instalação de sistema que proteja o equipamento (caixa padrão), que não obstrui a leitura e permite possível manutenção no local. Além disso, a concessionária sugere avisar a Polícia Militar e registrar boletim de ocorrência pela internet ou em uma delegacia, de modo que a Polícia Civil possa investigar os crimes.

O hidrômetro se torna alvo de furtos por um único motivo: o latão que reveste o equipamento é um material facilmente vendido e isso desperta o interesse dos criminosos.

 

Caixa Padrão

Uma recomendação para ajudar a coibir a ação dos criminosos é a instalação da caixa padrão de hidrômetro. Arthur May explica que, de acordo com as normas vigentes, o consumidor precisa ter uma caixa plástica padronizada instalada de forma embutida no muro da residência ou em uma mureta, nos casos em que a casa não é murada, para proteger o hidrômetro.

A instalação da caixa-padrão traz uma série de benefícios, entre elas, a proteção do hidrômetro e a garantia da medição no momento da leitura do consumo, mesmo sem a presença do morador, já que não é preciso entrar na propriedade para ter acesso ao relógio. Ela ajuda, inclusive, a evitar que a conta de água seja recebida com um valor diferente, por causa de danos com o hidrômetro, causando prejuízo ao dono do imóvel, que pode acabar pagando um valor maior. “Como a caixa tem tampa acrílica, o cliente continua podendo acessar o hidrômetro e verificar o seu consumo diário caso queira”, explica Arthur.

Posts Relacionados

Acidente entre Kombi e moto tira a vida de motociclista na Quinta Avenida

Guarda Ambiental resgata cachorro vítima de maus-tratos em Balneário Camboriú

Shed e La Belle são interditadas e multadas; multas somam R$ 300 mil

Águas de Camboriú e Águas de Bombinhas apresentam Plano Verão para agência reguladora Aresc

Sandra Neli Werner é eleita presidente da AmpeBr

Câmera ao vivo Praça Almirante Tamandaré Balneário Camboriú – Live cam

Diário da Cidade

Canal do Porto de Itajaí Ao Vivo!

Roda Gigante Balneário Camboriú Big Wheel Câmera ao vivo

Diário da Cidade

Fundador da Uniavan morre de Coronavírus

Vereadores de BC aprovam um projeto na sessão desta quarta

Segundo Afluentes Online vai ouvir lideranças comunitárias de Camboriú

Plenário aprova um projeto na sessão desta terça da Câmara de BC

Leões do Parque Beto Carrero são atendidos no ZooCare

IFC altera processos seletivos para 2021 devido à pandemia

Confira o expediente de segunda-feira, 07, feriado da Independência do Brasil

Projeto de lei que institui Programa Abraço Animal em Balneário Camboriú é aprovado

Fisioterapia da UniAvan oferece atendimento para profissionais de saúde que trabalham no enfrentamento ao coronavírus

Bar no Bairro das Nações é interditado por descumprir decreto municipal

Vereadora Jane Stefenn propõe instalação de placas do Ligue 180 em prédios públicos e estabelecimentos de Camboriú

Lar dos Idosos de BC instala cortina de abraços para aproximar residentes e familiares

Oi, este aviso é só pra te lembrar de CURTIR nossa FanPage no Facebook

Assim, você poderá estar cada vez mais atualizado das novidades de sua região!

CLOSE
%d blogueiros gostam disto: