Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia BR

Governo Federal garante R$ 6,1 bilhões de investimentos e arrecada R$ 3,3 bilhões em outorgas

Sexta rodada de leilões concedeu 22 aeroportos divididos em três blocos e espalhados por 12 estados

O consórcio Vinci Airports e a Companhia de Participações em Concessões venceram nesta quarta-feira (7) os leilões da sexta rodada de concessões de aeroportos, promovida pelo Ministério da Infraestrutura (MInfra), por meio da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Foram ofertados na B3, em São Paulo, 22 terminais agrupados em três blocos, Central, Norte e Sul. Com isso, ficaram garantidos os investimentos de R$ 6,1 bilhões previstos, sendo R$ 2,85 bilhões no bloco Sul, R$ 1,8 bilhão no Central e R$ 1,48 bilhões no Norte. A arrecadação total em outorgas chegou a R$ 3,3 bilhões.

“Começamos a nossa Infra Week com o pé direito e isso tem que ser celebrado. As vitórias têm de ser celebradas. Temos um desafio importante pela frente. Vamos superar a pandemia e temos o desafio da geração de emprego. O emprego vai vir pela mão do investimento privado, não há outra alternativa porque temos que seguir a nossa trajetória de responsabilidade fiscal, nosso compromisso com a solvência”, afirmou o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, no fim do leilão.

ARREMATES – O bloco Norte, que inclui os aeroportos de Manaus (AM), Tabatinga (AM), Tefé (AM), Porto Velho (RO), Rio Branco (AC), Cruzeiro do Sul (AC) e Boa Vista (RR) foi arrematado pelo consórcio Vinci Airports com a proposta de R$ 420 milhões, um ágio de 777,41% em relação ao lance mínimo que era de R$ 47,86 milhões.

Já os blocos Central, formado por Goiânia (GO), Palmas (TO), São Luís (MA), Imperatriz (MA), Teresina (PI) e Petrolina (PE) e Sul, com Curitiba (PR), Foz do Iguaçu (PR), Londrina (PR), Bacacheri em Curitiba (PR), Navegantes (SC), Joinville (SC), Pelotas (RS), Uruguaiana (RS) e Bagé (RS) ficaram com Companhia de Participações em Concessões que ofereceu R$ 754 milhões para o bloco Central e R$ 2,1 bilhões o Sul. Os ágios em relação aos lances mínimos (R$ 8,14 milhões no primeiro e R$ 130,20 milhões no segundo) ficaram em 9.156,01% e 1.534,36%, respectivamente.

Os 22 aeroportos serão concedidos à iniciativa privada por um período de 30 anos. Em condições normais de demanda, os três blocos de aeroportos – liderados por Curitiba/PR, Goiânia/GO e Manaus/AM – processam, juntos, cerca de 11% do total do tráfego de passageiros do país, o equivalente a 24 milhões de viajantes por ano (dados de 2019).

RODADAS – Esta foi a segunda rodada de aeroportos realizada em blocos. Em 2019, durante a 5ª rodada, foram leiloados 12 aeroportos do Sudeste, Nordeste e Centro-Oeste. O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, havia ressaltado que o programa de concessões brasileiro é uma grande oportunidade para os investidores. Além dos aeroportos, nesta semana ainda serão realizados o leilão da Ferrovia de Integração Oeste-Leste, na quinta-feira, e o arrendamento de 5 terminais portuários, na sexta.

Posts Relacionados

SEDA Dream dobra o número de bolsas de intercâmbio para brasileiros

Compostagem 3-3-3 é mais rápida, usa menos água e tem menor custo operacional

8 em cada 10 brasileiros já comprou algum tipo de serviço ou produto por WhatsApp, diz Pesquisa

Fundação Dorina Nowill para Cegos faz campanha em prol de pessoas com deficiência visual e em situação de vulnerabilidade

Maioridade do carro flex e responsabilidade ambiental

Viagens e investimento em imóveis são desejos de entrevistados do SUL para quando a pandemia acabar

Sicoob cresce 34,4% com foco em crédito sustentável à população brasileira

A sensação de impotência na pandemia

Avaliação: tudo sobre o Chevrolet Onix Plus

Diário da Cidade

Uber começa expansão de checagem de documentos de usuários no Brasil

Startup brasileira reúne três das maiores operadoras de transporte viário do Sul

Brasileiros aumentam procura por Diploma Americano; Veja dicas de como obter título via internet

Projeto INSPIRAR mobiliza doações para viabilizar a produção de Ventiladores Pulmonares e ajudar hospitais e instituições brasileiras no combate à Covid-19

Cirurgia endoscópica da coluna lombar e prótese discal da cervical passam a ter cobertura obrigatória de planos de saúde em 01 de abril

Banco Central libera oficialmente transferências bancárias pelo WhatsApp

Microcamp faz parceria com Microsoft para capacitar estudantes e profissionais na área de TI gratuitamente

Pandemia avança e negócios voltam a ser impactados

Descarbonização acelerada: Deutsche Post DHL Group anuncia metas baseadas em ciência e investe EUR 7 bilhões em logística neutra até 2030

Avon participa de debate no Potências Negras Summit sobre desigualdade racial nas empresas

Fundação Dorina Nowill para Cegos recebe doações do Imposto de Renda para realizar o projeto “Saber Incluir”