Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia SC

Homem é preso por violência doméstica e comete suicídio na delegacia

Jurandir Martinenghi, 55 anos, foi preso por volta das 20h deste domingo, 12, na rua José Dubiella, bairro Thomaz Coelho, em Brusque, acusado de violência doméstica.

A Polícia Militar foi acionada por vizinhos que ouviram a mulher pedindo socorro. Quando os policiais chegaram na residência, encontraram resistência para fazer a prisão, sendo necessário o disparo da arma de choque para conter o agressor.

 

Pouco tempo depois, por volta das 22h10, quando os policiais estavam preenchendo o boletim de ocorrência, descobriram que havia um mandado de prisão contra Martinenghi.

Ao se dirigirem até o local onde ficam as celas para o preso assinar o documento, descobriram que ele tinha cometido suicídio, amarrando a camisa na grade e se enforcando.

O Instituto Geral de Perícias (IGP) foi acionado e fez o levantamento necessário, recolhendo o corpo para o Instituto Médico Legal (IML).

Posts Relacionados

Costao do Santinho Resort conquista selo de aprovação do Prêmio Melhores Destinos 2023/2024

Multimodal no Brasil: desafios e oportunidades estarão em debate no Logistique Summit 2024

Região Sul e cidades abaixo de 10ºC: Você sabe como preparar a sua casa?

Inscrições para o maior concurso da história da Educação de Santa Catarina iniciam nesta terça

Julho Amarelo: mês é destinado ao reforço de ações de vigilância e prevenção das hepatites virais

Chapecó recebe a 8ª edição da maior feira gratuita de móveis de SC

Tratamento de Águas, Qualidade do Ar e suas tendências relacionadas ao ESG para o setor AVACR será o tema abordado de evento em Santa Catarina

Cidades do Vale do Itajaí oferecem benefícios fiscais relacionados à construção civil

Anúncio da bandeira tarifária amarela reforça a importância da energia solar no Brasil

ExpoMAR terá programação especial voltada às mulheres dos setores da economia azul