Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Balneário Camboriú e Camboriú

Implantação do sistema de esgoto em Camboriú resultará na despoluição gradativa do Rio Camboriú

Investimentos em saneamento básico estimulam o turismo, despoluem os mananciais hídricos e impactam diretamente na cadeia econômica local. Uma das justificativas apontadas pelos especialistas para explicar este estímulo é a despoluição de rios, lagos e mares. Segundo dados do Instituto Trata Brasil, se o serviço de saneamento básico no país fosse universalizado, o país teria um ganho de R$ 7 bilhões por ano com o turismo. Além disso, conforme a Organização Mundial da Saúde (OMS), cada R$ 1 investido em saneamento gera a economia de R$ 4 na saúde.

Em Camboriú, a implantação do sistema de esgotamento sanitário é considerada a principal solução para a despoluição do rio que abastece Camboriú e Balneário Camboriú. Enquanto a cidade vizinha caminha para a universalização do sistema de captação e tratamento de esgoto, Camboriú ainda não dispõe do serviço. “A implantação imediata resultaria na melhora gradativa e continuada dos índices de despoluição do rio Camboriú, trazendo inúmeros benefícios ao meio ambiente, à qualidade de vida e ao potencial econômico da cidade”, explica o diretor executivo da Águas de Camboriú, Gabriel Buim.

Embora o contrato de concessão de saneamento vigente preveja que o sistema de coleta e tratamento de esgoto seja implantado pela prefeitura e operado pela Águas de Camboriú, a concessionária se colocou à disposição para investir também na implantação da obra. “Diante do alto valor necessário para a construção de uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), mais de 300 quilômetros de rede e dezenas de estações elevatórias, e atenta à histórica demanda em ter uma cidade saneada, oferecemos nossos esforços e capacidade de investimento para que Camboriú avance nesta questão”, explica a presidente da Águas de Camboriú, Reginalva Mureb.

Uma audiência pública promovida na sede do Executivo Municipal aprovou, em outubro de 2019, a proposição da concessionária em assumir também a implantação do sistema de esgoto. Para que isso ocorra, no entanto, é necessário que o município repactue o contrato vigente junto à agência reguladora.

O projeto para a implantação do sistema está pronto e já foi apresentado ao Executivo Municipal e ao Comitê de Bacia do Rio Camboriú. A obra demanda mais de R$ 100 milhões, entre estação de tratamento, elevatórias e rede de captação. Se repactuado o contrato, a Águas de Camboriú investirá recursos próprios da concessionária, com a possibilidade de começar a aplicar imediatamente na implantação do sistema.

Posts Relacionados

Nova temporada do programa Memória BC estreia nesta sexta-feira (09)

Diário da Cidade

Acibalc promove bate-papo para compartilhar vivências do empreendedorismo jovem

Pauta da sessão desta quarta (07) é composta por três projetos

‘‘Fala, Vereador’’ estreia na Rádio Câmara e redes sociais do Legislativo de BC

Abril verde: FG Empreendimentos investe em campanha para conscientização e prevenção de acidentes de trabalho

Fundação de Esportes expande possibilidades para inscrição no Bolsa Atleta 2021

Programa Abraço ao Idoso estreia na programação de lives da Pessoa Idosa

Acibalc promove workshop com negócios e palestra gratuita sobre a Lei Geral de Proteção aos Dados

Núcleo de Empresários da Vila Real, Iate Clube e Municípios cria abaixo assinado para regularizar empresas recicladoras

Vereador Victor Forte pede divulgação da Feira Online da Cultura nos sites públicos municipais

Procuradoria Especial da Mulher de BC atende por Whatsapp e e-mail

Alvará sanitário pode ser emitido pela internet

Victor Forte pede que Centro de Eventos seja disponibilizado para vacinação em Balneário Camboriú

Vereador André Meirinho presta contas com relatório das suas principais ações realizadas em 2020

SINDISOL E SECHOBAR ACORDAM TERMO ADITIVO EMERGENCIAL

Diário da Cidade

Prefeito de Balneário Camboriú retoma agenda positiva na CDL BC e afirma que é contra o fechamento das atividades

ABRES promove carreata contra lockdown em Itajaí e Balneário neste domingo

Lei de Naming Rights: alteração prevê possibilidades de recursos para esporte, cultura e mobilidade

RODRIGO COELHO ANUNCIA R$ 500 MIL PARA O IFC-CAMBORIÚ

Camboriú registra 1 morte Covid nesta segunda; vítima tinha 56 anos