Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia BR

iPhone SE começa a ser vendido no Brasil por até R$ 3 mil pela internet

A Apple começou a vender no Brasil nesta quinta-feira (19) o iPhone SE, um smartphone com processamento igual ao do iPhone 6s, mas tela menor e chassi semelhante ao do iPhone 5s. A versão mais barata, de 16 GB, custa R$ 2,7 mil, enquanto a de 64 GB sai por R$ 3 mil.

 

As vendas acontecem apenas pelo site da Apple e são entregues entre 2 e 4 dias úteis. As lojas físicas, em São Paulo e no Rio de Janeiro, ainda não receberam os aparelhos.

Os modelos podem ser comprados nas cores prateado, dourado, cinza espacial e ouro rosa.

Apesar da tela de 4 polegadas contra a de 4,7 polegadas do iPhone 6s, o iPhone SE é equipado com o mesmo processador A9 do smartphone top de linha da Apple. Isso faz com que o novo aparelho seja tão potente quanto o modelo lançado em setembro de 2015, mas por um preço mais em conta.

Greg Joswiak, vice-presidente da Apple, mostra o novo iPhone SE. (Foto: Justin Sullivan/France Presse)

Isso porque o iPhone SE é vendido nos Estados Unidos por US$ 400 (16 GB) e US$ 500 (64 GB). Já o iPhone 6s é comercializado por US$ 650 no modelo de 16 GB, valor que sobe para US$ 750 na versão com 64 GB.

A câmera traseira do iPhone SE possui resolução de 12 Megapixels e capacidade de registrar imagens panorâmicas de 63 MP. O novo celular também faz vídeos em 4K.

De acordo com Greg Joswiak, vice-presidente da Apple, o iPhone SE é capaz de acessar a internet com 50% mais rapidez do que o iPhone 5s. O iPhone SE chegou às lojas norte-americanas em 31 de março.

Posts Relacionados

Personalização de serviços e produtos: um diferencial competitivo para as empresas

Trabalhar viajando: saiba quais os países que abriram as fronteiras para o nomadismo digital

Accor mobiliza esforços em apoio ao Rio Grande do Sul

Tecnologias brasileiras terão lugar em feira têxtil na Argentina

Justiça condena empresa de laticínios a pagar adicional de insalubridade. Entenda como funciona o benefício

Diário da Cidade

Plenário do CFC prorroga prazos para auxiliar profissionais de contabilidade do RS

Rinite e asma lideram ranking de doenças respiratórias dos brasileiros. Como saber a diferença entre as duas?

Médicos alertam para risco de distúrbio na menopausa causado pela lipedema

Farmácias Nissei transformam mais de 400 lojas em pontos de doação para vítimas das enchentes do Rio Grande do Sul

Feedback, check out, business: ranking revela os termos do vocabulário corporativo mais pesquisados pelos internautas