Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia SC

Joinville tem 23 grupos aprovados para programação do 34º Festival de Dança

Entre os momentos mais emocionantes proporcionados pelo Festival de Dança de Joinville, há o abrir de cortinas, o anúncio dos premiados e o encontro com mestres e estrelas da dança. Mas, algumas semanas antes de o evento começar, há uma situação sem o glamour do palco e dos figurinos, mas em que a tensão está mais presente do que em qualquer outra: o instante em que a lista de aprovados é divulgada.

Ele ocorreu nesta terça-feira, 10 de maio, quando o Instituto Festival de Dança anunciou as 205 coreografias que foram aprovadas para a concorrida Mostra Competitiva e as 40 coreografias do Meia Ponta. A programação completa do 34º Festival de Joinville conta ainda com 1.445 trabalhos selecionados para os Palcos Abertos, em apresentações que ocorrem gratuitamente pela cidade no período do evento, de 20 a 30 de julho.

Dentro do Grupo A.Z. Arte, assim que o resultado foi divulgado, os olhares de professores e estudantes de dança começaram a percorrer as listas de diferentes gêneros e categorias. Neste ano, as 14 coreografias inscritas foram aprovadas, entre Mostra Competitiva, Meia Ponta e Palcos Abertos.

— Nós não estávamos esperando, porque é muito difícil prever como será a seletiva. No ano passado, estávamos cheios de expectativas e não fomos aprovados na Mostra Competitiva, e neste ano tivemos esta surpresa — afirma a sócia-proprietária da escola Sheila Melatti.

Os trabalhos que a A.Z. Arte levará para o Festival são de jazz, dança contemporânea, danças populares e danças urbanas, mas Sheila aponta o balé como ponto fundamental para a conquista de tantas aprovações: desde que começaram a fazer também aula de dança clássica, houve uma mudança na compreensão da técnica e no desenvolvimento do corpo dos bailarinos.

Em Joinville, 23 grupos foram aprovados para a programação do Festival: sete para a Mostra Competitiva e quatro na Meia Ponta. Para o Palco Aberto, 39 coreografias selecionadas são de escolas e grupos joinvilenses. A curadora artística Mônica Mion, que foi responsável pela segunda etapa da seleção ao lado dos outros curadores, Marcelo Misailidis e Thereza Rocha, ressalta que mesmo quem não participa da competição tem méritos e importância para o evento.

— Todos foram vistos com muita atenção e carinho por especialistas e, se não tiver condições, não passa para os Palcos Abertos — avalia Mônica.

É claro que adoraríamos que todos pudessem se apresentar, mas não há tempo para isso. Essa “depuração” também é importante para o grupo evoluir — ressalta Mônica.

Entre os joinvilenses, a velha conhecida categoria de danças populares — gênero no qual as escolas joinvilenses conquistaram os primeiros lugares por anos — agora divide o maior número de selecionados com as danças urbanas: a primeira tem três coreografias na Mostra Competitiva, enquanto há quatro aprovados em danças urbanas. Mônica acredita que o crescimento deve-se à escolha das novas gerações de dançarinos.

— As danças urbanas despertam o interesse das crianças, e os meninos, principalmente, sentem-se mais acolhidos e menos discriminados neste gênero. Além disso, as academias de dança também estão aderindo, levando a linhas diferentes daquelas dos grupos de raiz — afirma.

O 34º Festival de Dança de Joinville ocorre no Centreventos Cau Hansen, com palcos distribuídos por toda a cidade durante o evento. Os ingressos para a Mostra Competitiva e para as noites especiais estão à venda no site Ticket Center e na sede do Instituto Festival de Dança.

Confira a lista completa no site oficial do Festival de Dança de Joinville.

Grupos de Joinville aprovados para a Mostra Competitiva

Breu, do Grupo de Dança Fernando Lima A.Z Arte
Dança Contemporânea
Solo Feminino Sênior

Urrou – É Festa do Boi, do Programa Dançando na Escola – Escola Municipal Gov. Pedro Ivo Campos
Danças Populares
Conjunto Júnior

Danza de Tradicion, da Companhia de Dança Liliana Vieira
Danças Populares
Conjunto Júnior

Laróyè Exu Mojubá, do Grupo de Dança Fernando Lima A.Z Arte
Danças Populares
Solo Masculino Sênior

It´s a Mans World, da Cultura Urbana
Danças Urbanas
Duo Sênior

Nova Geração, da Dunamis Escola de Dança
Danças Urbanas
Solo Masculino Júnior

Simetria, da AZ Hip Hop Culture
Danças Urbanas
Solo Masculino Sênior

Fluido, da Numonkeys Dance Project
Danças Urbanas
Solo Masculino Sênior

Entre Eles…, de Grupo de Dança Fernando Lima A.Z Arte
Jazz
Conjunto Sênior

Meu Refúgio, de Grupo de Dança Fernando Lima A.Z Arte
Jazz
Solo Feminino Sênior

Grupos de Joinville aprovados para o Meia Ponta

Sob a Luz do Luar, de Moa Infanto Juvenil Patricia Dalchau
Dança Contemporânea
Conjunto Infantil

Nossa Querida Sicilia, de Companhia de Dança Liliana Vieira
Danças Populares
Conjunto Infantil

Break Time, de AZ Hip Hop Culture
Danças Urbanas
Conjunto Infantil

Era um Domingão…, de Grupo AZ Arte
Jazz
Conjunto Infantil

Posts Relacionados

Turismo Rural no Oeste destaca belezas naturais durante o 25º Itaipu Rural Show

Credifoz conquista marco histórico de 100 mil cooperados

Sinais de alerta com a saúde mental das crianças

CDL se une a Gazz Company, maior rede de gestão da área, e lança programa voltado para donos de bares e restaurantes de Joinville

Programa Terra Boa 2024 será lançado na próxima quarta-feira, no 25º Itaipu Rural Show

IFC Blumenau tem vagas para curso gratuito de EJA em Eletricista Industrial

A importância do Legal Design e Visual Law no ambiente jurídico

O que esperar do mercado imobiliário do litoral norte de Santa Catarina em 2024

Cooperativas de crédito operam em 55,3% dos municípios brasileiros

Cooperativas Catarinenses recebem atualização sobre as modificações da Declaração do Imposto sobre a Renda Retido na Fonte