Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia BR

Justiça condena patrões evangélicos a indenizarem funcionário gay que era obrigado a ir a cultos

Uma empresa foi condenada a indenizar um ex-funcionário homossexual após seus proprietários o terem obrigado a frequentar cultos e se submeter a reuniões para “tratar” sua orientação sexual.

O caso foi registrado em Florianópolis (SC), e a 7ª Vara do Trabalho da cidade decidiu que a indenização a ser paga deve ser de R$ 25 mil.

De acordo com informações do site Consultor Jurídico, a empresa condenada atua na promoção de eventos, e o empregado que moveu o processo havia trabalhado para ela por dois anos.

Em dado momento, o funcionário deixou de acompanhar os patrões aos cultos e passou a ser convocado para sessões com os patrões e um pastor com o propósito de levá-lo a abandonar a homossexualidade e voltar a frequentar os cultos.

Além de ouvir sermões, o ex-funcionário afirmou que chegou a ser tratado como “pessoa inconstante”, “sem caráter” e “ladrão”, e posteriormente foi demitido e despejado da casa que alugava, nas dependências da empresa.

Nessas circunstâncias, o ex-funcionário foi à Justiça e denunciou o tratamento que vinha recebendo da empresa.

Durante as audiências, a empresa não enviou representante e o juiz Carlos Alberto Pereira de Castro emitiu a sentença à revelia, por entender que o empregador não poderia ter condicionado a manutenção do contrato de trabalho à conversão do funcionário ou expô-lo a constrangimento. “Trata-se de procedimento vexatório, que excede o limite de cobrança e gerenciamento, transformando-se em violação à intimidade e dignidade do empregado”, resumiu, considerando a dispensa discriminatória.

Castro entendeu também que a empresa reteve bens do ex-funcionário de maneira ilegal, e determinou que fosse feita uma restituição de R$ 9,3 mil. Dentre os itens, estão cama, fogão, geladeira e sofá, que o demitido foi impedido de retirar do imóvel quando despejado.

Posts Relacionados

Gama Academy realiza semana gratuita de capacitação para Carreiras Digitais

Diário da Cidade

Saneamento: entre a lei e a realidade, por Luiz Pladevall

Lu, do Magalu, se aproxima dos clientes e registra 8,5 milhões de interações ao mês com inteligência artificial de IBM Watson

Chegada da primavera acende alerta para aumento de casos de catapora

Estudo clínico da vacina AZD1222 é reiniciado no Brasil

ESET alerta sobre roubo de dados bancários de jogadores de Fortnite e outros games online

Vencedores do 2º Desafio COLETIVO de inovação no transporte público serão escolhidos nesta sexta-feira

Diário da Cidade

Pesquisa aponta que 85% dos pais brasileiros não acreditam que escolas estão preparadas para ensino remoto

Coca-Cola FEMSA Brasil transforma seu edital ‘Ideais para um mundo melhor’ em instrumento de apoio ao combate da Covid-19

Agosto Branco: a importância da conscientização do câncer de pulmão

Ambev abre inscrições para Programa de Estágio em todo o Brasil

Empresas do segmento de mobilidade discutem impactos da Covid-19

Volta às aulas exigirá cuidado com emocional de alunos e professores

Correios negocia Acordo Coletivo de Trabalho em meio à pandemia

Uber inclui categoria de táxi no aplicativo para ampliar opções da plataforma

Procurações para Prova de Vida ao INSS agora podem ser feitas online nos Cartórios de Notas

Agência A+ realiza campanha de arrecadação em prol da causa do câncer infantojuvenil

Taurus doa 5 mil testes rápidos de COVID-19 para São Leopoldo

Diário da Cidade

Align Technology Doa 32 mil Protetores Faciais para Hospitais do Brasil

Diário da Cidade

Exposição de casos de assédio em escolas não resolve problema

Diário da Cidade

Oi, este aviso é só pra te lembrar de CURTIR nossa FanPage no Facebook

Assim, você poderá estar cada vez mais atualizado das novidades de sua região!

CLOSE
%d blogueiros gostam disto: