Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
DESTAQUES

Laudo confirma que morte de jovens em BMW foi causada por intoxicação de monóxido de carbono

Na sexta-feira, 12 de janeiro de 2024, foi realizada uma coletiva de imprensa em Florianópolis para discutir o caso trágico em Balneário Camboriú, onde quatro jovens foram encontrados sem vida dentro de uma BMW no primeiro dia do ano. Os jovens, de Paracatu e Patos de Minas em Minas Gerais, haviam se mudado para Florianópolis para iniciar um negócio de marketing digital. Após celebrar a virada do ano em Balneário Camboriú, eles foram à rodoviária buscar a namorada de um deles, Gustavo. Lá, começaram a sentir enjoo e tontura, atribuídos inicialmente a um lanche consumido na praia. Decidiram descansar no carro, onde foram encontrados sem vida.

Durante a coletiva, foi revelado que a causa da morte dos jovens foi intoxicação por monóxido de carbono, uma substância inodora que pode causar asfixia. Essa conclusão veio de um laudo elaborado pela Polícia Científica, baseado em coletas feitas no veículo. As vítimas foram identificadas como Gustavo Elias, 24 anos, Tiago Ribeiro, 21, Karla Aparecida dos Santos, 19, e Nícolas Kowaleski, 16.

A perícia na BMW 320iA onde estavam os jovens indicou uma perfuração na ligação entre o painel e o escapamento, direcionando monóxido de carbono para o ar condicionado. O veículo havia passado por uma customização no sistema de escapamento, na parte externa, para aumentar o ronco do motor. A oficina responsável pela customização está sendo investigada e os envolvidos poderão responder por homicídio culposo.

A BMW informou que não tem registro de casos similares envolvendo o modelo original de fábrica.

Uma das informações que surgiram durante as investigações é que um dos jovens, especificamente o adolescente de 16 anos, teria feito uma ligação para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), comunicando que estavam enfrentando problemas de saúde. Contudo, essa chamada de emergência não foi atendida como uma situação de emergência, e o adolescente foi aconselhado a procurar um hospital.

O SAMU não confirmou o recebimento desta ligação. A primeira ligação registrada foi recebida às 07h21, e a equipe chegou ao local às 07h29, encontrando as vítimas em parada cardiorrespiratória. A Polícia Civil, comandada pelo delegado Bruno Effori, está investigando este aspecto do caso. Os celulares das vítimas foram recolhidos para análise pericial, que deve confirmar se a ligação realmente ocorreu.

Os corpos dos jovens foram sepultados em Minas Gerais no dia 4 de janeiro, com cerimônias ocorrendo em Paracatu e Lagoa Formosa.

Posts Relacionados

Expocentro Balneário Camboriú Júlio Tedesco faz visita técnica e prospecções em Brasília

EMASA é acionada judicialmente para adequar estação de tratamento de esgoto às normas ambientais

Mirage Circus traz a Balneário Camboriú ‘Tributo ao Rei do Pop’, com Rodrigo Teaser

Colapso rodoviário afeta agroindústria de SC

Mãe e filho presos por furto de celular durante o Carnaval de Balneário Camboriú

Festival gratuito em Navegantes: Dazaranha, Chimarruts, Maskavo e muito mais

Homem “pede informação” para menina de 11 anos enquanto se masturbava no carro em Balneário Camboriú

Últimas semanas do Mirage Circus em Balneário Camboriú

Idosa é vítima de roubo de corrente de ouro no Centro de Balneário Camboriú

Empresa é escolhida para a implantação de estacionamento rotativo em Navegantes