Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
BC E CAMB

Liquidações aumentam as vendas no começo do ano no comércio de Balneário Camboriú

Liquidações aumentam as vendas no começo do ano no comércio de Balneário Camboriú

Presidente da CDL de Balneário Camboriú, Eliane Colla, explica que as promoções têm a finalidade de aumentar o fluxo de caixa e atrair novos clientes

Janeiro, férias, descanso. Nada disso, para quem gosta de bater perna e fazer compras, esta é a época em que surgem as esperadas liquidações de verão do comércio de Balneário Camboriú. Os descontos nas lojas de rua podem variar de 10% a 60% e quem busca alguma peça de roupa, calçados ou mesmo um artigo para a casa para começar o ano garante que esse é o melhor momento para comprar.

Se por um lado, o consumidor já espera por promoções após o Natal, por outro, o empresário tem a oportunidade de iniciar 2019 com um planejamento financeiro mais eficiente. Isso porque o estoque em desequilíbrio afeta diretamente o capital de giro empresarial. A presidente da CDL de Balneário Camboriú, Eliane Colla, explica que as liquidações também têm a finalidade de aumentar o fluxo de caixa e atrair novos clientes.

De acordo com análise da Confederação do Comércio, o  tipo do produto vendido é relevante para definir se haverá liquidações em janeiro. No caso de itens não perecíveis (até os sazonais como enfeites), as promoções podem ser menos agressivas. O lojista precisa avaliar se haverá custo adicional em estocar as mercadorias até o próximo ciclo de vendas ou se há urgência em aumentar o capital de giro.

A comerciante Luciane Vieira, da loja Luciene, explica que prefere fazer as promoções após o Carnaval, mas como este ano a folia será somente em março deve antecipar para meados de fevereiro. Para ter resultados, no entanto, na avaliação da lojista, este tipo de promoção deve durar, no mínimo, um mês. Os segmentos de eletroeletrônicos, eletrodomésticos e vestuário também costumam aderir as promoções depois das festas de fim de ano para ajustar os estoques e abrir espaço aos novos produtos a serem lançados.

Estoque

Outro fator é ter planejado o estoque para o período com antecedência. Segundo Rodrigo Ribas, Diretor do IDEBRASIL-SC, o estoque parado é o acúmulo armazenado de recursos financeiros que poderiam ser destinados para outras áreas das empresas ou até para o bolso do empresário. Mas é importante saber o porquê que ele está parado. “Geralmente o empresário compra os produtos porque ele gosta, acha bonito, acha que vai vender. Além disso, muitos querem ter tudo para evitar perder clientes, mas esse caminho não é o indicado, pois faz com que se aumente o número de itens do estoque e, consequentemente, um maior capital empatado e tendo de ser desovado posteriormente”, pondera.

Por isso é necessário fazer um rigoroso planejamento para as compras, se aprofundar nos históricos de vendas da empresa, através da Curva ABC disponível no sistema de gerenciamento. A dica é ter um rigoroso controle das compras, ter os itens necessários de acordo com a demanda histórica da empresa e, principalmente, ferramentas gerenciais que possam trazer segurança para o empreendedor na tomada de decisões.

Related posts

Primeira turma do Projeto Jovem Doutor recebe certificado

BC sedia última etapa do catarinense de futevôlei nesse fim de semana

Secretaria da Pessoa Idosa oferece aula de instrumentos musicais

Oi, este aviso é só pra te lembrar de CURTIR nossa FanPage no Facebook

Assim, você poderá estar cada vez mais atualizado das novidades de sua região!

CLOSE
%d blogueiros gostam disto: