Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia SC

Maio Laranja: Para ONG, é preciso enfrentar a pandemia de violências contra crianças e adolescentes

O mês de maio traz um tema muito importante: o combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes. O Brasil está em 2º lugar no ranking de exploração sexual e infantil. De acordo com dados governamentais, no país são 500.000 casos de exploração sexual por ano e é estimado que somente 10% dos casos sejam notificados.

A campanha ficou marcada em maio, principalmente no dia 18, o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, data em homenagem a Araceli, jovem assassinada com 8 anos de idade no Espírito Santo em 1973, em que os réus acusados foram absolvidos, se tornando um crime impune até os dias atuais.

A Visão Mundial alerta para o aumento de violência contra grupos vulneráveis em todo o mundo, especialmente para mulheres e crianças, durante o isolamento social. Segundo dados do Disque 100 de 2019, 82% das denúncias de violência sexual são com vítimas do sexo feminino. Em São Paulo, o número de denúncias de agressão contra a mulher, por exemplo, aumentou 44,9%, segundo relatório divulgado no início da pandemia, em 2019, pelo Fórum de Segurança Pública (FBSP). No Estado de Pernambuco, denúncias de violência sexual contra crianças aumentaram 50%, mesmo com os casos de subnotificações e do silenciamento da vítima, já que o principal espaço de denúncia, a escola, está fechado. Ainda segundo o Disque 100, 70% dos casos de abuso sexual infantojuvenil começam dentro de casa e o perfil dos agressores mantém um padrão, sendo eles números significativos de familiares dessas crianças e jovens.

Para a ONG, que vem há 45 anos desenvolvendo no Brasil diversos programas e projetos em variadas frentes com o intuito de ajudar e focar na proteção da criança e do adolescente, os números são preocupantes e é urgente trazer o tema à tona, principalmente neste momento de isolamento.

A fim de gerar reflexões e reconhecimento para dados tão alarmantes como estes, a Visão Mundial coloca à disposição para entrevista:

• Ponto focal de Salvaguarda e assessora técnica da ONG, Márcia Monte.

Sobre a Visão Mundial
A Visão Mundial Brasil integra a parceria World Vision International, que está presente em cerca de 100 países. No País, a Visão Mundial atua desde 1975, beneficiando 2,7 milhões de pessoas com projetos nas áreas de educação, saúde/proteção da infância, desenvolvimento econômico e promoção da cidadania. Seus projetos e programas têm como prioridade as crianças e adolescentes que vivem em comunidades empobrecidas e em situação de vulnerabilidade. Nesses 45 anos de atuação no Brasil, a Visão Mundial se consolida como uma organização comprometida com a superação da pobreza e da exclusão social. Para saber mais, acesse o site visaomundial.org

Posts Relacionados

Promoção de consórcios turbina vendas e Sicoob atinge R$ 2,8 bilhões em oito dias

Procurador de Justiça José Galvani Alberton será o novo presidente da SCPAR

Santa Catarina registra alta de 14% no consumo de eletricidade em maio

Lojas Colombo compra a catarinense Feirão de Móveis

Happymed promove Semana da Saúde de 14 a 18 de junho

Acompanhando o desempenho da economia catarinense, consumo de Gás Natural registra recordes no mês de maio

Santa Catarina planeja imunização em massa contra a Covid-19 em cidades com alta incidência e letalidade

Sistema Aurora promove ação de doação de sangue

Palm Beach Apart Hotel de Florianópolis (SC) oferece room office com vista privativa para a praia

Curso gratuito capacitará setor turístico da Costa Verde & Mar na atividade de observação de aves

Segunda edição do Sobre Pais, de Marcos Piangers, estreia neste mês e reverterá doações ao projeto Tem gente com fome

SC vai vacinar toda a população acima de 18 anos até o fim de outubro; confira o calendário por idade

Diagnóstico precoce do Transtorno do Déficit de Atenção muda vidas

Inscrições para o Desafio Eco Cooperação podem ser feitas até esta segunda-feira (7)

Casan se integra ao Movimento da ONU Objetivos de Desenvolvimento Sustentável Santa Catarina

Santa Catarina define como será a retomada da imunização contra a Covid-19 por idade

Argentinos e paraguaios estão no caminho dos brasileiros nas oitavas da Copa Libertadores

Diário da Cidade

Cirurgiã catarinense é capa da revista Saúde

Confira 4 dicas para não cair em golpes financeiros

Credioeste distribuirá mudas de árvores no centro de Chapecó