Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia BR

Ministro do STF quebra sigilos fiscal e bancário de Agripino Maia

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso determinou a quebra dos sigilos fiscal e bancário do senador José Agripino Maia (DEM-RN) e de mais dez pessoas e cinco empresas ligadas ao parlamentar, que é presidente do DEM.

Em outubro do ano passado, o STF abriu um inquérito contra o senador. A Procuradoria-Geral da República (PGR) utilizou mensagens apreendidas pela Polícia Federal no celular de um dos executivos da empreiteira OAS, José Aldelmário Pinheiro, condenado na Operação Lava Jato, para embasar o pedido de abertura de inquérito contra Agripino.

 

O senador é investigado pelo suposto recebimento de dinheiro da empreiteira OAS, responsável pela construção da Arena das Dunas, estádio construído em Natal para Copa do Mundo de 2014.

A PGR pede a quebra dos sigilos de 2010 a 2015. De acordo com o pedido, há elementos nos autos que indicam que “os fatos se relacionam a complexo esquema de recebimento e repasse de valores ilícitos para várias pessoas, mediante a utilização de diversas empresas, com a finalidade de ocultar a origem e o destino final dos recursos envolvidos. Nesse contexto, mostra-se essencial à descoberta da verdade o acesso aos dados fiscais e bancários dos implicados na situação”.

A quebra de sigilo bancário e fiscal foi decidida por Barroso no último dia 7 e atende a um pedido feito pela PGR no mês passado. De acordo com a decisão, a PGR demonstrou que as provas apontam indícios de lavagem de dinheiro.

“Com efeito, há nos autos informações de operações financeiras realizadas pelo investigado que consubstanciariam indícios da prática de lavagem de dinheiro. Como explicitado pelo Procurador-Geral da República, estes elementos, aliados aos demais indícios coletados, recomendam o aprofundamento da investigação com o deferimento da medida requerida”, diz a decisão.

No pedido feito ao STF, a PGR lista familiares, empresas, assessores e ex-assessores do senador, que também terão os sigilos bancário e fiscal quebrados. O deputado federal Felipe Maia, filho de Agripino, está entre os citados.

Por meio de sua assessoria, Agripino Maia disse que a quebra de sigilo vai ajudar no esclarecimento dos fatos e mostrar “a falta de fundamento” das acusações. “Tenho certeza que tornarão clara a improcedência da acusação que me é feita, de conduta irregular na construção da Arena das Dunas.”

A assessoria do deputado Felipe Maia também informou que a medida será positiva para o esclarecimento da denúncia. “A quebra dos meus sigilos fiscal e bancário, autorizada pelo Supremo Tribunal Federal, contribuirá para esclarecer em definitivo os fatos investigados e comprovará a falta de fundamento e consistência das acusações feitas contra o senador José Agripino e pessoas ligadas a ele”, disse.

Posts Relacionados

Empresa desenvolve equipamento para coleta de lixo reciclável

Gama Academy realiza semana gratuita de capacitação para Carreiras Digitais

Diário da Cidade

Saneamento: entre a lei e a realidade, por Luiz Pladevall

Lu, do Magalu, se aproxima dos clientes e registra 8,5 milhões de interações ao mês com inteligência artificial de IBM Watson

Chegada da primavera acende alerta para aumento de casos de catapora

Estudo clínico da vacina AZD1222 é reiniciado no Brasil

ESET alerta sobre roubo de dados bancários de jogadores de Fortnite e outros games online

Vencedores do 2º Desafio COLETIVO de inovação no transporte público serão escolhidos nesta sexta-feira

Diário da Cidade

Pesquisa aponta que 85% dos pais brasileiros não acreditam que escolas estão preparadas para ensino remoto

Coca-Cola FEMSA Brasil transforma seu edital ‘Ideais para um mundo melhor’ em instrumento de apoio ao combate da Covid-19

Agosto Branco: a importância da conscientização do câncer de pulmão

Ambev abre inscrições para Programa de Estágio em todo o Brasil

Empresas do segmento de mobilidade discutem impactos da Covid-19

Volta às aulas exigirá cuidado com emocional de alunos e professores

Correios negocia Acordo Coletivo de Trabalho em meio à pandemia

Uber inclui categoria de táxi no aplicativo para ampliar opções da plataforma

Procurações para Prova de Vida ao INSS agora podem ser feitas online nos Cartórios de Notas

Agência A+ realiza campanha de arrecadação em prol da causa do câncer infantojuvenil

Taurus doa 5 mil testes rápidos de COVID-19 para São Leopoldo

Diário da Cidade

Align Technology Doa 32 mil Protetores Faciais para Hospitais do Brasil

Diário da Cidade

Oi, este aviso é só pra te lembrar de CURTIR nossa FanPage no Facebook

Assim, você poderá estar cada vez mais atualizado das novidades de sua região!

CLOSE
%d blogueiros gostam disto: