Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia BR

Moda sustentável: como praticar essa tendência de consumo

A sustentabilidade é um conceito importante para o planeta e pode ser trabalhada dentro da indústria da moda — saiba como praticar

A sustentabilidade é um conceito importante para o planeta e pode ser trabalhada dentro da indústria da moda — saiba como praticar

A indústria da moda, desde o surgimento do conceito de fast fashion, tem enfrentado muitas críticas devido ao seu impacto ambiental e social. A produção em massa e a rápida mudança de coleções geram um aumento exponencial na emissão de gases de efeito estufa, com a poluição dos recursos hídricos e a exploração desumana de trabalhadores, por exemplo.

 

Moda sustentável

 

Nesse contexto, a moda sustentável é uma ótima alternativa, focando na redução de compras, na reutilização de roupas e na reciclagem dos itens. Isso significa que as empresas e as pessoas pensam em transformar itens antigos ou materiais usados em novos produtos.

Grandes marcas têm adotado iniciativas sustentáveis, mostrando que a tendência tem sido importante para o cenário atual. Contudo, a transformação para a moda sustentável não é um simples movimento de mercado, mas, sim, uma reestruturação fundamental.

 

A transparência, a inovação, e a conscientização estão impulsionando essa mudança. Esses critérios têm guiado outros setores, isso porque, cada vez mais, a sociedade enxerga a necessidade de soluções rumo a um futuro mais equilibrado e sustentável. Todos esses movimentos demonstram que a busca pelo consumo sustentável e novas práticas conscientes estão movimentando não apenas a indústria da moda, mas o mundo em si.

 

Muitas empresas posicionam-se como sustentáveis, mas não entregam, na prática, o que o mundo e a indústria estão precisando. Assim, é preciso que os consumidores estejam atentos para agir em prol desse movimento, isto é, apoiando a moda sustentável e comprando de marcas, de fato, sustentáveis.

 

Para apoiar o consumo sustentável na moda, há algumas ações práticas que podem ser aplicadas no dia a dia.

 

  • Pesquisa: informar-se sobre marcas comprometidas com práticas sustentáveis, conhecendo suas origens e cadeia de produção.

  • Qualidade: é importante optar por peças duráveis e atemporais, valorizando a qualidade sobre a quantidade. Nesse caso, é válido considerar produtos conceituados, como Nike Air Jordan feminino e outros itens, que apresentam boa durabilidade, dispensando recompras muito recorrentes.

  • Alternativas sustentáveis: roupas de segunda mão, brechós e plataformas de troca são alternativas ideais para evitar as compras de novos produtos, reduzindo o impacto ambiental.

  • Versatilidade: peças versáteis que possam ser combinadas de várias maneiras, ampliando as possibilidades de uso e evitando muitas compras.

  • Materiais sustentáveis: produtos reciclados, orgânicos, veganos e de menor impacto ambiental são os ideais para o meio ambiente.

  • Manutenção adequada: cuidar das suas roupas ajuda na manutenção dos itens e, consequentemente, na maior durabilidade

  • Conscientizar outras pessoas: compartilhar com outras pessoas práticas sustentáveis ajuda a aumentar o movimento, incentivando outros a adotar um estilo de vida mais consciente na moda.

Créditos: iStock

Posts Relacionados

O que é a Síndrome da Cabana?

Dor de cabeça pode ter relação com a coluna, entenda

Fort Atacadista inaugura 58ª loja com investimento de R$ 120 milhões

Do topo ao fundo: 11 times que já estiveram em alta, mas estão sem divisão nacional em 2024

Embora e-commerce tenha perdido tráfego em dezembro, segmento turístico continua aquecido

Primeiro dia da 6ª Conferência Distrital de Cultura reúne agentes culturais para apresentação de demandas da classe

Revisão da vida toda: STF reinicia deliberações em uma nova etapa de análises

Capacitismo: atletas colegas de Vinicius Rodrigues explicam como evitar o preconceito que atinge pessoas com deficiência

Tecnologia na gestão escolar: quais as vantagens para a administração de instituições de ensino

O que é necessário para empreender em 2024?