Mostra Camaleoa convoca artistas mulheres para participar da primeira edição do evento

119

Mostra Camaleoa convoca artistas mulheres para participar da primeira edição do evento

Com o ​t​ema “Mulheres fazendo arte” primeira etapa do projeto abre edital para seleção de um espetáculo de dança e uma apresentação musical para abertura do show da banda Mulamba. Propostas podem ser enviadas até o dia 01 de junho

Balneário Camboriú será sede da primeira edição da Mostra Camaleoa – Mulheres Fazendo Arte, de 11 a 14 de outubro, que dá espaço e visibilidade para os trabalhos realizados por mulheres nos campos da dança, teatro, música e artes visuais. O evento foi criado com o objetivo de troca de conhecimento entre artistas e público, e irá oferecer uma ampla programação com diversas apresentações, oficinas, exposições e rodas de conversa.

Com a produção a todo vapor, a primeira fase do projeto abre edital para seleção de um espetáculo de dança e uma apresentação musical para abertura do show da banda Mulamba. As artistas interessadas devem fazer a inscrição e enviar a proposta para o e-mail mostracamaleoa@gmail.com até às 23h59 do dia 01 de junho. Os trabalhos serão avaliados pela curadoria do evento e o resultado divulgado nas mídias sociais do projeto às 19h, do dia 06 de junho. Informações completas sobre o edital no link: https://goo.gl/Yfe1S5

​ ​

e

​no ​

Facebook e Instagram:
www.facebook.com/mostracamaleoa
www.instagram.com/mostracamaleoa

A primeira edição da Mostra Camaleoa – Mulheres Fazendo Arte foi viabilizada pela Lei de Incentivo à Cultura de Balneário Camboriú.

​Sobre a mostra Camaleoa

A Mostra Camaleoa surge em meio ao anseio de suas produtoras em visibilizar a mulher artista, a troca de vivências e a movimentação da cultura local – tanto na produção quanto na formação artística. A multiplicidade proposta no evento vem como um grito de desconstrução dos espaços que a mulher pode ocupar e da forma de valorização da nossa arte. A mostra busca se fixar como um movimento ativo da mulher na arte, de modo que não seja finita, mas que possa deixar resíduos em cada pessoa que dela participe e que por ela seja atravessada.