Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia SC

MPF pede avaliação laboratorial dos glicosímetros vendidos no Brasil

O Ministério Público Federal (MPF) em Santa Catarina propôs ação civil pública com pedido de tutela de urgência contra a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para avaliação laboratorial e fiscalização dos instrumentos de monitoramento de glicose no sangue (glicosímetros) comercializados no país.

Na ação, proposta pelo procurador da República Carlos Augusto de Amorim Dutra, o MPF postula que a Anvisa apresente em até 60 dias o cronograma com as etapas preliminares necessárias à realização da avaliação laboratorial dos glicosímetros e seus consumíveis, sob pena de multa diária em R$ 5 mil em caso de descumprimento.

Além disso, a ação requer que a Anvisa defina a metodologia que os laboratórios deverão usar para análise dos instrumentos de medição de glicose; que credencie os laboratórios públicos e privados, nacionais ou estrangeiros, para a avaliação e que a inclua como etapa obrigatória à concessão de registro, alteração ou revalidação dos glicosímetros junto à Agência.

O MPF também requer a condenação da Anvisa na adoção de medidas que se fizerem necessárias, “uma vez constatada irregularidade quando da avaliação laboratorial dos instrumentos de autoteste glicosímetros e seus consumíveis”.

Ao contrário de aparelhos de pressão, termômetros e outros equipamentos, os glicosímetros não têm certificação de entidade pública (Anvisa ou Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia, o Inmetro). Atualmente os glicosímetros comercializados no país não são submetidos à avaliação laboratorial quanto ao seu desempenho, mas apenas à análise de documentos apresentados pelas próprias empresas fabricantes.

O MPF postula que a Anvisa seja condenada ainda a adotar as medidas necessárias para garantir segurança nos instrumentos de teste de glicose, já que a precisão dos resultados é fundamental à vida do paciente diabético.

A ação foi baseada nos elementos que instruíram o Inquérito Civil nº 1.33.000.000878/2016-14, instaurado na Procuradoria da República em Santa Catarina, com o objetivo de apurar possíveis irregularidades relativas ao desempenho dos glicosímetros, especialmente no que respeita á certeza dos resultados obtidos quando da medição de glicose.

Durante o inquérito foram realizadas reuniões e oitivas com Inmetro, Anvisa e consumidores diabéticos e, segundo servidores da Agência, a avaliação dos glicosímetros para fins de registro, incluído o desempenho analítico, é limitada apenas aos documentos apresentados pelas empresas fabricantes; que não possuem laboratório com capacidade técnica para a realização da avaliação dos instrumentos. Segundo o MPF, a Anvisa não adotou as medidas necessárias para regularização da questão, não restando alternativa senão a propositura da ação, haja vista que os consumidores diabéticos continuam correndo risco à saúde e à vida.

Posts Relacionados

Especialista dá cinco dicas para se organizar financeiramente e passar 2021 no azul

Cielo e Drogaria Iguatemi lançam experiência de pagamento por reconhecimento facial em conjunto com startup catarinense

Treinamento conectado é tema de aulão gratuito no Sul da Ilha de SC

Ferramenta inteligente calcula o valor final de peças artesanais

MPF e Organização Círculos de Hospitalidade promovem debate “Refúgio e Reunião Familiar”

Fundação mantida pela Aurora Alimentos comemora 13 anos

Mais de 800 mil pessoas participaram de algum curso do Progrid em 2020

Sucessão empresarial: sucesso do processo requer acompanhamento especializado

BusUp recebe investimento de Є5 milhões para expansão de negócios

Empresa catarinense cresce cinco vezes mais que a média nacional

Cuidador de Idosos possibilita ganho de até 3 mil reais mensais (Veja se tem vagas na sua cidade)

Faculdade CNA premia estudantes com um ano de mensalidades grátis

Diário da Cidade

Anjo Tintas é a nova e principal patrocinadora do Criciúma Esporte Clube

Diário da Cidade

Volta às aulas em tempo de covid-19: aprendizado x saúde ocular

Assembleias da Viacredi começam esta semana e seguem até o dia 22 de abril

Moradores podem solicitar a órgãos públicos e concessionárias privadas indenização após acidentes ou para reparação de danos em veículos

Tradicionais despesas de início de ano terão impacto ainda maior para brasileiros em 2021, alertam especialistas do IBGPT

Connected Smart Cities fecha parceria com o Estadão e amplia ações para o desenvolvimento das cidades

Fort Atacadista sorteia automóvel, quadrículos, smartphones e vales para compras

Startup gaúcha busca por talentos em toda a região Sul

Oi, este aviso é só pra te lembrar de CURTIR nossa FanPage no Facebook

Assim, você poderá estar cada vez mais atualizado das novidades de sua região!

CLOSE
%d blogueiros gostam disto: