Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia BR

Novo marco legal do saneamento básico no país é aprovado no Senado

Ambientalista destaca que a participação da iniciativa privada é acertada, deverá universalizar acesso e diminuir custos para a população.
Com a aprovação pelo Senado do PL 4.162/2020, que trata do novo marco legal do saneamento básico, o texto segue para a sanção presidencial. A expectativa é que a medida, que abre espaço para a participação da iniciativa privada, traga grandes investimentos e geração de mais de 1 milhão de empregos, com forte estímulo à economia.

Dentre os pontos em discussão, uma das mudanças mais significativas é a retirada da autonomia dos estados e municípios do processo de contratação das empresas que distribuirão água para as populações e cuidarão dos resíduos sólidos.

O economista e ambientalista Alessandro Azzoni, avalia o marco legal como positivo, devendo ampliar a capacidade de saneamento:

“A ação do governo, com o chamamento da iniciativa privada é um grande ganho, universalizando o acesso, que é uma garantia constitucional”

De acordo com o especialista há um efeito em cadeia que precisa ser considerado. Ele salienta que pouco mais de 50% das pessoas têm efetivo acesso ao tratamento de esgoto. Ao ampliar estes índices, a consequência será a diminuição de custos e benefícios claros à natureza e à saúde, diminuindo danos e a necessidade de intervenções diversas para a contenção de problemas ambientais.

Sobre a fonte:

Alessandro Azzoni é advogado economista, especialista em direito ambiental, com atuação nas áreas do Civil, Trabalhista e Tributário. É mestre em Direito da Universidade Nove de Julho, especializado em Direito Ambiental Empresarial pela Faculdade Metropolitanas Unidas (FMU). Graduado em direito pela FMU. Bacharel em Ciências Econômicas pela FMU. Professor de Direito na Universidade Nove de Julho (Uninove). É Conselheiro Deliberativo da ACSP – Associação Comercial de São Paulo; Coordenador do NESA -Núcleo de Estudos Socioambientais – ACSP – Associação Comercial de São Paulo; Conselheiro membro do conselho de Política Urbana – ACSP – Associação Comercial de São Paulo; Membro da Comissão de Direito Ambiental OAB/SP.

Posts Relacionados

Supergasbras cria Programa Avançar, direcionado aos desafios da liderança feminina

Diário da Cidade

Estudo apresenta o Raio-X da mobilidade da mulher no Brasil

Diário da Cidade

8 melhores apps para ficar com as contas no azul e fazer seu dinheiro render

Diário da Cidade

Fabricantes de agulhas e seringas buscam atender demanda para a vacinação contra COVID-19

Applied Biology e Samel inauguram centro de pesquisa em Covid-19 no Amazonas

Construindo Letras: Projeto de alfabetização beneficia colaboradores de canteiros de obras

Diário da Cidade

Curso sobre Governança Corporativa aprimora profissionais do Terceiro Setor

Diário da Cidade

Sony confirma saída do mercado brasileiro em março de 2021; entenda

Petrobras anuncia nova alta nos preços da gasolina, diesel e gás

Cresce o número de acidentes envolvendo motociclistas

Diário da Cidade

Fluimucil®: medicamento da farmacêutica italiana Zambon pode ser adjuvante no tratamento e recuperação das complicações causadas pela COVID-19

Diário da Cidade

Eppendorf adota teletrabalho permanente para 85% dos colaboradores

Diário da Cidade

Biogen Brasil lança campanha “Se o simples complicar, investigue”

Diário da Cidade

BR Distribuidora e Lojas Americanas anunciam joint venture no segmento de conveniência

Diário da Cidade

O oligopólio dos ônibus e sua guerra de fake news

A Cultura do Cancelamento: autor alerta para o perigo dos rótulos na internet e o inconsciente coletivo

Especialistas apontam operadoras de celular com melhor custo-benefício no Sul

Franquia de casa de repouso é investimento aquecido pela pandemia e aumento da população de idosos

Diário da Cidade

Rip Curl confirma ‘Grom Search apresentado por Praia da Grama’

Diário da Cidade

54% dos brasileiros devem levar marmita para o trabalho, aponta pesquisa

%d blogueiros gostam disto: