Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia SC

Oficina de violão é oferecida aos beneficiários do Programa Pós-Morar no Bairro das Nações

Oficina de violão é oferecida aos beneficiários do Programa Pós-Morar no Bairro das Nações

Os acordes em uníssono dos violões bem afinados mostram que os alunos já estão em um bom nível de aprendizado. As aulas oferecidas através de uma parceria entre o Fundo Rotativo do Bem-Estar Social (FURBES), Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) e dos Centros de Referência e Assistência Social (CRAS) atraem cada vez mais alunos.

Eles são divididos em pequenas turmas, de acordo com o nível de aprendizagem. O CRAS oferece 10 violões aos alunos que não possuem o instrumento. Samara Sampaio, de 14 anos, já faz a aula há seis meses e está na turma mais avançada da oficina de violão. “Comecei do zero, não sabia tocar nada. Hoje, consigo executar músicas como ‘Tocando em Frente’ e ‘Que Sorte a Nossa’”, comenta.

As oficinas oferecidas no Bairro das Nações, são as de violão e taekwondo. Cerca de 18 alunos estão cadastrados e participam das aulas de violão que acontecem uma vez por semana, às segundas-feiras. Para participar das oficinas, é necessário ser beneficiário das unidades habitacionais de interesse social do município e preencher os dados da família na ficha de cadastro no FURBES (Rua 2000, nº 1380 – Centro).

No CRAS do Bairro das Nações, tanto a oficina de violão como a de taekwondo são oferecidas no Centro Social da Paróquia São Sebastião (Rua Paquistão, Bairro das Nações). Não existe limite de idade para ser um participante, mas o ideal é que o aluno tenha pelo menos sete anos.

Vinícius Czarnobaw é aluno de Engenharia do Petróleo da UDESC e professor da oficina de violão dos Bairros Nações e São Judas. “Aqui a maioria do público é composta por crianças e adolescentes. Já em São Judas, temos mais idosos. Então monto o conteúdo de acordo com os gostos e preferências de cada idade, para que todos os alunos se identifiquem com as canções”, diz.

______________________
Informações Adicionais:

Secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social
(47) 3363-2745

Posts Relacionados

Natacha Kamila lança álbum visual com paisagens catarinenses

Diário da Cidade

Hospital Regional do Oeste credenciado para atender pacientes com AVC

Imóveis comerciais de alto padrão transformam perfil do mercado de negócios no litoral de Santa Catarina

Diário da Cidade

Dos 2.500 empregos a serem gerados pela RNI cerca de 500 é em Santa Catarina

TRT-SC ABRE INSCRIÇÕES PARA SEMANAS DE CONCILIAÇÃO E EXECUÇÃO

Stone abre vagas de emprego em três municípios de Santa Catarina

Fisioterapia tem sido aliada no tratamento de sequelas pós- AVC

Centros de conciliação homologam mais de R$ 93 milhões em acordos trabalhistas no primeiro semestre em SC

Registro de Propriedades em SC é destaque no relatório do Banco Mundial

Grupo do Bay apresenta Fibra Fisio Marathon ao prefeito Ari Vequi

Warm Up Opcon 2021: evento nesta quinta discute a era da voz e estratégias para tirar proveito dela

Diário da Cidade

Inverno e coronavírus: nutricionista indica ações que reforçam a imunidade

Atacadista comemora números expressivos em campanha promocional

Educação oferece 2,4 mil vagas para cursos técnicos gratuitos em SC

Lei proíbe cobrança de taxas abusivas por universidades privadas em Santa Catarina

Udesc sobe 29 posições no ranking e está entre as melhores da América Latina

Sebrae/SC lança o programa Cidade Empreendedora em Porto Belo

Técnicas para se concentrar nos estudos ouvindo música

Gralha Imóveis anuncia Kzas Krédito como plataforma de crédito imobiliário

Diário da Cidade

Representantes da Costa Verde & Mar e Santur alinham estratégias para a próxima temporada de verão