Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia BR

Olimpíadas servem de inspiração para quem busca manter as atividades físicas em dia

Psiquiatra Julia Trindade elenca cinco dicas que ajudam a manter a constância dos exercícios e qualidade da saúde mental

 

A atleta Rayssa Leal, de apenas 13 anos, que conquistou a medalha de prata no skate street feminino nos Jogos Olímpicos de Tóquio, serve de inspiração para muita gente. A medalhista mais jovem do Brasil em Olimpíadas, mostra que com perseverança, garra e determinação é possível conquistar bons resultados.

Para a psiquiatra Julia Trindade, que atende em Florianópolis, a realização dos Jogos ajuda a despertar o interesse pelas atividades físicas. “Acompanhamos mais de 30 modalidades esportivas durante a competição no Japão. Dentre elas estão o surfe, skate, canoagem e vôlei, que podem ser praticados o ano todo. Digo isso, pois, sempre haverá um esporte que vai ser ideal para você, no entanto, é preciso experimentar e manter uma constância”, destaca a médica.

Adepta das corridas e caminhadas, Julia compartilha que é comum aquela vontade ou sensação de ficar mais um tempo na cama, ainda mais quando se treina pela manhã.

“Sempre que o despertador toca, sou tomada por aquela sensação maravilhosa de desligá-lo e voltar para o sono mais gostoso da vida. Mas, lembro que o resto do dia vai ser bem mais pesado que esse minuto de esforço de sair da cama e ir treinar”, conta.

Julia comenta ainda que a atividade física é parte essencial da qualidade de vida, tanto física, quanto mental. “Costumo brincar com meus pacientes que exercício é prescrição médica inclusive”, destaca.

 

Cinco dicas para manter uma constância nos exercícios físicos:

 

1 – Combine com alguém que você gosta. Assim a prática será mais tranquila para ambos;

2 – Fale para alguém, se comprometa, a chance de desistir é menor;
3 – Treine sempre no mesmo horário, isso cria uma rotina e evita que você deixe de praticar;

4 – Procure algo que posso te desafiar, é nesse cantinho que a dopamina mora;

 

5 – Encontre uma atividade que você goste, é que por mais que você goste muito, haverá dias em que a vontade vai ser desligar o despertador e voltar a dormir. “Nós merecemos esses momentos também, mas, quando gostamos do esporte escolhido, a chance de desistir vai ser um pouco menor”, completa a médica.

Posts Relacionados

Aumento do desemprego, queda do poder de compra e a recuperação do orçamento familiar preocupam na região Sul

Maior evento de geotecnologia acontece esse mês e mostra quem está na liderança da transformação no país

Vida de 35 milhões de brasileiros está em risco por falta de saneamento básico

Setembro Amarelo: ansiedade e estresse deixam trânsito brasileiro mais violento

Diário da Cidade

‘Golpe da novinha’, a nova modalidade de cibercrime no Brasil

Familiares e infectados pela Covid-19 têm direito a benefícios do INSS

Pela primeira vez, aplicativo de comida brasileiro atenderá uruguaios na fronteira

Mandar prints de conversas do WhatsApp pode gerar indenização

Agosto encerra com a média da gasolina próxima dos R$ 6 na Região Sul, aponta Ticket Log

Venda de passagens rodoviárias dobra no feriado de 7 de setembro

“Passaporte da vacina está em conformidade com a Constituição Federal e não há impedimento à sua aplicação”

Federação Nacional das Empresas de Rádio e Televisão (FENAERT) repudia o ataque feito à imprensa nesta quarta-feira (08/09)

Mitos e verdades sobre a mamografia

Estes são os top 10 países mais felizes do mundo

Dia mundial de Duchenne: PTC apoia campanha “Esse menino sou eu” para conscientização sobre doença rara

Tecnologia brasileira para transporte público sustentável é destaque em evento internacional

Diário da Cidade

PT perde ação de dano moral contra Luciano Hang

Diário da Cidade

CBF anuncia Kwai como novo patrocinador das seleções femininas e masculinas

PL quer restringir direito de dirigir a agressores de mulheres

Correios, Viracopos e Receita Federal iniciam projeto para embarque de carga internacional