Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia SC

Outubro rosa – Castração é a melhor forma de prevenir câncer de mama nos pets

O mês de outubro é conhecido por ser o período em que acontece anualmente uma famosa campanha com o objetivo de alertar sobre o diagnóstico precoce do câncer de mama. Conhecido como “outubro Rosa”, a campanha começou na década de 90, nos Estados Unidos, e acabou sendo adotada por todos os países. O Instituo Nacional de Câncer (INCA) estima que para cada ano do triênio 2020/2022, sejam diagnosticados no país 66.280 novos casos de câncer de mama. Mas não são apenas os humanos que podem desenvolver essa doença, os pets também precisam de atenção e cuidado quando o assunto é esse tipo de câncer.

“É extremamente importante que o dono fique atento a sinais como rubor, calor e aumento de tamanho, que olhe com frequência as mamas, faça palpação, veja se existe alguma secreção anormal nelas, além de exames periódicos para ajudar a detectar precocemente um eventual tumor”, explica a médica veterinária da BotupharmaFernanda Cioffetti. Para não assustar os pets, o ideal é deixar para fazer essa avaliação durante um momento de descontração, como uma brincadeira rotineira, até para deixá-los acostumados a esse tipo de situação.

A doença na maioria dos casos é diagnosticada em pets não castrados e outros fatores como envelhecimento ou questões hormonais. Como o câncer de mama no início, pode não apresentar sinais muito evidentes, os exames de rotina podem ajudar na descoberta da doença e evitar que ele só seja descoberto em um estágio mais avançado. Para prevenir, a castração é a melhor opção.

“Estudos apontam que  castração, antes do primeiro cio, reduz à 0,05% as chances de uma cadela desenvolver um tumor mamário, o mesmo vale para gatas. ressalta Fernanda. Porém, cada caso precisa ser avaliado individualmente,  e que após o procedimento, é necessário cuidados pós-operatórios.

No caso das cadelas castradas com um ano, 95% não desenvolvem a doença. Já no caso das gatas castradas, a porcentagem fica entre 40% e 60%. Para tratar a doença, na maioria dos casos é feita uma cirurgia de retirada do tumor e da cadeia mamária como prevenção da ocorrência de novos tumores.

Portanto, a melhor forma de prevenir os pets dessa doença é avaliar com frequência as mamas dos animais, fazer exames periódicos com o médico-veterinário e a castração. Além disso, existem produtos indicados para serem utilizados após a retirada da cadeia mamária, confira:

Anti-inflamatório Botupharma Firovet Dog Pasta Oral

Anti-inflamatório não esteroide seletivo da COX-2 indicado para cães no tratamento de inflamações e para o alívio de dor pós-traumática e pós-cirúrgica, quando há acometimento de tecidos moles ou musculoesqueléticos.

Preço: R$58,50

Onde: www.petlove.com.br

Anti-inflamatório Botupharma Firovet Dog Injetável

Firovet Injetável é indicado para cães no tratamento de inflamações e para o alívio de dor pós-traumática e pós-cirúrgica, quando há acometimento de tecidos moles ou musculoesqueléticos.

Preço: R$82,95

Onde: www.reidosanimais.com.br 

Sobre a Botupharma 

A Botupharma foi fundada em 2010 a partir da união de médicos veterinários com décadas de experiência em pesquisas científicas relacionadas à biotecnologia animal. Em seu corebusiness, estão pesquisadores renomados trabalhando para desenvolver produtos inovadores. Seu parque fabril atende aos mais rígidos padrões de produção mundiais, garantindo alta qualidade e confiabilidade aos seus produtos.

Posts Relacionados

Campanha Papai Noel dos Correios tem cartinhas para adoção em Santa Catarina

Diário da Cidade

Fim de semana de sol e temperatura em elevação em SC

Parceria entre Celesc e Procon possibilita parcelamento de dívidas em até 24 vezes

Programa Brasil Mais auxilia empresário de Brusque a melhorar processos de gestão da sua empresa

Em meio aos desafios econômicos, Black Friday se torna estratégia para fortalecer comércios locais

Diário da Cidade

Responsável pela manutenção de quase 600 mil empregos, microcrédito é um dos principais aportes das MEIs

Oftalmologistas de Blumenau e Joinville seguem os mutirões para prevenir e diagnosticar doença que pode levar à cegueira

Santa Catarina começa a aplicar dose de reforço em adultos maiores de 18 anos neste sábado

Obesidade é um dos fatores de risco para a apneia do sono

Diário da Cidade

Enem: Como se preparar e o que estudar na reta final?

Diário da Cidade

Tênis e Beach Tennis em Santa Catarina: calendário em 2022 tem 33 torneios confirmados

Floripa sedia 1ª edição do 360 solar que abordará inovação, tech e fontes renováveis no combate às mudanças climáticas

Flexibilização na pandemia e proximidade do fim de ano aceleram procura por autonomia energética em cidades litorâneas de SC

Ministra da agricultura confirmada na abertura do IFC 2021

Ipiranga leva vacinas e check-up de saúde a mais quatro cidades de Santa Catarina

Startup de SC leva evento a Brasília para falar sobre compras públicas

Políticas públicas para cadeia de produção de pescados abrem atividades do IFC 2021

IFSC abre inscrições para quatro cursos de especialização gratuitos

MSD Brasil abre inscrições para programa de estágio em Joinville (SC)

Florianópolis sedia 3 workshops para profissionais e entusiastas da saúde