Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
DESTAQUES

Parques naturalizados: um novo conceito para aumentar a rede de áreas verdes urbanas

Programa Criança e Natureza, do Instituto Alana, lança informativo sobre esses espaços e sua importância para a saúde das crianças e jovens

São muitos os benefícios que as brincadeiras ao ar livre, na natureza, trazem para a saúde, o bem-estar e o desenvolvimento integral de crianças e jovens. Para incentivar o brincar livre com elementos naturais, mesmo nas grandes cidades, promovendo o convívio e o lazer, o programa Criança e Natureza, do Instituto Alana, elaborou o informativo “Parques Naturalizados: paisagens para o brincar natural”.

Parque naturalizado é um conceito que propõe a utilização de elementos como troncos, galhos e a própria topografia e vegetação dos terrenos para criar lugares mais atraentes e desafiantes para as crianças, e ampliar a rede de áreas verdes urbanas. Eles podem ser criados tanto em espaços públicos, aproveitando áreas abandonadas, como em terrenos privados, de escolas, clubes ou condomínios. São áreas multifuncionais e com menor custo de instalação, já que reaproveitam materiais existentes do próprio território, como podas de árvores.

Os brinquedos e mobiliários encorajam experiências sensoriais e motoras que estimulam a criatividade, tanto para bebês quanto para crianças com e sem deficiência, de todas as idades. Esses espaços, quando montados em terrenos antes abandonados, trazem mais verde e lugares de convívio para as cidades.

O microparque naturalizado Seu Zequinha, implementado em Fortaleza (CE), por exemplo, recuperou uma grande área antes degradada. A estratégia foi elaborada dentro da rede Urban 95, da Fundação Bernard Van Leer no Brasil, em parceria com o Instituto Cidades Sustentáveis, e teve o apoio técnico do Jardins das Brincadeiras e do programa Criança e Natureza, do Instituto Alana. Os parques naturalizados podem ser realizados em um sistema híbrido de compromisso entre a comunidade e a gestão pública, com o apoio das secretarias de urbanismo e meio ambiente dos municípios.

“Os parques naturalizados são sistemas vivos e em transformação, que podem e devem conter as marcas e vestígios das atividades e desejos das crianças, ao mesmo tempo em que têm seus equipamentos e paisagens cuidados e mantidos. São espaços repletos de possibilidades de interação, exploração e criação, que incentivam o brincar livre, a convivência, o vínculo entre as famílias, a cidade e seus espaços públicos, com a natureza e o prazer de estar a céu aberto, incentivando a valorização das áreas verdes, a saúde e o bem-estar da comunidade”, avalia Laís Fleury, coordenadora do programa Criança e Natureza, do Instituto Alana.

Sobre o Instituto Alana
O Instituto Alana é uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, que aposta em programas que buscam a garantia de condições para a vivência plena da infância. Criado em 1994, é mantido pelos rendimentos de um fundo patrimonial desde 2013. Tem como missão “honrar a criança”.

Posts Relacionados

Presidente da Assembleia de Deus é acusado de lavar dinheiro, diz pastor

diariodacidade

Filho de Crente x Filho de ímpio – APÓSTOLO ARNALDO

diariodacidade

Fórum da deep web reivindica massacre em creche de SC e ameaça: “Não foi o último atentado”

diariodacidade

Pastor que orou para Paulo Gustavo morrer, toma atitude após morte do ator

diariodacidade

Bolsonaro faz a mais clara ameaça de golpe: “se não tiver voto impresso, não vai ter eleição”

diariodacidade

Protesto por Jovem atropelada será realizado neste sábado em Balneário Camboriú

Diário da Cidade

Governo de SC propõe auxílio emergencial para amenizar efeitos da pandemia

Campanha do Agasalho 2021 começa na próxima segunda-feira; confira os pontos de arrecadação

Estudante de Braço do Norte vence etapa estadual do Concurso de Redação de Cartas

Camboriú iniciou nesta quinta-feira, dia 6, a vacinação contra o Covid-19 em idosos de 60 a 64 anos

Caminhoneiro morre em acidente na BR-101 em Balneário Camboriú

Balneário Camboriú registrou 35 novos casos de e 1 óbito por Covid nesta quarta-feira

Série gravada para o Youtube gera cartilha que orienta o combate à violência doméstica

Tragédia no Oeste: Jovem de 18 anos invade creche e mata 3 crianças e 2 professoras com um facão

Carro capota após perseguição em Balneário Camboriú

Balneário Camboriú começa a vacinar idosos com 61+ nesta terça

12 câmeras de videomonitoramento foram instaladas no Deck do Pontal Norte

DIA DAS MÃES: 8 em cada 10 brasileiros pretende não promover encontros familiares, revela Pesquisa

COVID-19: pacientes com hipertensão precisam de cuidados redobrados na pandemia

GAZIN apresenta, SAMBA, SERTÃO E BRASA com Alexandre Pires e Daniel no Dia das Mães