Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
ENTRETENIMENTO

PASSO O PONTO – por escritora Celina Moraes

PASSO O PONTO

Celina Moraes, escritora

 

Nas minhas caminhadas, observo as placas de “passo o ponto”, que podem significar “passo meu projeto de vida” ou “o negócio passou do ponto” porque não vinga na era digital, e penso que muitas das pessoas que trabalhavam ali caíram no infortúnio do desemprego.

 

Fatores externos, fora de nosso controle, como crises que empobrecem um país e seu povo, podem tirar tudo da gente, menos o nosso entusiasmo, que depende só de nós. Temos de lutar para que tragédias econômicas não empobreçam nosso espírito e enriqueçam nossa descrença na vida.

 

Em 1989, pedi as contas de uma multinacional para abrir uma agência de eventos. Aí veio o Plano Collor e os eventos que mais organizei foram “falta de dinheiro”, “falência relâmpago” e “medo do despejo”.

 

Para aumentar os infortúnios, capotei meu carro, quebrei a clavícula e ganhei um corpo tatuado de hematomas. Sem plano de saúde e falida, um médico recomendou repouso de três meses. Nem cogitei essa opção. Repouso era um luxo para mim.

 

Eram tantas as pedras no meu caminho que pensei em construir uma caverna para me enfiar lá. Sem dinheiro para condução, andava horas procurando emprego. Um dia, vi um anúncio de “Assistente de Marketing” e fui até a agência. A selecionadora achou que eu era qualificada para uma vaga de gerente administrativo-financeiro por ter sido empresária. Espantada, respondi-lhe que se tivesse talento para empresária não estaria me candidatando a uma vaga de assistente. Mas ela insistiu na maluquice de me indicar para a posição.

 

Fui para a entrevista e quando me apresentei ao diretor da empresa, achei que estava diante de outro doido, que fumava cachimbo, quando ele me disse que tínhamos um amigo em comum. Mas ele conhecia meu ex-chefe da multinacional e já tinha as minhas referências. Lembrei-me do velho ditado de sempre deixar uma portinha aberta ao sairmos.

 

Porém, disse-lhe, honestamente, que abominava matemática e era incompetente com números. Sem se abalar e fumando seu cachimbo, ele me perguntou se eu tinha entusiasmo. Respondi que até de sobra. Então, ele falou que dominava matemática e que tinha paciência de sobra para me ensinar se eu tivesse entusiasmo para aprender. Aceitei o desafio e os números mudaram minha vida.

 

Se você me perguntar qual é a receita para se motivar diante dos obstáculos da vida, que a todo instante nos faz escolher entre agir ou reclamar, eu diria que, no meu caso, é a Fé inabalável em Deus, amor à vida e frases de sabedoria, como a de Albert Einstein: “Lembre-se que as pessoas podem tirar tudo de você, menos o seu conhecimento” e eu acrescentaria “menos o seu entusiasmo” também.

 

 

(*) Formada em Letras, Celina Moraes é escritora e cronista. Autora dos romances “Jamais subestime os peões” e “Lugar cheio de rãs”, que foi vencedor do Prêmio “Lúcio Cardoso” em 2010 pelo 3º lugar no concurso internacional de literatura promovido União Brasileira de Escritores do Rio de Janeiro (UBE-RJ). Ainda teve o conto “Rumo ao topo numa canoa quebrada” selecionado para compor a antologia da UBE, “Contos: História de Amor e Dor”.

Posts Relacionados

Escola americana oferece curso de inglês gratuito online a brasileiros

‘Circuito de Corridas Ampe Brusque 30 anos’ será realizado em 2021

Cartórios do Brasil passam a fazer divórcios e escrituras de compra e venda de imóveis por videoconferência

Grupo Bonitour promove webinar gratuito e apresenta sua startup de soluções de tecnologia para o turismo

AmpeBr inicia produção de fotos para a Pronegócio Web

L’Oréal Produtos Profissionais anuncia plano de apoio para reabertura dos salões de beleza da região Sul

O oxigênio da vida, por Celina Moraes

Empresários da região participam de debate em live nesta quinta-feira

Drama policial é tema do bate-papo online da Sessão Gênero e Alteridades da Fundação Cultural Badesc

Austrália oferece cursos gratuitos on-line para brasileiros

12º Festival de Cultura e Gastronomia de Gramado acontece em Setembro

Cinco aprendizados do trabalho remoto para a gestão de equipes

Educação financeira: como abordar o tema com crianças e jovens na quarentena

Qual o valor do dinheiro?

Divórcios no Brasil podem aumentar durante pandemia do coronavírus

Harmonização de gastronomia local com cervejas artesanais conquista público do 1º Festival Gastronômico Delivery de Itajaí

Diário da Cidade

Autonomia e independência das crianças durante o isolamento

Diário da Cidade

Asma x Covid-19: Entenda a relação entre a doença respiratória e o novo coronavírus

Diário da Cidade

Fort Atacadista inaugura 40ª unidade, em São Bento do Sul

Sul da Ilha ganha novo espaço compartilhado para networking no MULTI Open Shopping

Oi, este aviso é só pra te lembrar de CURTIR nossa FanPage no Facebook

Assim, você poderá estar cada vez mais atualizado das novidades de sua região!

CLOSE
%d blogueiros gostam disto: