Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
DESTAQUES Noticia BR Notícias

Pastor da igreja de Michelle Bolsonaro está internado com coronavírus.

Pastor da igreja de Michelle Bolsonaro está internado com coronavírus.

Sócrates Oliveira é diretor-executivo da Convenção Batista Brasileira, que coordena as igrejas batistas do país, incluindo a do Recreio, no Rio de Janeiro, que é frequentada pela primeira-dama, Michelle Bolsonaro.

A Convenção Batista Brasileira (CBB) emitiu nota nesta sexta-feira (3) confirmando que o pastor Sócrates Oliveira de Souza foi diagnosticado com coronavírus.

“A Diretoria da Convenção Batista Brasileira recebeu da irmã Lúcia Cerqueira, esposa do pastor Sócrates Oliveira de Souza, a informação de que o pastor testou positivo para o coronavírus. No entanto, ele está bem e continuará o tratamento no hospital. Após 48h, será reavaliado, para saber se o tratamento prosseguirá na unidade de saúde ou se poderá ir para casa”, diz a nota.

Sócrates Oliveira é diretor-executivo da organização, que coordena as igrejas batistas do país, incluindo a Igreja Batista do Recreio, no Rio de Janeiro, que é frequentada pela primeira-dama, Michelle Bolsonaro.

Em abril de 2019, Jair Bolsonaro gravou um vídeo para ser divulgado na 99ª edição da Assembléia da Convenção Batista Brasileira agradecendo “a confiança que depositaram em mim”. A instituição foi uma da vertentes evangélicas que apoiou a eleição de Bolsonaro.

Internação
Em nota na quinta-feira (2), a diretoria da CBB já pedia aos seguidores orações “pela vida do pastor Sócrates Oliveira de Souza, nosso diretor executivo, que está internado”.

Nesta sexta, diante da confirmação da doença, o pastor Fausto Aguiar de Vasconcelos reforçou os pedidos de oração “aos Batistas brasileiros e a todo o povo de Deus visado o restabelecimento da saúde do pastor Sócrates”. “Oremos também por toda a sua família: sua esposa, Lúcia, e as filhas, Marianne e Camille”.


PS.: Após a publicação dessa reportagem, uma leitora da Fórum entrou em contato no privado pelas redes sociais com críticas construtivas, segundo ela, que achamos importante esclarecer.

A pessoa, que não quis ser identificada, diz ser evangélica batista e diz que não houve um “apoio institucional formal” à eleição de Bolsonaro. “É verdade que Bolsonaro foi publicamente apoiado naquela igreja (Batista da Atitude), o que foi criticado por muitos batistas também”, diz nossa leitora.

Ela afirma ainda que ambos os pastores citados na reportagem se colocaram à favor do isolamento social como medida de prevenção e combate do coronavírus.

“O que me gera maior incômodo, é que possivelmente, algum político oportunista de direita poderá usar uma matéria como essa para inflar a “bolha dos evangélicos” e convencer aos eleitores evangélicos que a esquerda, que a mídia de esquerda é contra o evangelho, e que por isso devem votar no candidato A ou B da direita que diz que ora e que fala no nome de Deus”, comentou a leitora.

“Como mídia alternativa, considero que o Portal Fórum deve trazer informações sobre lideranças religiosas que manipulam os fiéis, que atentam contra o estado laico – esse tipo de informação, doa a quem doer, enriquece o debate, contribui para o exercício da cidadania. Não teria nenhum problema informar o fato ocorrido em si. Mas essa abordagem tendenciosa, que não é comum na Revista Fórum não enriquece o debate e ainda pode afastar os religiosos que tem um posicionamento politicamente mais moderado”, complementa.

Nota da Redação: Agradecemos as colocações e críticas construtivas da leitora e achamos importante também esclarecer alguns pontos.

  • Em nenhum momento a reportagem diz que houve um apoio institucional. O apoio da CBB é citado pelo próprio Bolsonaro no vídeo linkado na matéria, em que ele agradece o apoio da entidade.
  • A reportagem também não cita que os pastores mencionados seriam contra ou a favor da medida de isolamento social. Apenas reporta o fato de que o pastor em questão está internado e é diretor de uma entidade (CBB) a qual a igreja frequentada pela primera-dama está subordinada.
  • Agradecemos, mais uma vez, as considerações da leitora, que nos deixa atentos e constrói, de forma coletiva e colaborativa, a revista Fórum.

 

Posts Relacionados

Estado cede prédio para abrigar a nova sede da 1ª Delegacia de Polícia em Blumenau

Saneamento: entre a lei e a realidade, por Luiz Pladevall

Lu, do Magalu, se aproxima dos clientes e registra 8,5 milhões de interações ao mês com inteligência artificial de IBM Watson

Traficante procurado pela Interpol é preso em Balneário Camboriú

Edson Piriquito anuncia Ademar Schneider como vice-candidato em Balneário Camboriú

Diário da Cidade

Acidente fatal causa lentidão na BR-101 em Balneário Camboriú

Chegada da primavera acende alerta para aumento de casos de catapora

Propagandas políticas deverão conter audiodescrição e interpretação de Libras

Setembro Amarelo: a importância de falar sobre a prevenção do suicídio

Novos prefeitos precisarão acelerar o saneamento

Balneário Camboriú registrou 17 novos casos de Covid-19

Câmara de Balneário Camboriú retoma atendimento ao público externo

Estudo clínico da vacina AZD1222 é reiniciado no Brasil

Edson Piriquito é definido como Pré-Candidato a Prefeito em Balneário Camboriú

ESET alerta sobre roubo de dados bancários de jogadores de Fortnite e outros games online

MDB Balneário Camboriú realizará convenção no próximo dia 12/09 e lançará Edson Piriquito

Saúde da Mulher: câncer no colo do útero

Transferência de Messi pode ser mais cara do que as quatro maiores da história somadas

Diário da Cidade

Vencedores do 2º Desafio COLETIVO de inovação no transporte público serão escolhidos nesta sexta-feira

Diário da Cidade

IFC busca voluntários para acolhimento de futuros cães-guia

Oi, este aviso é só pra te lembrar de CURTIR nossa FanPage no Facebook

Assim, você poderá estar cada vez mais atualizado das novidades de sua região!

CLOSE
%d blogueiros gostam disto: