Diário da Cidade – Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia SC

Pastor interpreta a Bíblia de maneira errada para adulterar com esposas de membros

Um pedreiro-pastor, Justino de Oliveira, de 50 anos, que pertence à pequena igreja conhecida como Tabernáculo, “viu” na bíblia que poderia ter outras mulheres. O caso polêmico virou notícia nacional tempos atrás quando o pedreiro sofreu uma aula de interpretação durante uma reportagem do Fantástico.

“Eu gostaria de ter alguém que mostrasse biblicamente onde foi proibido um homem ter mais de uma mulher”, desafiou o pedreiro na época.

Pouca gente freqüenta os cultos do pedreiro, que se apresenta como pastor. Umas 12 pessoas, nas contas dele mesmo. E foi na convivência com os fiéis que Justino se viu envolvido em mais um caso extraconjugal.

Aconteceu depois que uma mulher que mora na vizinhança contou a ele uns sonhos que vinha tendo.

Na casa dela, a música evangélica pode ser ouvida de longe. A mulher tem quatro filhos, é casada e prefere não aparecer. Disse que sonhou que teria filhos com o pastor. Uma revelação.

“Deus me levou a fazer isso, não teve pra onde eu correr”, afirmou ela. O marido também conversou com o pastor. Aceitou.

“Eu pensei comigo que se fosse da vontade de Deus, seria feito”, diz o marido. “Entramos em oração, pedindo a Deus misericórdia, e foi uma das coisas mais difíceis da minha vida tomar essa decisão de pegar uma mulher com marido”, admite Justino.

Essa dona-de-casa de 24 anos, que mora em Vila Nova de Colares e segue a doutrina da mesma igreja, admitiu que teve relações sexuais com o pastor. Casada há sete anos e mãe de quatro filhos, ela contou à reportagem de “A Tribuna” que seu marido concordou e o pastor teria mandado duas mulheres para o companheiro dela “não ficar sozinho”.

Ela disse que dormiu na mesma cama com o pastor e sua mulher, mas que nos momentos íntimos os dois ficavam sozinhos. “Não senti prazer. Fui tudo pelo espírito. Foi de Deus”, disse a dona-de-casa.

Pela cidade, alguns fiéis discordaram da suposta troca de casais e abandonaram a igreja. Um deles foi o porteiro Carlos Robson dos Santos, 46: “Ele dizia que estava tudo na Bíblia. Falava, ainda, que os homens tinham que ter sete mulheres virgens ou viúvas”, contou.

O relacionamento do homem com mais de uma mulher aparece em trechos do Velho Testamento. Mas pastores alertam que a interpretação deve levar em conta o contexto histórico e cultural das épocas.

O presidente da Associação de Pastores Evangélicos de Vitória, Abílio Rodrigues, condenou a prática. “Quando se fala em sete mulheres para cada homem, no livro de Isaías, é uma profecia específica para o povo de Israel, que iria viver um tempo de guerra, em que não haveria homens para casarem com as mulheres. Não se pode firmar uma doutrina em cima disso. O apóstolo Paulo explica que o pastor tem que ser marido de uma só mulher”, afirmou.

O pastor também era casado. Sua mulher o abandonou com toda essa confusão. A origem disso tudo? A bíblia. Oséias, capítulo 3, versículo 1.

O versículo completo é: “E o SENHOR me disse: Vai outra vez, ama uma mulher, amada de seu amigo, contudo adúltera, como o SENHOR ama os filhos de Israel, embora eles olhem para outros deuses, e amem os bolos de uvas. Oséias 3:1”

Assista o vídeo:

Posts Relacionados

Empresária de Bombinhas expande franquia de restaurante com auxílio do Sebrae/SC

No mês de março, projeto Olakunde circula por escolas de Blumenau, Gaspar e Balneário Piçarras

Enfermeiro, médico e profissional da saúde: saiba como se aposentadoria em 2021

Nova diretoria do Colegiado de Turismo reforça apoio aos atrativos da Costa Verde & Mar e importância dos protocolos de saúde

Diário da Cidade

ACATE registra crescimento em 2020 e consolida ações para o fortalecimento do ecossistema de tecnologia e inovação de Santa Catarina

Diário da Cidade

Dos mesmos diretores de “Intocáveis”, filme que aborda a história de jovens com autismo estreia no Paradigma Cine Arte

Diário da Cidade

Ministério Público de Santa Catarina e OAB/SC pedem urgência para PL que obriga divulgação nos vacinados contra a Covid-19

Diário da Cidade

Doença degenerativa do quadril pode afetar jovens

Diário da Cidade

Açougue em Penha inova com ajuda do Programa Agentes Locais de Inovação do Sebrae/SC

Startup de gestão de projetos sociais de SC inicia seu processo de internacionalização

Diário da Cidade

Família de Joinville é destaque em série com Dráuzio Varella

Diário da Cidade

Livro “Beijo de Borboleta” é finalista no Prêmio Ecos da Literatura como Melhor Thriller e Policial

Diário da Cidade

Especialista dá cinco dicas para se organizar financeiramente e passar 2021 no azul

Cielo e Drogaria Iguatemi lançam experiência de pagamento por reconhecimento facial em conjunto com startup catarinense

Treinamento conectado é tema de aulão gratuito no Sul da Ilha de SC

Ferramenta inteligente calcula o valor final de peças artesanais

MPF e Organização Círculos de Hospitalidade promovem debate “Refúgio e Reunião Familiar”

Fundação mantida pela Aurora Alimentos comemora 13 anos

Mais de 800 mil pessoas participaram de algum curso do Progrid em 2020

Sucessão empresarial: sucesso do processo requer acompanhamento especializado

%d blogueiros gostam disto: